Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

 

composed, arranged and performed by Orelha Negra except A Sombra

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

brandslikbands.png

 

Lisboa,19 de setembro de 2017 – O mês de setembro é o regresso de muitos ao trabalho e em que também várias empresas já preparam a sua participação em palco e não só no Festival Brands Like Bands, o único Festival do Mundo com Bandas de Empresas.

A decorrer no Porto, no Hard-Club, e em Lisboa, no Time Out Market, a 7 e a 21 de Outubro, respectivamente, o Festival conta este ano com uma novidade que é a participação de bandas compostas por alunos da Universidade do Porto, Universidade Nova de Lisboa e Instituto Superior Técnico.

«Fomos sentindo a necessidade por parte das empresas, que seria interessante desenvolver a ligação do Festival também às Universidades, que no fundo é o berço de muitos futuros colaboradores e de muitas bandas e mostrar assim também aos estudantes um certo “lado b” das empresas, mais cool e extrovertido. E assim, este ano, convidámos então algumas, para que no futuro possamos identificar o que pode se concretizar mais e que seja, essencialmente, diferenciador, já que essa é a grande marca do Festival.» - comentou Sílvia Pouseiro, da Organização do Festival Brands Like Bands.

Com o cartaz a ser realizado pela Ivity, inspirado-se nos primeiros anos do rock n rol, este ano as receitas de bilheteira revertem na integra para a Associação NOMEIODONADA e para o seu Kastelo, uma Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos para crianças e jovens até os dezoito anos. E para a Unidade de Radiologia Mamária do IPO Lisboa.

Eis o programa do Festival, deste ano:

Sábado – Dia 7 Outubro// 19.30 // Porto // Hard-Club (antigo Mercado Ferreira Borges)
Entrada 3 euros – Todas as receitas de bilheteira revertem, integralmente, para a Associação NOMEIODONADA 

::Balter Youth – Universidade do Porto
::The Dudes – Cision
::Estado Crítico – CRITICAL Software
::Liberty Big Band – Liberty Seguros
::Banda Autêntica – Unicer

Sábado – Dia 21 Outubro //16.00// Lisboa // Time Out Market (antigo Mercado da Ribeira)
Entrada 3 euros – Todas as receitas de bilheteira revertem, integralmente, para a Unidade de Radiologia Mamária do IPO Lisboa

::Dândi – Universidade Nova de Lisboa Instituto Superior Técnico
::Liberty Big Band – Liberty Seguros
::Big Band Siemens – Siemens
::Desaffinity – Affinity
::AMT Band – AMT-Consulting
::Outliers On Fire – GDINE – Instituto Nacional de Estatística
::One Night Band – Cuatrecasas
::The MERCERnaries – Mercer
::HumansR – RHmais
::Fora-da-Lei – PLMJ- Soc. Advogados

Toda a informação disponível em: http://festivalbrandslikebands.com, com um resumo das quatro últimas edições:https://vimeo.com/199548364



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

composed, arranged and performed by Orelha Negra

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

trapit.jpg

 

 

Bang venue apresenta Trap' It, as novas festas de trap em Torres Vedras com convidados especiais. Uma vez por mês trazemos à cidade uma noite dedicada ao trap e hip hop. Fiquem atentos às novidades! BE TRAPPED. 

Δ Kroniko ( Showcase) 
Z aka Kroniko nascido e criado na cidade de Lisboa, esteve fora durante uns anos em cidades como Londres Amesterdão e Paris . A crescer fora do panorama musical do seu pais aos poucos foi ganhando diversidade sobre o Hip-Hop com outras experiências vividas. https://www.facebook.com/KronikoZoyde/ 

Δ JUICY
Um dos Djs residentes da grande festa "It's a Trap", tem vindo a surpreender o público nas noites de Lisboa, tornando-se já um clássico nas festas de Trap em Portugal. https://soundcloud.com/juicyjayce

Δ GroovePunch 
Ricardo Silva, mais conhecido como GroovePunch, nasceu em Torres Vedras e foi lá que com o seu primo e amigos começou a interessar-se pela cultura Hip-Hop, nomeadamente pela vertente musical RAP. GroovePunch nasceu da junção de "Groove" devido à produção dos Beats e "Punch" de punchline, características presentes tanto nos seus instrumentais como nos seus temas que produz em casa e no seu estúdio. https://soundcloud.com/groovepunch1

Δ TRAPalhões
Dupla formada por Pedro Dordio e Tiago Belo, dois kids que a cidade de Torres Vedras já está habituada mas nunca neste formato! O seu gênero está ligado ao Grime e Trap, e esta será a segunda estreia pública, sendo a primeira na carrinha Kick Snare.

