Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

11ª EDIÇÃO DO OUT.FEST   MÚSICA EXPLORATÓRIA NO BARREIRO ATÉ 5 DE OUTUBRO

 

11ª EDIÇÃO DO OUT.FEST

 

MÚSICA EXPLORATÓRIA NO BARREIRO ATÉ 5 DE OUTUBRO

 

Be Jazz Café abrirá as portas no próximo dia 2 de outubro para o primeiro concerto do OUT.FEST - Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro - com PETER BRÖTZMANN & STEVE NOBLE, consagrados músicos de Jazz e o guitarrista português NORBERTO LOBO, pelas 21h30.

Já amanhã, 1 de outubro, Dia Mundial da Música, CARLA BOZULICH dará início a um workshop de três dias no Teatro Municipal do Barreiro. 

Até ao dia 5 de outubro, vários locais do Concelho acolhem a 11ª edição deste evento organizado pela OUT.RA – Associação Cultural, com o apoio protocolado da Câmara Municipal do Barreiro.

 

O OUT.FEST conta, ainda, com o apoio da BAÍA DO TEJO e da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, sendo a maior parte do seu financiamento assegurada pela DIRECÇÃO-GERAL DAS ARTES.

 

Programa

 

1, 2 e 3 de outubro | Teatro Municipal do Barreiro

 

A cantautora norte-americana CARLA BOZULICH regressa ao Barreiro, após participação na edição de 2013, para um workshop de três dias destinado a músicos e não-músicos de ambos os sexos, maiores de 16 anos, realizado em parceria com a Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro, que culminará com uma atuação pública. Informações e inscrições para o mail: workshops@outra.pt .

 

2 de outubro  | Be Jazz Café | 21h30 | 8 €

 

PETER BRÖTZMANN & STEVE NOBLE, da Alemanha e Inglaterra, respetivamente, tocam sons delicados e swinging e por vezes frontal free jazz.

No mesmo local, atua o músico português NORBERTO LOBO. O seu mais recente trabalho “Mel Azul” foi considerado um dos melhores álbuns nacionais de 2012 pela imprensa e pelo mundo online da especialidade. 

 

3 de outubro | Escola de Jazz do Barreiro | 15h30 | Entrada Livre

 

Oportunidade para ver e ouvir o quinteto do trompetista PETER EVANS, reconhecido no panorama do Jazz mundial, que orientará ainda, para além do concerto, umamasterclass, de entrada livre, na Escola de Jazz do Barreiro.

 

3 de outubro | Casa da Cultura da Baía do Tejo | 21h30 | 12€

 

Da Áustria chega o guitarrista e compositor FENNESZ, nome de topo da música eletrónica ambiental.

De seguida atua o britânico DEAN BLUNT, figura de renome da cena alternativa britânica nos últimos cinco anos. A recente capa da revista britânica The Wire, que no ano anterior esteve presente no Barreiro, em cobertura ao festival, comprova esse mesmo estatuto.

 

PETER EVANS QUINTET, trompetista radicado em Nova Iorque tem-se distinguido como um dos produtos mais evoluídos e avançados do estudo das práticas e das histórias do trompete e do Jazz.

 

4 de outubro | Teatro Municipal do Barreiro | 16h00 | Entrada Livre

 

CARLA BOZULICH – Concerto final do workshop.

 

4 de outubro | Be Jazz Café | 17h00 | Entrada livre

 

RODRIGO AMADO é atualmente um dos músicos de Jazz nacionais com maior projeção a nível internacional. O seu WIRE QUARTET tem recebido o reconhecimento da crítica especializada.

 

OPEN MIND ENSEMBLE grupo sediado maioritariamente na capital e composto por vários dos notáveis do panorama nacional, entre os quais o saxofonista Francisco Andrade, uma das figuras maiores do Jazz no Barreiro. 

 

4 de outubro | Pavilhão do G.D. Ferroviários | 21h30 | 12€

 

Da Alemanha chegam os lendários FAUST, banda absolutamente fundamental na génese do rock germânico dos anos 70. De referir que a banda prevê chegar vários dias antes, à cidade, em busca de componentes para o seu espetáculo, famoso também pela utilização de materiais inusitados como chapas de zinco, betoneiras, ou objetos quotidianos.

Na ocasião, atuam os veteranos holandeses THE EX dão nome a uma banda com mais de três décadas de carreira dedicadas às explorações do punk.

 

A festa promete continuar com as atuações do trio rock norte-americano MAGIK MARKERS e da banda portuguesa PUTAS BÊBEDAS.

 

5 de outubro  | Convento de Madredeus da Verderena | 17h00 | Entrada Livre

 

O norte-americano CHARLES COHEN atua no encerramento do Festival, apresentando, pela primeira vez no País, a sua música resultante da exploração do raro sintetizador Buchla Music Easel. Nesse mesmo dia, destaque para a presença do primeiro músico oriundo do Médio-Oriente no OUT.FEST, o libânes, residente em Berlim, RABIH BEAINI.

 

Bilhetes

Passe global» 25€

Bilhetes diários» 2 de outubro» 8 €, 3 de outubro» 12€ e 4 de outubro» 12 €

Encontram-se já à venda via Bilheteira Online, em http://outfest.bilheteiraonline.pt/ e locais associados e no Posto de Turismo do Barreiro, Balcão de Informações do Forum Barreiro e na discoteca Flur, em Lisboa.

 

Transportes

As viagens são gratuitas nos Transportes Colectivos do Barreiro (TCB) para os portadores de bilhete do festival, nos dias dos espetáculos. 