SAVE THE DATE! 

Entrada :
Pré venda: 6€ 
À porta: 8€



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

REFRÃO (WAZE):
Tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nos damos a vida no stage para fazermos mais cash do que o Bill Gates
Mas tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nós estamos aqui
E em qualquer spot o estatuto é VIP

Verso 1 (WAZE)
Eles disseram "Waze"
Tu és rapper pa pitas complicas as dicas mas fuck you não compitas eu ando a rimar com monstros fodidos
Enquanto tu andas a rimar só cos teus amigos
Quando eu entro tudo para
Desiste não insiste não viste que caíste QI é zero
"Não matas beats"
Mas repara que tas a tentar pintar pitas na noite ao som dos meus hits
Não me irrites mais
Vocês são quadrados e andam aos pares tipo abdominais
E a miúda que tu amas e comenta fotos tuas
É a mesma que no snap gosta de mandar fotos nua
Duas querem dar-me check não estejas preocupado
Porque checks hoje em dia só se forem assinados
E pela quantia têm de ser examinados
Se for menos de 3 mil nós estamos a ser minados
Fraco encontrei o teu ponto fraco pus-te um ponto fiz de ti ponte quando tiver pronto passo
Hoje por onde passo vês os seguranças a pedir espaço
Porque o puto virou artista Pablo Picasso
Mesmo que tentasse tu não ias entender
Que as bocas que mandaram só me fizeram crescer
Os que não acreditaram hoje vão se surpreender
Porque eu só largo está merda no dia em que eu morrer e tu

REFRÃO (WAZE):
Tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nos damos a vida no stage para fazermos mais cash do que o Bill Gates
Mas tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nós estamos aqui
E em qualquer spot o estatuto é VIP
(Não te via aqui, quando eu não era VIP)

Verso 2 (Gson):
Ya eles sabem que cada palavra que eu mando é pânico (não)
Cada palavra que eu mando é prémio (não)
Cada palavra que eu mando é Bang Bang tenho feito bem a palavra comanda o Game
Mano vem vem da-ma a patada que eu ando á vontade com toda a palavra ,guardava cadáveres e andava calado co level que eleva o que eu levo só com abracadabra e aplaude cada palavra então manda money (pera aí pera aí!)
(Shit)
Eu levei ao país do samba essa bandeira até já os espanhóis me dizem "anda le anda lê"
Black on black swag a fazer panda com a bandana
(Shit)
Tou a fazer eles ouvirem sismos liricismos viris diz-me nigga exige-me nessa shit patinho feio virei cisne
E agora
O povo grita goddamw
Tou me a sentir o designer quem me ouve diz que eu sou o future desse game
(Nigga Goddamw)
Eles são só o que ouvem desses rappers
Nova escola é toda o cover desses rappers
Por isso que eu sou a cova desses rappers

REFRÃO:(WAZE)
Tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nos damos a vida no stage para fazermos mais cash do que o Bill Gates
Mas tu falas bué
Falas e falas e fazes zero
Enquanto tu falas nós estamos aqui
E em qualquer spot o estatuto é VIP

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

apocalipse.jpg

 

 

O APOCALIPSE
segundo Fernando Pessoa e Ofélia Queirós

Espectáculo multidimensional Música | Dança | Teatro | Multimédia.
Sob texto e guião original de Paulo Borges

Estreia Nacional a 12, 13, 14 Outubro 2017 - 21:30h
no Teatro do Bairro, no Bairro Alto Lisboa

 

É um espectáculo inovador onde a literatura e a poesia se cruzam com a música, o teatro, a dança e a multimédia numa unidade artística fantástica que nos traz uma perspectiva de Fernando Pessoa ímpar numa transversalidade que cruza Oriente e Ocidente.
 
O projecto "O Apocalipse sobre Fernando Pessoa e Ofélia Queirós", nasce especificamente a pensar na Cidade de Lisboa e em Fernando Pessoa, a cidade como laboratório e acolhimento da matriz do pensamento universal dirigido a Todos.

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu não quis me apaixonar
Toda verdade te contei e ainda assim você me conquistou
Te entreguei meu coração
E o meu corpo foi também, vivi fantasia e ilusão
Não sei que mel você me deu
Não sei quê que aconteceu
E de repente você diz
Que quer bazar, e agora

Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os abraços
Se eu não tenho mais seu corpo pra abraçar yeah, pra abraçar
Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os teus beijos
Se eu não tenho sua boca pra beijar yeah, pra beijar

Eu procuro mas nunca encontro
A tal dita mulher da minha vida
Eu até começo sempre bem
Raramente isso tudo vai além
Eu não sei se é feitiço
Oh minha mãe, mãe, mãe, mãe, mãe, mãe, mãe
Ou se eu fiz mal a alguém

Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os abraços
Se eu não tenho mais seu corpo pra abraçar yeah, pra abraçar
Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os teus beijos
Se eu não tenho sua boca pra beijar yeah, pra beijar

Eu não sei se isso é por mal comportamento meu
Porque eu até sei que tou muito longe de ser perfeito

Eu até fiz tudo pra te dar o céu, que é meu
Mas fui eu quem viveu Julieta e Romeu
Eu não sei se é feitiço
Oh minha mãe, mãe, mãe, mãe, mãe, mãe, mãe

Só se eu fiz mal a alguém
Se eu fiz...

Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os abraços
Se eu não tenho mais seu corpo pra abraçar yeah, pra abraçar
Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os teus beijos
Se eu não tenho sua boca pra beijar yeah, pra beijar

Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os abraços
Se eu não tenho mais seu corpo pra abraçar yeah, pra abraçar
Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os teus beijos
Se eu não tenho sua boca pra beijar yeah, pra beijar

Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os abraços
Se eu não tenho mais seu corpo pra abraçar yeah, pra abraçar
Me diz o quê que eu faço
O quê que eu faço com os teus beijos
Se eu não tenho sua boca pra beijar yeah, pra beijar

 

 

Letra: Yuri da Cunha / C4 Pedro

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

yolanda.jpg

 

 

Yolanda Soares vai apresentar pela primeira vez ao público , este seu novo CD Royal Fado , inspirado em Amália, no TEATRO TIVOLI BBVA no dia 18 de Outubro pelas 21:30h.

Royal Fado de Yolanda Soares apresenta novos convidados para a sua grande estreia no coração da cidade de Lisboa.

Claire Jones , a brilhante harpista da realeza britânica vem a Portugal acompanhar Yolanda Soares nesta estreia , assim como o compositor/ arranjador e percussionista deste projecto , Chris Marshall.

A eles irão juntar-se ainda outros convidados especiais. Artistas de diversos estilos que aceitaram o desafio de Yolanda Soares para completarem este conceito de , quase que, fantasiar o Fado . De o tornar um espectáculo fora de si mesmo. Um espectáculo que se assemelha a uma espécie de ópera romântica.Ou a um teatro musical.

Royal Fado foi pensado para trazer ao público a nobreza , romantismo e inovação que Amália já nos deixou como legado. Yolanda quer dar-lhe continuidade numa visão muito sua onde a música clássica, o canto lírico e a dança fazem parte.

As surpresas serão muitas e se o povo é Rei tendo o Fado e Amália no trono ,então Yolanda Soares quer que esta estreia seja nobre e homenageie a sua grande inspiração e Rainha do Fado. Amália Rodrigues.

Veja aqui os convidados que se unem a esta estreia em Lisboa, do espectáculo Royal Fado de Yolanda Soares:

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

cristiana aguas.jpg

 

 
No final do primeiro dia da visita de Estado a Portugal do Presidente da República da Costa do Marfim, Alassane Dramane Ouattara, o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa ofereceu um jantar no passado dia 12 de Setembro no  Palácio Nacional da Ajuda, no qual actuou a fadista Cristiana Águas.

Acompanhada por Nilson Dourado, na guitarra acústica, por André Dias e CarlosMenezes, na guitarra portuguesa e no contrabaixo, respectivamente, Cristiana deu início ao pequeno concerto com o fado de Alfredo Marceneiro e Amália Rodrigues, "Estranha forma de vida", à capela e acompanhada apenas pelo contrabaixo. Ninguém ficou indiferente e, já com uma sala completamente absorvida, seguiram-se os temas "Porque não", de Luiz Caracol e ainda "À porta da Brasileira" , de Mário Pacheco e Domingos Lobo.

Uma apresentação com um breve alinhamento mas que resultou numa noite de grande emoção para todos os presentes e para Cristiana e os músicos também.