Todas as informações podem ser encontradas em www.outfest.pt e através dofacebook do festival, em www.facebook.com/OUTFESTBarreiro .

 

 

CMB 2014-09-30



publicado por olhar para o mundo às 22:14 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Eu tô carente desse teu abraço
Desse teu amor que me deixa leve
Eu tô carente desses olhos negros
Desse teu sorriso branco feito neve

Eu tô carente desse olhar que mata
Dessa boca quente revirando tudo
Tô com saudade dessa cara linda
Me pedindo fica só mais um segundo

Tô feito mato desejando a chuva
Madrugada fria esperando o sol
Tô tão carente feito um prisioneiro
Vivo um pesadelo, beijo sem paixão

Tô com vontade de enfrentar o mundo
Ser pra sempre o guia do seu coração
Sou a metade de um amor que vibra
Numa poesia em forma de canção

Sem você sou caçador sem caça
Sem você a solidão me abraça
Sem você sou menos que a metade
Sou incapacidade de viver por mim
Sem você, eu sem você

Eu tô carente desse teu abraço
Desse teu amor que me deixa leve
Eu tô carente desses olhos negros
Desse teu sorriso branco feito neve

Eu tô carente desse olhar que mata
Dessa boca quente revirando tudo
Tô com saudade dessa cara linda
Me pedindo fica só mais um segundo

Tô feito mato desejando a chuva
Madrugada fria esperando o sol
Tô tão carente feito um prisioneiro
Vivo um pesadelo, beijo sem paixão

Tô com vontade de enfrentar o mundo
Ser pra sempre o guia do seu coração
Sou a metade de um amor que vibra
Numa poesia em forma de canção

Sem você sou caçador sem caça
Sem você a solidão me abraça
Sem você sou menos que a metade
Sou incapacidade de viver por mim

Sem você sou caçador sem caça
Sem você a solidão me abraça
Sem você sou menos que a metade
Sou incapacidade de viver por mim
Sem você

Sem você
Sem você
Eu sem você
Sem você




publicado por olhar para o mundo às 21:46 | link do post | comentar

Paula Fernandes


PAULA FERNANDES

Novo disco a 6 de Outubro

EXCLUSIVO NO MEO MUSIC A PARTIR DE HOJE

Disco de duetos com Shania Twain, Michel Teló, entre muitos outros.
 
Edição Portuguesa conta com participação de Anselmo Ralph e Mickael Carreira.
 
Paula Fernandes, uma das maiores figuras da música brasileira contemporânea, edita a 06 de Outubro o seu novo álbum. "Encontros pelo Caminho" que poderá ser escutado, em exclusivo, no MEO Music a partir de hoje (aqui), integra duetos com artistas internacionais como Shania Twain, Michel Teló entre muitos outros e conta com duas surpresas para o mercado português: um dueto com Anselmo Ralph, "Pássaro de Fogo", e um outro com Mickael Carreira, "Eu sem Você".
 
O trabalho junta duetos de sucesso de toda a carreira da cantora, casos de "Não Precisa", com Victor e Leo, "Pegando Lágrimas", com Chitãozinho e Xororó, "Criação Divina", com Zezé di Camargo e "Se Tudo Fosse Fácil" com Michel Teló. Aos clássicos do repertório de Paula Fernandes juntam-se duetos inéditos, como são exemplo os temas com Anselmo Ralph e Mickael Carreira, que também serão editados internacionalmente numa versão digital.
 
Paula Fernandes tem regresso marcado para Portugal para 07 de Novembro e 08 de Novembro. Na primeira data, a cantora atua no MEO Arena, em Lisboa, tocando no dia seguinte no Multiusos de Guimarães.


publicado por olhar para o mundo às 21:39 | link do post | comentar

Contornos

 

 

Fia apresenta single Contornos

Após um ano intenso de trabalho em conjunto com o produtor Vasco Lima (
Nude Music), Fia lança o seu primeiro single de nome Contornos, reflectindo a sua visão criativa e emocional. 

Brevemente disponível nas diversas plataformas digitais.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 18:52 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:27 | link do post | comentar

RITA GUERRA e MICHAEL BOLTON em dueto no novo disco

 

Já tinham cantado juntos várias vezes ao vivo, mas só agora o dueto em disco se proporcionou.

 

“Make you feel my love” (um original de Bob Dylan) é o tema que encerra “Volta” e que finalmente junta as vozes de Rita Guerra e Michael Bolton.

 

“Cantar com alguém que sempre admirámos, é um sonho tornado realidade. E o sonho repetiu-se...e gravou-se:)

É uma grande honra enquanto cantora e fã,  ter a participação do Michael num disco meu.”

 

Michael Bolton, é um dos mais conceituados interpretes Norte Americanos. Ao longo da sua carreira já vendeu mais de 75 milhões de discos e venceu vários prémios Grammy.

 

“Volta”  é o primeiro disco de originais de Rita Guerra em 4 anos.

 

“Volta”, de que já conhecemos o tema título, foi produzido por Mikkel Solnado, que conferiu ao disco um toque muito atual, próximo de sonoridades mais eletrónicas e R’n B.

 

“ Chamei-lhe Volta, porque o encaro como um regresso e uma renovação. Tenho uma carreira de 30 anos, é importante para mim sentir que estou a fazer coisas novas e actuais. “Volta” é seguramente o disco onde mais arrisquei, tem canções construídas em bases eletrónicas e sintetizadores, mas também baladas clássicas, daquelas que eu gosto muito de cantar”.

 

“Volta” vai ser apresentado em primeira mão dia 11 de outubro no Teatro Tivoli em Lisboa. Bilhetes à venda na Ticketline e locais habituais.

 

“Volta” à venda dia 6 de outubro.



publicado por olhar para o mundo às 12:46 | link do post | comentar

MANIFESTO - 4 Out - Concerto Solidário - Dia Mundial do Animal [

 

MANIFESTO em Concerto

4 OUTUBRO | 22H | Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro

 

Manifesto é uma declaração de princípios e emoções.
 
Manifesto é cantado em português sob o desígnio do rock.
 
Manifesto são quatro, Paulo Lima, Augusto Figueira, Bidgi Marciano e Nuno Justo, e depois da apresentação em Março do seu primeiro álbum de originais intitulado  “Homónimo”, apresentam-se agora com um concerto acústico no auditório daBiblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Lisboa, a 4 Outubro às 22h.
 
"Homónimo" foi gravado nos estúdios BEBOP com produção, gravação e mistura de Cajó (Xutos & Pontapés, Censurados, Tara Perdida, etc.) e inclui temas marcantes como “Acordai”, homenagem ao maestro Fernando Lopes Graça e ao poeta José Gomes Ferreira e "Arriscar".
 
Manifesto juntam-se assim às comemorações do Dia Mundial do Animal, revertendo a totalidade da bilheteira directamente para a União Zoófila, numa iniciativa que conta com o apoio da RDP e das Bibliotecas Municipais de Lisboa.

Um Manifesto que precisa de ser ouvido.

Entrada: 5€, que segue directamente como donativo para a União Zoófila, ou pela entrega de ração, paté, areão, mantas, medicamentos para os animais.



publicado por olhar para o mundo às 10:51 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

DESPERTO E PEGO NA CANETA E DELA FAÇO UM SABRE
CADA RIMA CADA ESGRIMA CADA BRECHA QUE SE ABRE
SENTE O BEAT, A MELODIA A GIRAR BEM NA SUA ARTE
SINTONIAS PODES CRER MANO, É MESMO UM MUNDO À PARTE

VISTO A MINHA PELE TIPO NUM CORPO DE GUERREIRO
PORQUE NESTA VIDA MANO EU FUI EU A TEMPO INTEIRO
ILUSÕES, SENSAÇÕES, VENHA O QUE VIER PRIMEIRO
DESCOBRI NO DIA-A-DIA QUE AFINAL SOU VERDADEIRO

SONHO EM TEMPO INCERTO QUE PENSEI NÃO É PRA JÁ
MAS O TEMPO ESTAVA CERTO E O MEU SONHO ESTAVA CÁ
MESMO QUANDO UM GAJO JÁ, NÃO ACREDITA QUE ISTO VÁ
EMBATER NO TEMPO CERTO E QUANDO ACERTO JÁ LÁ ESTÁ

SONHO DE CRIANÇA MAS AGORA REALIZADO
40 BARRAS MANO NÃO PARECE MAS É PESADO
E UMA VIDA DE DOUTOR, ISSO A MIM PASSOU-ME AO LADO
O FUTURO ESTÁ TRAÇADO NO COMPASSO DO PASSADO

LONGA É A VIAGEM QUE COMEÇA SÓ COM UM PASSO
É PRECISO TER PACIÊNCIA, A IMPRUDÊNCIA FAZ-TE AMASSO
É IMPORTANTE ACREDITARES PRA NÃO SERES MAIS UM FRACASSO
MUITA FORÇA FUI BUSCAR NA FIRMEZA D'UM ABRAÇO

HOJE SOU QUEM SOU E O QUE PASSOU NÃO VOLTA ATRÁS
MAS COM O TEMPO APRENDI E QUERENDO SOU CAPAZ,
TANTO FAZ, E SE NÃO ENCONTRO PAZ,
ENTÃO VIRO-ME PARA O SOL E AS SOMBRAS FICAM PRA TRÁS

SÃO 40 BARRAS MANO A VIVER COM SENTIMENTO
40 BARRAS MANO DE ALEGRIA E SOFRIMENTO
MANTI A MINHA CENA, LINHA RECTA EM PENSAMENTO
KS EVOLUÇÃO TROPAS SEMPRE EM MOVIMENTO

40 BARRAS MANO A VIVER COM SENTIMENTO
40 BARRAS MANO DE ALEGRIA E SOFRIMENTO
'GUARDEI OS SONHOS NÃO, NO BAÚ DO ESQUECIMENTO
SEMPRE À ESPERA DESTE DIA PARA ABRAÇAR ESTE MOMENTO


CAÍ NO CHÃO MAIS FUNDO E MAIS FUNDO EU NÃO PODIA
ME AGARREI ÀS RAÍZES QUE POR DENTRO ME COMIAM
E QUANDO DESPERTEI LOGO VI MEU UNIVERSO
É DAÍ QUE NASCE E LOGO O AMOR DE CADA VERSO

MEU LUGAR NÃO FOI LÁ NEM É AQUI
O MEU LUGAR É EM MIM, NA ALMA NO FUNDO DE MIM
LANÇO-ME NO ESPAÇO ONDE POSSO VIAJAR
SÓ EM MINHA ALMA POSSO MORAR (EU POSSO MORAR)

ESPERO QUE QUANDO OS MEUS OLHOS CASTANHOS CEGUEM
OS OLHOS DIVINOS DA MINHA ALMA BRANCA ENXERGUEM
QUANDO PENSO EM AMOR EU SEI EU LOGO EXISTO
QUANDO A DOR ME COLA SÓ AÍ EU NÃO RESISTO