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

em beleza cara
palanca negra rara

Mhuu, beaucoup sole
Beaucoup sole
Você é o meu mundo
Me fazes sorrir

Com você ao meu lado
Posso fluir
Sei lá
Sei lá, sei lá

Sei lá, sei lá
Sei lá, sei lá
Sei lá, sei lá
É so, é so, é so, so bo

É so, é so, é so, so bo
É so, é so, é so, so bo
É so, é so, é so, so bo
Bo tem beleza pura

Nunca imaginava
Ter bo na nha lad
Junt ma mim pra sempre
Você é o meu mundo

Fazes sorrir
Com você ao meu lado
Posso fluir
Seilá

Sei lá, sei lá
Sei lá, sei lá
Sei lá, sei lá
Sei lá, sei lá
É so, é so, é so, so bo
É so, é so, é so, so bo
É so, é so, é so, so bo
É so, é so, é so, so bo

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18 de Setembro de 2017

mixtec.png

 

 

MIXTEC & PEACE MAKER tornam o seu regresso imperdível com o novo EP KINGPIN. Desta vez com dois hits, os produtores não ficam à quem do que ouviste antes, seguindo o hype da Like Superman. Enquanto a Kingpin representa aqueles que têm voracidade pela vida noturna, a Bootyshake é mais um provocador de sensualidade que não vai deixar ninguém indiferente.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

You and I won´t go down tonight
I´m not the same, wont´ play that game no more
Safe inside there´s no place to hide, no one to blame
It´ll all be OK for now in these empty sheets to fall inside.

Right out of time, once again,
All my troubles come in and lay as a friend
Talking of the rights and wrongs
Take all your time
Just leave space and a humble, simple plan to bring back the man
As fast as you can.

You say it´s time to leave it all behind
“Don´t go astray”, “Don´t be ashamed”, “Let go”
So, now i´m fine! Time for pride!
You won´t forgive if i lose the fight! No more!

You and I let´s go down tonight
I´m still the same.

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

filipecabeçadas.jpg

 

 
Filipe Cabeçadas é um e muitos em simultâneo: compositor, multi-instrumentista e produtor farense. Como músico, participou em diversas bandas, todas com o seu mérito e tempo.

O seu percurso musical começa em meados de 1997. O resultado de uma rebeldia pura, baseada nalguma dificuldade na afirmação e interação social.

Estuda no Conservatório de Música, enquanto forma os Mindlock e compõe sobre a revolta interior e o inconformismo ao som do metal.

Junta-se a outras bandas algarvias de rock independente, tais como: Melomeno-Rítmica, oLUDO e os Nome.

Grava discos, aprende a filosofia das covers e dos bares, e colabora como freelancer com múltiplos artistas.

Por entre os anos, surgem as amizades, viagens e vidas cruzadas que trilham uma forma de estar despreocupada, mas atenta.

Um olhar humilde, mas crítico dos tempos.
 
Em Setembro de 2017, chegou a altura de recomeçar e de se reinventar.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Como estás chéri, de manhã pra ti eu sorri
Je t’aime beaucoup, fica mais, encosta mais um pouco
Bom dia my love, aqui em casa só se ouve
Aquele som suave, belle et douce comme toi

Brinda os teus lábios nos meus
Com teu toque me leva aos céus
Toca-me forte, deixa-me dar-te
Minha loucura, minha doçura, my feeling

Deixa-me voar pra onde o coração quer ficar
Deixa-me beijar, viver o momento, deixe eu te amar
Eu falo sozinha na rua, vivo na lua
Tô quase louca
Eu vejo tua imagem no céu, teu nome no meu
Tô quase louca
Meu coração está na tua mão, fiquei sem acção
Louca, louca, louca…

E não há ninguém
Que rebola e faz tão bem como tu
E não há ninguém
Que me despe com o olhar como tu

Não há…
Não há…

I love you, eu sei que você ouviu
Je t’aime beaucoup, esse teu jeito me deixa louco
Ovimbuale, meu coração está bater male
Buku sole, eu te amo pra valer
Anything you want, é so falar que eu dou
Nossa Senhora do Monte, anjo seja louvado

Vem dar os teus lábios nos meus
Com teu toque me leva pros céus
Toca-me forte, deixa-me dar-te
Minha loucura, minha doçura, minha loucura

Me deixa voar pra onde o coração quer ficar
Me deixa voar, viver o momento, deixa eu te amar
Eu falo sozinho na rua, vivo na lua
Tô feito louco
Eu vejo tua imagem no céu, teu nome no meu
Tô feito louco
O meu coração está na tua mão ê
Tô feito louco, louco, louco…

E não há ninguém
Que rebola e faz tão bem como tu
E não há ninguém
Que me despe com o olhar como tu

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Refrão]
Aqui na tuga toda a gente só quer matar toda a gente
Sentes o meu sentimento sempre com uma cena em mente
Catapulta para o presente
Vim para mudar essa mentalidade
Eu vi talento a fritar e fiquei lento
Então tu queres me ensinar essa merda
Então tu queres me ensinar essa shit
Se essa é vista eu fecho a janela
Se essa é vista eu olho é para dentro
Puto bravo foi magoado, nunca mais acreditou
Luto grave proclamado, mais um que desperdiçou
Mal amado
Medo é pardo
Mal amado