TENS UM MUNDO À TUA FRENTE MAS NÃO TEM QUE SER MERDOSO
FRACASSAR NÃO É CAIR, É NÃO LEVANTAR DE NOVO
NÃO TE PERCAS NESTE REINO QUE ESTE REINO ESTÁ PERDIDO
E SE UM DIA O ENCONTRARES TENS QUE SABER ESTAR CONTIGO

AGORA É O MOMENTO, PORQUE ESTAVA DESTINADO
O CAMINHO JÁ 'TÁ FEITO E DESDE SEMPRE ESTÁ MARCADO
BOY NÃO TENTES DESVIAR IGNORAR OLHAR PRO LADO
CADA VEZ QUE TENTAS ISSO UM NOVO RUMO É TRAÇADO
12:34 26-09-2014
SÃO 40 BARRAS MANO A VIVER COM SENTIMENTO
40 BARRAS MANO DE ALEGRIA E SOFRIMENTO
MANTI A MINHA CENA, LINHA RECTA EM PENSAMENTO
KS EVOLUÇÃO TROPAS SEMPRE EM MOVIMENTO

40 BARRAS MANO A VIVER COM SENTIMENTO
40 BARRAS MANO DE ALEGRIA E SOFRIMENTO
'GUARDEI OS SONHOS NÃO, NO BAÚ DO ESQUECIMENTO
SEMPRE À ESPERA DESTE DIA PARA ABRAÇAR ESTE MOMENTO



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

 

“Choque em Cadeia”: o rock da nova geração portuguesa

 

 

 

A jovem banda de Lisboa edita, pela iPLAY o seu primeiro álbum com 11 temas originais de rock cantado em português. Um som orgânico, sem artifícios e com muito para dizer. O single “Deixa Rolar”, tema que entra logo no ouvido, põe o dedo na ferida.

 

“Não gostamos de música eletrónica”. Carlos Noronha admite que a frase pode ser polémica, mas o vocalista da muito jovem banda portuguesa (os quatro elementos têm idades a rondar os 19 anos) quer assumir claramente o ADN dos “Choque em Cadeia”: uma banda de rock, sem artifícios nem “manias”, que procura retratar a vida em Portugal, em português.

 

Membros de uma geração que enfrenta problemas bem reais como o desemprego e a “fuga” para o estrangeiro, Carlos Noronha (voz e guitarra), Manuel Parreira (baixo), João Costa (guitarra solo) e Luís Morais (bateria) abordam, no seu primeiro álbum “Pés na Estrada”, estas preocupações, mas também as ambições de liberdade, viagem e descoberta. “Pés na Estrada” é um álbum de originais que nos leva por caminhos de amor e desamor, ironia, crítica social, e mesmo puro divertimento e energia. 

 

O single “Deixa Rolar” (ver vídeo aqui), é uma boa amostra do espírito do álbum. O tema aborda a atitude muito portuguesa de “deixar andar”, de não se preocuparem demasiado. Sendo uma música de crítica social, é também o reconhecimento de que, apesar de tudo, os portugueses não desistem e acabam por resolver as coisas.

 

Com um conjunto de temas aperfeiçoados ao longo dos 5 anos de existência da banda, “Pés na Estrada” distingue-se pelo apuramento das letras, vocalizadas com invulgar atitude e afinação, em equilíbrio com sons bem estruturados e criatividade rítmica. O novo rock português vai passar, certamente, por aqui.

 

O álbum “Pés na Estrada” está disponível no Spotify, na loja iTunes e nas lojas FNAC.


O início do choque

 

Quatro amigos de infância juntaram-se em 2009 para formar uma banda rock. Com apenas 13 anos de idade, começaram a partilhar - primeiro no quarto de um deles e depois em estúdio - os sons que lhes iam na cabeça e a encontrar uma linguagem comum. Tocaram em festas de escolas, de faculdade, eventos municipais, um pouco por todo o lado. Cantavam em inglês, porque era essa a língua das bandas que mais os apaixonavam (Jimmy Hendrix, Nirvana, Rolling Stones e The Strokes), mas depressa passaram a cantar em português. Era a língua que fazia sentido para retratar a vida deles, dos jovens portugueses. Apontam Jorge Palma como uma das referências, entre outros nomes do rock português, mas assumem uma identidade muito própria. Como eles próprios admitem: “Começámos a tocar para ouvir aquilo que gostaríamos de ouvir.”

Ver video

 

 

Tracklist

 

Álbum: Pés na Estrada

  • - Deixa Rolar (single)
  • - O Teu Chão
  • - Mentalmente Astuto
  • - Quando Fores Embora
  • - Marilu Fez-se À Estrada
  • - Tivemos Tudo na Mão
  • - Já Estou Farto
  • - Rockinho Mandado
  • - Vou Gritando
  • - Vais Rebentar
  • - Nada a Perder

 

Disponível no Spotify, iTunes e lojas FNAC



publicado por olhar para o mundo às 20:36 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

'TAVA ESCRITO OU DESTINADO MAS NÃO 'TAVA PREOCUPADO
PORQUE SIM AMOR EU SEI, TAVAS SEMPRE DO MEU LADO
SÓ MAIS TARDE PERCEBI QUE POR TI SOU VICIADO
ALMAS GÉMEAS DE PAPEL, UM ORIGAMI BEM PINTADO

EU SEI QUE TE ABORREÇE, QUANDO A CHAMA NÃO AQUEÇE
LAMPARINA TÃO CELESTE MUITO MAIS DO QUE PARECE
E NÃO É O QUE EU TENHA DITO OU ATÉ MESMO O QUE DISSESTE
EU NÃO QUERO, MAS POR VEZES A MINHA ALMA ENTRISTEÇE

MAS EU SEMPRE ESTIVE AQUI, 'TOU CONTIGO E NÃO VIESTE,
TU FALASTE EU NÃO OUVI MAS TU MESMA É QUE DISSESTE

ESQUECE...