[Verso]
Eu não cantei para ser ouvido
Foi mesmo só para dizer o que eu digo
Puto, nada 'tá perdido
Ainda bem que sou teu amigo
É importante, não vou dizer ao ouvido
Puto, nada 'tá perdido
É importante então eu repito, portanto
Eu já te vi relutante só que eu ainda acredito no quanto nasceste para isto, caíste lutando e agora é só ergueres-te, construires-te mutante
Eu nunca vou ficar ao lado a ver esvaires-te em sangue
A turma toda preparada para atingir o insano
O risco é pranto
A lista para não vires é grande
Puto tu queres elevar-te ou morreres ignorante?
Fé nessa merda noite e dia
É só seguires o encanto
Medo é passado, esquece a tua cicatriz distante
Tu és brilhante
Essas quedas vão só inspirando
Yo nigga, coisa garantida é essa raiz, garanto-te:
Vais ser gigante

[Refrão]
Aqui na tuga toda a gente só quer matar toda a gente
Sentes o meu sentimento sempre com uma cena em mente
Catapulta para o presente
Vim para mudar essa mentalidade
Eu vi talento a fritar e fiquei lento
Então tu queres me ensinar essa merda
Então tu queres me ensinar essa shit
Se essa é vista eu fecho a janela
Se essa é vista eu olho é para dentro
Puto bravo foi magoado, nunca mais acreditou
Luto grave proclamado, mais um que desperdiçou
Mal amado
Medo é pardo
Mal amado

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 17 de Setembro de 2017

 

 

Letra

 

se o mundo renega, no fundo a queda
faz perder a força no fim
se lutar não chega e a vida carrega
o barco navega sem mim

eu não quero imaginar isso

entende a ideia ainda nem vivemos metade
a merda tá séria e se queres competir vais ter que correr com mais agilidade
não percas o passo, subimos na escala, num mar agitado o fluxo não pára
debaixo do sol da tuga selvagem eu vim pa ficar habitua-te à cara
assim vai ser easy, deixa-me em peace b
não vim so p’a encher a mala do carro com guita e bom whisky
corresponder ao vicio, sem perder equilibrio
mas caso contrario vai ser complicado voltar ao inicio

dread
imagina só, enquanto a guita chove um puto fica ao sol a ver se pinga o copo, nigga, what?!
a chita corre, presa morre… liberta a tua mente já que presa morre!
mata o guarda da prisão, fá-lo virar pó…
rouba-lhe o bastão e faz dele um barrote,
eleva o teu chão, chega à nuvem 9,
aluno que tira questão há de sair Prof...
amassa o teu pão ya pq a massa é o teu pão ya
carcaça ou croissant ya, a minha raça é o coração ya,
saio de casa em oração ya, obrigado ao papão pai,
não tenho medo do chão Pai,
descansado no colchão caio,
já sonho com o pão Pai,
vou lutar pela vida, juntar-me a corrida, 'té que um dia no chão maye….
se for pa God um puto liga logo,
e se for pagode nunca desligo o modo,
eu vou po top, sente o toque, muita jigajoga,
a mente dobra pq tá bucha e se estica é yoga…. ptt imagina, imagina, imagina, imagina,
imaginaaa...
imagina meu puto
pq uma imagem vale mais que mil palavras
uma mensagem vai-te dar aquilo que esperavas
uma batalha sem espada não chega pa 'tares lá
ergue a tua tarja
faz a tua marcha
não percas a vantagem
leva leve a tua bagagem
acelera acelera acelera
dos 0 aos 100, real quick,
sê fera, sê fera, sê fera
mas faz o Bem, isso é a real shit…

 

Letra/Lyrics: Valas, ProfJam

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

valas.png

Novo single de VALAS, “Imagina”, atinge 65 mil visualizações em 24h

Tema conta com a participação especial de Profjam e com produção de Lhast

Apenas 24h depois de ter sido revelado, o novo single de Valas, “Imagina”, ultrapassou as 65 mil visualizações no YouTube/VEVO, confirmando Valas como um dos mais populares rappers da atualidade. O single estreou acompanhado de um vídeo realizado por Gerssis David, inspirado no filme “Cast Away” (protagonizado por Tom Hanks). 

“Imagina” conta com a participação especial de Profjam e com produção de Lhast. Este é um dos temas que fará parte do álbum de estúdio do rapper, a ser lançado no início de 2018.