OH I, I JUST DIED IN YOUR ARMS TONIGHT
IT MUST HAVE BEEN SOMETHING YOU SAID
I JUST DIED IN YOUR ARMS TONIGHT

ANOS QUE PASSARAM E EU NÃO VOU QUERER PARAR
DESDE AQUELE PRIMEIRO BEIJO LÁ NA DISCO A TCHILAR
NUNCA IA IMAGINAR, WHISKY COLA E DANÇARMOS
ENROLADOS UM NO OUTRO, TAVA A MAGIA NO AR

TENHO BEM PRESENTE AQUELA IMAGEM NA MEMÓRIA
ACREDITA, NÃO PENSEI QUE DARIA A NOSSA HISTÓRIA
SEJA ESTE O TEU, E TAMBÉM O MEU CAMINHO
SE ESCOLHESSE UMA PALAVRA BEM PODIA SER DESTINO

SOMOS YIN, SOMOS YANG NOSSA AURA É TÃO GIGANTE
NÃO É FÁCIL MAS POSSÍVEL MANTER ALGO E SER MARCANTE
MUITOS QUEBRAM A PENSAR QUE É SÓ FOGO DE ARTIFÍCIO
MAS PRA TER O FOGO ACESO É NECESSÁRIO SACRIFÍCIO

TANTA COISA QUE FIZEMOS CONSTRUÍMOS E DISSÉMOS
JUNTOS À VOLTA DO MUNDO, JÁ LÁ FOMOS E VIÉMOS
DESATINOS MAUS MOMENTOS TAMBÉM ISSO É NORMAL
MAS NÓS TEMOS O SEGREDO PRA MANTER O RITUAL

TATUAMOS BEM NO CORPO A NOSSA MARCA DE UNIÃO
CONSTRUIR UM MUNDO NOVO ERA É PRINCIPAL MISSÃO
FOI A META QUE TRAÇÁMOS E NÃO VAI FICAR EM VÃO
VOCAÇÃO, COMPREESÃO, AMOR ETERNO SEM TRAVÃO

SOMOS FORÇAS QUE SE ENCONTRAM A TODO E QUALQUER MOMENTO
FUNDAMENTAIS OPOSTOS, EQUILÍBRIO E COMPLEMENTO
ESTAMOS JUNTOS COMO SEMPRE A VIVER O NOSSO TEMPO
SOMOS UM, SOMOS UNO, SOMOS BRISA E SOMOS VENTO

MOMENTOS BEM PASSADOS, PARAÍSOS ENCONTRADOS
O ENCANTO ERA A ESTADIA E O TRAJE DE APAIXONADOS
NEM POR NADA TE PERDIA E ERA TUDO O QUE EU QUERIA
NUNCA 'TARMOS SEPARADOS DESDE AQUELE PRIMEIRO DIA

EU SUPORTO O TEU SUPORTE ATÉ POR DENTRO FICAR OCO
MIL CASTELOS LEVANTADOS UM A UM ATRÁS DO OUTRO
CADA VEZ QUE TOMBA UM DO ANTERIOR SOBROU UM POUCO
É MESMO ASSIM EU SEI, SEI QUE VALE A PENA O ESFORÇO

EU SEI QUE TE ABORREÇE, QUANDO A CHAMA NÃO AQUEÇE
EU NÃO QUERO, MAS POR VEZES A MINHA ALMA ENTRISTEÇE
MAS EU SEMPRE ESTIVE AQUI, 'TOU CONTIGO E NÃO VIESTE,
TU FALASTE EU NÃO OUVI MAS TU MESMA É QUE DISSESTE

ESQUECE...

OH I, I JUST DIED IN YOUR ARMS TONIGHT
IT MUST HAVE BEEN SOMETHING YOU SAID
I JUST DIED IN YOUR ARMS TONIGHT



publicado por olhar para o mundo às 17:57 | link do post | comentar

José Mário Branco recebe Prémio Tenco em outubro

O cantor, compositor e poeta José Mário Branco, de 72 anos, recebe em outubro, o Prémio Tenco 2014, atribuído pelo Clube Tenco, que procura homenagear a memória do cantor Luigi Tenco, que morreu em 1968.

”Esta distinção pretende destacar a carreira do cantautor português e a contribuição que a sua obra e ativismo tiveram no desenvolvimento das artes e da sociedade”, afirma em comunicado a promotora de José Mário Branco.

O músico recebe o prémio no próximo dia 2 de outubro, em San Remo, em Itália, e participará no espetáculo musical que se realiza no Teatro Del Casinò, e que contará ainda com a participação da cantora grega Maria Farantouri, do coletivo checo Plastic People Of Universe e do índio norte-americano John Trudell.

O Prémio Tenco existe desde 1974 e já foi entregue, em edições anteriores, aos portugueses Sérgio Godinho, em 1995, e Dulce Pontes, em 2004.

Leo Ferré, Vinicius de Moraes, Jacques Brel, Leonard Cohen, Sílvio Rodriguez, Tom Waits, Caetano Veloso e John Cale, são alguns dos nomes já distinguidos com este galardão.

José Mário Branco gravou o seu primeiro disco, "Seis Cantigas de Amigo", em 1967. A sua discografia inclui, entre outros trabalhos, "Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades" (1971), "A Cantiga é uma Arma" (1976), "Ser Solidário" (1982), "A Noite" (1985), "Correspondências" (1990) e "Canções Escolhidas" (1999).

José Mário Branco tem trabalhado com outros músicos e compositores, nomeadamente Amélia Muge, Gaiteiros de Lisboa, Camané, Rui Júnior e José Peixoto.

No álbum duplo "Maio Maduro Maio", gravado ao vivo e editado em 1995, surgiu ao lado de João Afonso e Amélia Muge a cantar temas de José Afonso. Dos seus concertos, há seis anos, no Centro Cultural de Belém, Teatro da Trindade, Coliseu do Porto e Teatro Académico Gil Vicenet surgiu o registo "José Mário Branco ao Vivo em 1997".

José Mário Branco apresentou-se, há muito tempo, como "português, pequeno burguês de origem, filho de professores primários, artista de variedades, compositor popular, aprendiz de feiticeiro".

Numa entrevista à Lusa afirmou-se como um “apaixonado por um ativismo intervencionista”.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:41 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

JÁ FAZIA IDEIA MAS EU NUNCA IMAGINEI
SER POSSÍVEL AMAR ASSIM COMO NUNCA AMEI NINGUÉM
TER POR PERTO UMA PRINCESA QUE EU PRA JÁ SEMPRE SEREI
O PRÍNCIPE ENCANTADO, AMOR ETERNO, SEREI REI

SOMOS FEITOS UM DO OUTRO A TUA AURA É COMO A MINHA
NOSSA PELE É COMO TECIDO TIPO PEDAÇO DE SEDA FINA
TRANSPARENTE COMO A ÁGUA CINTILANTE E CRISTALINA
É BRILHO DOS TEUS OLHOS TÃO BRILHANTE E PURPORINA

E ACREDITA NO QUE DIGO PORQUE SIM TU ÉS A TAL
NOSSO MUNDO É FANTASIA MAS O MUNDO É BEM REAL
SÃO MOMENTOS TRANSFORMADOS EM DIAS DE CARNAVAL
E APRENDEMOS UM COM O OUTRO QUE CADA DIA É O IDEAL

CONSTRUÍMOS, DESENHAMOS BRINCADEIRAS NO PAPEL
COMPANHEIRA DOS MEUS SONHOS BEM PINTADOS A PINCEL
TEU SORRISO É A TUA ALMA E COMO O PÓLEN 'TÁ PRO O MEL
NOSSO AMOR É PRECIOSO COMO A HISTÓRIA DO ANEL

EU NUNCA TIVE MUITO MAS A TI NÃO VAI FALTAR
TUDO AQUILO QUE EU TE DOU NUNCA VAI NINGUÉM TIRAR
NÃO ENQUANTO EU ESTOU AQUI, POIS ENQUANTO AQUI ESTIVER
SERÁS SEMPRE A MINHA LUZ, PROTETORA E FIEL

PROTETORA E FIEL, PROTETORA E FIEL...

ESCUTA...

OLHOS QUE NÃO FALAM LOGO O CORAÇÃO NÃO OUVE
E OS MEUS OLHOS NÃO SE CALAM MINHA VIDA, MINHA LOVE

DESDE O DIA EM QUE NASCESTE NÃO PAREI DE OLHAR POR TI
SENTIMENTO APURADO DESDE O DIA EM QUE TE VI, SIM
ESPERO ACOMPANHAR-TE SEMPRE QUE DER PRA ESTAR AQUI
MESMO QUANDO A NOITE CAI, APROVEITO O QUE VIVI

TEMOS SEMPRE AQUELES MOMENTOS EM QUE O FÔLEGO VEM E VAI
MAS MAGIA É O QUE TU FAZES SEMPRE QUE ME CHAMAS PAI

SEMPRE QUE ME CHAMAS PAI...

MAS TU BEM SABES PAI, QUE EU PRA TI SEMPRE SEREI
UM SONHO DE CRIANÇA, O MAIS LINDO QUE SONHEI
VOU-TE DAR ALGUM TRABALHO MAS É MESMO ASSIM EU SEI
SEI QUE VAI VALER A PENA, TANTO SONO QUE TIREI

PAI TU DÁS-ME A LIBERDADE MAS SEM TI SINTO SAUDADE
EU NÃO QUERO SÓ UM MIMO, QUERO UM MIMO DE VERDADE
COMO SÓ TU SABES DAR, AMOR CARINHO E AMIZADE
ANDA LÁ BRINCAR COMIGO ANTES QUE SE FAÇA TARDE

NOSSO ELO VAI FICAR PARA ALÉM DA ETERNIDADE
E NO ESPAÇO PAIRARÁ ETERNA NUVEM DE SAUDADE
PORQUE O NOSSO MUNDO FILHA, É TÃO PURO E TÃO VERDADE
COMO SÓ QUEM SABE DISSO SOMOS NÓS EM IGUALDADE

GOSTARIA DE INVENTAR NOVA MÁQUINA DO TEMPO
PARA SEMPRE VIAJAR E VOAR ATRÁS DO VENTO
RECORDAR AQUELES TEMPOS QUE VIRARAM MONUMENTO
SÃO MEMÓRIAS DE UMA VIDA D'OUTRA VIDA EM CRESCIMENTO

TANTAS VEZES QUE SONHEI COM O TEU PRIMEIRO DESENHO
E CADA VEZ QUE RIS PRA MIM VOU ATÉ AO CÉU E VENHO
VEJO TANTA COISA EM TI, TANTA COISA COMO EU TENHO
COMO O TEU PRIMEIRO PASSO, DESDE CEDO O TEU EMPENHO