 

Valas deu a conhecer “Imagina” depois de 3 singles de grande sucesso: “As Coisas”, com mais de 3.4 Milhões de visualizações no YouTube, foi o single que transformou Valas num dos fenómenos do hip hop nacional da atualidade; “Acordar Assim” com quase 900 mil visualizações e “Alma Velha”, com a participação muito especial de Slow J, com mais de 650 mil visualizações.

Todos os singles, lançados até à data, do novo disco de Valas tiveram a produção de Lhast (Richie Campbell, ProfJam, Plutónio, Kappa Jotta, Dillaz). 

Desde que Valas lançou “As Coisas” os concertos têm sido uma constante de norte a sul do país e ilhas, a tour arrancou em Dezembro do ano passado no Vodafone Mexefest, tendo mais de 60 datas marcadas em 2017, onde se destacam os concertos no Primavera Caparica Surf FestSumol Summer FestMeo SudoesteFestival F ou Festival Viana Bate Forte, onde Valas atuará já amanhã.

A estreia ao vivo de “Imagina” acontecerá na Receção ao Caloiro de Lisboa, no dia 22 de Setembro, e contará com ProfJam como convidado especial.

 

Próximas datas:

15 Setembro – Viana do Castelo – Festival Viana Bate Forte

20 Setembro – Coimbra – Receção ao Caloiro ESEC

22 Setembro – Lisboa – Receção ao Caloiro de Lisboa 

23 Setembro – Monte da Caparica – Receção ao Caloiro FCT



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Hook 1]

Eu vivo em cada beco
Em cada apartamento
Eu vivo em cada escada
Eu sonhei para dentro

Eu sonhei para dentro
Cá fora era só medo
Eu sonhei para dentro (x3)
Cá fora era só medo

[Pre 1]

Tudo o que eu trago no peito

Ma nigga eu tou no grind vinte e quatro sete
À procura da vibe vinte e quatro sete
Querem ver-me empregado desde a creche man
Só que a minha vontade não vê cash man
(x2)

[Verse 1]

Muitos manos querem
Muitos manos têm
Poucos querem suficiente

Muitos manos querem
Muitos manos esquecem
Deitar tarde e acordar cedo

Muitos manos querem
Muitos manos têm
Muitos danos
E nós culpamos
Quem nos multa
Não nos educamos
Temos muitos planos
Nunca protestamos nunca

Saimos à rua, a luta não continua
Enquanto o sonho é pa dentro

Enquanto a música quer a padeira
Nua, nunca vais ter cacete

Então nós
Saimos à rua, uivamos à lua
Trazemos o teu presente

Filha da puta

A luta continua
A luta continua

[Hook 2]

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

kate.jpg

 

Kate Mirson | Broken One | 15 de Setembro em formato digital

 

“Broken One” é o cartão de visita de Kate Mirson, uma jovem cantora de 20 anos que agora se apresenta ao mundo em nome próprio.

 

Natural de Benavente, Kate canta desde que se lembra, aprendeu cedo a tocar guitarra e piano, instrumento que elegeu para se expressar de forma mais séria, e sempre se entregou ao que acredita ser o seu sonho: “sempre quis ser cantora”, admite.

 

Experiências em programas como o X-Factor – em Inglaterra e Portugal – e o The Voice deram-lhe o alento para encontrar a sua própria voz. Um coração partido fez o resto: “se não fosse o que eu ponho de mim nas músicas ficava a acumular todas estas coisas. A verdade é que escrever a ‘Broken One’ me ajudou a lidar com a dor e a ultrapassar um episódio menos positivo. Agora já só penso no álbum que espero lançar no início do próximo ano”, revela.

 

Enquanto essa estreia em grande não acontece, há “Broken One” para ouvir e para nos relembrar a todos que o amor é mesmo a maior de todas as inspirações. Mesmo quando não corre bem há sempre algo de positivo a retirar de cada história: “esta música ajudou-me a seguir em frente”, garante Kate Mirson. E há mais uma caixa recheada de letras que o futuro há-de revelar. Este “Broken One” é apenas o primeiro capítulo de uma história que se adivinha longa.

 

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 16 de Setembro de 2017

marco rodrigues.jpg

 

Marco Rodrigues

Novo álbum, “Copo Meio Cheio”, já nas lojas

Fadista contou com a composição e escrita de artistas como Boss AC, Capicua, Carlão, Diogo Piçarra, Luísa Sobral, entre outros

Chega finalmente hoje às lojas o novo álbum de Marco Rodrigues, “Copo Meio Cheio”, sucessor do aclamado “Fados do Fado”, nomeado para um Grammy Latino na categoria de melhor álbum folk. “Copo Meio Cheio” é um trabalho desafiante que levou o fadista a colaborar com uma série de novos compositores e letristas da música pop nacional. 