ENSINAR-TE E EDUCAR-TE ESTAR CONTIGO EM TODA A PARTE
E APRENDER COM UMA CRIANÇA PARA MIM NUNCA FOI TARDE
PORQUE DAR E RECEBER SEM COBRAR É UMA ARTE
NOSSOS LAÇOS SÃO ASSIM E SÓ DESEJO QUE NUNCA ACABE

MAS TU BEM SABES I, QUE EU PRA TI SEMPRE SEREI
SEREI COMO EU SEMPRE FUI MAS MUITO MAIS DO QUE PENSEI
VAIS-ME DAR ALGUM TRABALHO MAS É MESMO ASSIM EU SEI
SEI QUE VAI VALER A PENA, TUDO AQUILO QUE PASSEI

PAI TU DÁS-ME A LIBERDADE MAS SEM TI SINTO SAUDADE
EU NÃO QUERO SÓ UM MIMO, QUERO UM MIMO DE VERDADE
COMO SÓ TU SABES DAR, AMOR CARINHO E AMIZADE
ANDA LÁ BRINCAR COMIGO ANTES QUE SE FAÇA TARDE



publicado por olhar para o mundo às 08:54 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Domingo, 28 de Setembro de 2014

Red Rose Motel

 

Red Rose Motel é uma banda com influências rock, indie, funk e blues formada em 2009.

 

Célia Ramos, Francisco de Macedo, João Loureiro e Rui Malvarez, compõem a formação que nasceu para criar de forma colaborativa, absorvendo um pouco de cada um.

 

As letras contam histórias em inglês e português, e os ritmos mais melancólicos coabitam no repertório com melodias vivas, porque a identidade do seu trabalho não se encerra num só estilo.

 

Depois de vários anos de concertos e crescimento enquanto grupo, os Red Rose Motel lançam em 2014 o seu primeiro álbum homónimo nas plataformas digitais. São 11 temas originais que expressam a sua dedicação à música, a criatividade na composição e, sobretudo, a vontade de partilhar esta arte única. 

 

“Here We Stand” é o single de apresentação.



publicado por olhar para o mundo às 21:33 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:51 | link do post | comentar

 

Letra

 

Seguiu no seu caminho dourado
Escolheu a ilusão
Não percebeu que era arriscado
Viver na escuridão do dia

Tapou os olhos para não escolher
O que o destino desejava
Escondeu com folhos para não ver
O que a luz denunciava

E assim viveu na mentira
Com o futuro embargado
Presa ao presente que delira
Com a febre do passado

Escondida numa rocha invisível
Aos olhos da crueldade
Meio perdida na certeza
Da imutável realidade

Acomodou-se à vil rotina
De não ser para não sofrer
Ficou tapada pela cortina
Do dever e do parecer

Pensou não ser capaz
Ficou a olhar para trás
Não soube ser audaz à luz do dia

Esperou até que a sorte
Lhe indicasse o Norte
E o tão esperado corte nunca aconteceu...



publicado por olhar para o mundo às 08:40 | link do post | comentar

Sábado, 27 de Setembro de 2014

Novo disco: Vatsun - Igual EP

 

Novo: Vatsun - Igual EP

Está agora disponível para download no Bandcamp.

"Tem moogs, violinos, e caixas de ritmos.
Fala das pessoas que respondem a telefonemas.
Fala das pessoas que não respondem a telefonemas.
Assume-se igual a tudo o resto."

Autor: Vatsun

Disco: Igual EP (14 min)

1. Igual (3:31)
2. Voltas (4:03)
3. A Mal ou a Bem (3:33)
4. Ginga (2:59)

Download (Bandcamp)
Uma edição da Grado

 



publicado por olhar para o mundo às 21:44 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Como um porto de abrigo
Oásis em pleno deserto
Como um abraço amigo
É tão bom ter-te por perto

Como quem escreve um diário
Ou me sussurra ao ouvido
Como num gesto solidário
É tão bom ter-te comigo

Eu não sei como te dizer
Nem sequer como o demonstrar
Mas sei que nunca vou esquecer
O quanto eu gosto de aqui estar

O bom que é aqui chegar
O privilégio de sentir
Que também há neste lugar
Um pouco do meu existir



publicado por olhar para o mundo às 17:37 | link do post | comentar

CHERRY  CHERRY ANUNCIA DATA E CAPA DE

 

CHERRY

CHERRY ANUNCIA DATA E CAPA DE "LONDON EXPRESS"

O álbum de estreia de Cherry já tem data marcada: "London Express" vai chegar às lojas e às plataformas digitais a 13 de Outubro, editado pela mão da Universal Music Portugal, em parceria com a Blim Records.
 
A apaixonante voz revelação nasceu em Lisboa, mas vive e trabalha actualmente em Londres. O disco é uma colecção de 11 canções, 11 histórias sobre mulheres (reais e do nosso imaginário), contadas e cantadas numa pop melódica, composta de momentos alegres e melancólicos, abertos a interpretações.
 
O primeiro cartão de visita do disco, "Five Knives", já tem vídeo, faz parte da banda sonora da novela O Beijo do Escorpião (TVI) e entrou em airplay em diversas rádios nacionais.


publicado por olhar para o mundo às 12:01 | link do post | comentar

 

 

letra

 

High speed love 

High speed, high speed, 
high speed love. 

High speed love, 
high speed love 
is dead, 
is on my TV screen. 
I think I'll stay in bed 
so I don't have to see. 

High speed, high speed, 
high speed love. 