“O Tempo”, o mais recente tema retirado deste novo álbum, foi composto por Diogo Piçarra. Já “Fado do Cobarde”, o primeiro single, foi composto por Guilherme Alface e João Direitinho, dois membros dos ÁTOA. Entre os compositores desafiados por Marco Rodrigues para embarcarem consigo neste “Copo Meio Cheio” estão ainda Carlão, Luísa Sobral, Capicua, Agir, Pedro da Silva Martins (Deolinda), Tiago Pais Dias e Marisa Liz (Amor Electro), ou Boss AC, com quem já tinha colaborado no álbum “Tantas Lisboas”, no grande sucesso “O Homem do Saldanha”.

 

 

Com produção de Tiago Machado, “Copo Meio Cheio” não é um disco de fado, não é um disco de pop, é um disco de Marco Rodrigues, onde a sua identidade e a sua incrível capacidade interpretativa se encontram mais definidas do que nunca. 

O fadista traz para este novo álbum instrumentos que já tinha utilizado em “Tantas Lisboas” como piano, percussão e bateria, mas dá-lhes mais espaço. Já alguns dos compositores e autores desta nova geração com que agora gravou são bem surpreendentes uma vez que se estrearam na escrita para fado. Alguns temas não são fados, mas a alma do fado é trazida pela interpretação de Marco Rodrigues. 

No entanto, Marco Rodrigues fez questão de não deixar de fora do seu novo disco o fado tradicional, que ganha nova vida com letras de Luísa Sobral, Capicua e Carlão.

Estas e muitas outras surpresas serão reveladas amanhã no festival Caixa Alfama, onde o fadista apresentará os temas de “Copo Meio Cheio”, contando para a ocasião com um convidado muito especial: o rapper Boss AC. 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os crféditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

"

omiri.jpg

 

 

Baile Electrónico", o novo album de OMIRI entra directamente para o 3º lugar do Top das Músicas do Mundo, "World Music Charts Europe" no mês de Setembro, sendo assim reconhecido pelos criticos e radialistas a nível internacional como um dos álbuns mais interessantes de 2017.

http://wmce.de/index.html


OMIRI apresenta um novo video para o tema “Canarinho“ gravado no espectáculo realizado no Teatro D. Luis Filipe em Lisboa no passado dia 21 de Abril.

 

video: Canarinho live@ Teatro da Luz 2017

 

OMIRI apresenta-se ao vivo em Setúbal no dia 21 de Outubro, no Porto e em Lisboa nos próximos dias 25 e 30 de Novembro respectivamente, concertos integrados na digressão de “Baile Electrónico” que já passou por Portugal, República Checa, Estónia e Bélgica. Relembramos que OMIRI foi seleccionado para apresentar um showcase na EXIB -Expo Iberoamericana de Música 2017, tendo desde logo recolhido interesse por parte de diversos promotores e festivais da Europa , América e Ásia, prevendo-se assim um ano de 2018 promissor.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

ela vaz.jpg

 

 
ELA VAZ  | EU
Disco de estreia  hoje em pré-venda
 
Após dar rosto e voz a diversos trabalhos musicais na área do fado e da música popular, Ela Vaz aventura-se agora pelo seu próprio caminho. Eu é como se chama o primeiro disco d'Ela em nome próprio .
 
Para Eu, Ela Vaz convidou um grupo de músicos e autores com créditos firmados: Filipe Raposo, Amélia Muge, Uxía, Miguel Calhaz, Viriato Teles, Ricardo Fino, Rão Kyao, Nuno Camarneiro e Rui Oliveira, além de Joaquim Teles (Quiné), que também assina a produção e a maioria dos arranjos. Além dos temas originais, Eu inclui ainda canções de José Afonso, José Mário Branco, João Afonso e Pablo Neruda/Victor Jara.

Eu é, assim, uma afirmação pessoal que aponta para o futuro sem voltar costas ao passado. Partindo da tradição musical portuguesa, Ela incorpora-lhe a urbanidade e cria uma linguagem musical própria, suficientemente vasta para incluir diferentes sons, palavras de épocas distintas, e individualizada o bastante para ser única.


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 15 de Setembro de 2017

sara.png

 

DVD de “O Mundo da Sara” atinge Galardão de Platina

Nos dias 17 e 24 de setembro, o espetáculo de “O Mundo da Sara” será apresentado nos Coliseus de Lisboa e do Porto e, posteriormente, em Guimarães.

 A poucos dias de se estrear nos Coliseus, o DVD de “O Mundo da Sara” atinge o Galardão de Platina, confirmando este como um dos maiores fenómenos da música infantil da atualidade.