High speed love, 
high speed love, 
is strange, 
there are limits to being weird 
and limits for feeling sick. 
We don't even know what to do, 
the border is way behind 
and the police are after you. 

High speed love, 
high speed love. 
(I'm on high speed love, 
is this love at all? 
I'm on high speed love 
and I just don't want to go home)

credits

from The Imaginary Life of Rosemary and Me, released 21 April 2012 
Guitars, Farfisa organ, Hohner Clavinet, synthesizers, percussions and vocals by Walter Benjamin. 
Drums by João Correia. 
Bass by Nuno Lucas. 
More vocals by Márcia.



publicado por olhar para o mundo às 08:39 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

ROGÉRIO CHARRAZ | “ESPELHO” À VENDA 01 DE OUTUBRO

 

ROGÉRIO CHARRAZ | “ESPELHO” À VENDA 01 DE OUTUBRO

 

 

Espelho” é o título do segundo disco de Rogério Charraz, que explica assim a escolha:

 

“Quando olho para este disco, revejo-me na imagem sonora que ele reflete. As melodias, a harmonia, as palavras, os arranjos, tudo isto sou eu em forma de canções. Este é o meu espelho, espero que se revejam também nas emoções que nele partilho.”

 

O sucessor de “A Chave” confirma a maturidade e a versatilidade de um compositor que

aborda com o mesmo à vontade o amor ou a crítica social, e que explora vários ambientes musicais.

 

Do folk ao rock, da morna ao reggae, são muitas as cores que transparecem da música de Rogério Charraz, e que estão também refletidas nos convidados deste disco: a luso-brasileira Luanda Cozetti, o rapper Sensi, o cabo-verdiano Dany Silva e o cantautorMiguel Calhaz.

 

Porto de Abrigo” é o tema que antecipa o lançamento do disco, sendo que já há alguns meses roda nas rádios o tema “A febre do passado”, que fará parte da banda sonora da nova temporada da novela RTP “Os nossos dias”.

 

A apresentação ao vivo das canções de “Espelho” vai passar por palcos como o Centro

Cultural Olga Cadaval (Sintra), Casino da Figueira da Foz, Teatro Garcia de Resende (Évora), Coimbra e Cantanhede, tendo arrancado no prestigiado palco da Festa do Avante.

 

 

AGENDA:

03 Outubro | Cantanhede | Auditório São Pedro | 21h30 | 10 Euros 

25 Outubro | Centro Cultural Olga Cadaval | 21h30 | 10 Euros

01 Novembro | Casino Figueira | 22h00 | 10 Euros

22 Novembro |Coimbra |  Conservatório de Música de Coimbra |22h00 | 10 Euros

27 Novembro |  Évora | Teatro Garcia Resende | 22h00 | 10 Euros



publicado por olhar para o mundo às 20:55 | link do post | comentar

  

Letra

 

QUADRO

Se eu disser que não vou deixar, 
não posso negar as minhas origens,
estão tatuadas, pintadas a pastel, 
São um quadro na minha pele.

Se eu puder, souber evitar, 
nunca há-de chegar esse dia.
Não há nada capaz de apagar 
este quadro na minha pele,
 
É o meu papel, tenho um quadro na minha pele. 
 
Como vai ser, o que irá acontecer, quando eu morrer?
Nesse imenso adeus será que vou esquecer a dádiva dos céus?

Este quadro na minha pele, é o meu papel,
tenho um quadro na minha pele, é o meu papel, 
 
e não há nada, não há mais nada!


publicado por olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar

Mês da Música

 

Mês da Música | A Cidade e a Música           

 

O Concelho do Barreiro recebe, em outubro, o Mês da Música 2014, um projeto desenvolvido pela Câmara Municipal do Barreiro que envolve uma grande participação dos agentes culturais locais ligados à música, bem como das freguesias e associações do Concelho. Na abertura do Mês da Música, a 1 de outubro, Dia Mundial da Música, o Barreiro recebe, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, pelas 21h30, um concerto interpretado por um dos nomes mais prometedores do panorama musical português: MÁRCIA.

 

Durante este mês duas associações de referência na área da música têm uma grande atividade. A associação Out.ra organiza a 11ª edição do Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro | Out.Fest e a associação Hey Pachuco apresenta, no Forum Barreiro, o seu espaço Music Room onde decorrerão alguns showcases, entre muitas outras atividades.

 

Indo do mais clássico ao mais experimental, o Mês da Música contará, na sua programação, com um concerto lírico e dois concertos de órgão na Igreja de Nossa Senhora do Rosário e duas intervenções artísticas originas com a performance de Mick Mengucci e Francisco X Medeiros e CIV – VIB, uma escultura sonora do músico Simão Costa, com o selo Artemrede.

 

Neste ciclo, serão apresentados ateliês de música dirigidos à comunidade educativa, espetáculos para público infantil, adulto e familiar, quer no Auditório Municipal Augusto Cabrita quer noutros espaços, descentralizando-se assim as atividades pelo Concelho. Destacam-se as Oficinas de Música dedicadas à obra O Pedro e o Lobo nas escolas, o AteliêHá música na Floresta e o Workshop de Percussão.

 

São ainda assinalados os 40 anos do 25 de Abril com dois espetáculos no Auditório Municipal Augusto Cabrita, um Concerto de Homenagem aos militares de Abril, com a Banda Municipal do Barreiro e o Coral TAB, e um concerto dedicado a Adriano Correia de Oliveira.



publicado por olhar para o mundo às 12:28 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:58 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

Rita Red Shoes

 

RITA