 “O Mundo da Sara” será apresentado já no próximo dia 17 de setembro no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e no dia 24 no Coliseu do Porto. Depois de ter proporcionado muitos momentos mágicos a crianças e famílias de todo o país, “O Mundo da Sara” chega agora a estas grandes salas para dois espetáculos repletos de música e diversão.

Sara e os seus amigos vão viver aventuras fantásticas e inesquecíveis. Esta é, assim, uma oportunidade única para os mais pequenos conhecerem de perto o mundo fascinante de “O Mundo da Sara”.

Não vão faltar os vários sucessos que fazem também parte do DVD que agora atingiu a marca de Platina e cujos vídeos são também um enorme fenómeno na internet. 

Os vídeos de “O Mundo da Sara”, para além do grande sucesso que têm feito no Canal Panda, já somam mais de 32 milhões de visualizações no YouTube: “Um Mundo Perfeito” já soma mais de 6,4 milhões de visualizações e “Pirata” ultrapassou os 4 milhões de visualizações, enquanto “Alô Alô”soma mais de 5,2 milhão de visualizações. “Sou Uma Princesa” e “Sou Aventureira” são os mais recentes lançamentos e também já conquistaram milhares de visualizações no YouTube.

Agora ninguém pode perder “O Mundo da Sara”, a 17 e 24 de setembro nos Coliseus de Lisboa e do Porto!



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Verse 1]

Quando não entenderes avisa
Ou finge, improvisa
Quem me atinge, quem me atiça
Quem te obrigou a trazer camisa

Lá em casa a cota é papiza
A mim ninguém tem bota pa pisar
Se eu juntar Luanda com a Lisa, quiçá?

[Pre 1]

P’ra quê q’rer complicar
Lá em casa, qualquer cor dá
Mistura e Música

[Hook 1]

Esse é o meu Fado
Esse é o meu Semba
(2x)

[Verse 2]

Esse é o meu fado esquecido nas
Praias do sado onde o sol continua
A brilhar
Lá onde os putos malandros se
Encontram nos cantos p’ra viver e
Se apaixonar
Esse é o meu semba da terra que eu
Deixei na guerra p’ra um dia o
Voltar a encontrar
Essa era a vida que vivia a beira-mar
E vai voltar

[Pre 2]

P’ra quê q’rer complicar
Lá em casa, qualquer cor dá
Mistura e Música

[Hook 2]

Esse é o meu Fado
Esse é o meu Semba

[Bridge] (x4)

Casa em todo o lado
Pode entrar quem quer
É misturado
Casa é o mundo inteiro

[Pre 3]

P’ra quê q’rer complicar
Lá em casa, qualquer cor dá
Mistura e Música

[Hook 3]

Esse é o meu Fado
Esse é o meu Semba

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

nunca da camara.jpg

 

 

Nuno da Camara Pereira dedicou a Belmonte o seu próximo CD -”Belmonte , Emcantos mil “através de uma viagem musical à primeira história trágico-marítima com o descobrimento do Brasil.

 

Com o álbum “Belmonte, Em cantos mil”Nuno Cabral da Camara Pereirarelança o tema  do “achamento do Brasil “por temas dedicados à viagem, no tempo e no espaço , de uma língua e de um povo  que apenas a diáspora entende e justifica através da poesia e musica de poetas e intérpretes de aquém e além-mar .

É o Fado em toda a dimensão da palavra que tão exemplarmente se pretende fazer transmitir neste CD que ora relança a consanguinidade e dimensão transatlântica da língua portuguesa.

Dia 20 de Outubro o álbum “Belmonte, Em cantos mil”, estará à venda nos locais habituais.

Para já, aqui fica o registo do primeiro single “Belmonte, Em cantos mil”que dá titulo ao álbum

 

 Mais novidades brevemente!



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Orelha Negra - Nascente

V.º FESTIVAL BRANDS LIKE ...

Orelha Negra - Duas Caras

Festa Trap/Hip Hop - Torr...

WAZE - Tu Falas ft. Gson ...

ESTREIA - O Apocalipse, s...

Yuri Da Cunha Ft. C4 Pedr...

Royal Fado de Yolanda Soa...

MIXTEC ft. PEACE MAKER - ...

Cristiana Águas actuou a ...

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Já actualizei o Post, muito obrigado
O tempo não espera pela gente mas eu espero por ti...
sou teu fà loony johnson
A letra está malDeviam arranjar
Grande Musica
Musica Qualitativa
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
*ps: nós que fizemos!
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
OláInfelizmente não lhe consigo responder, eu não...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds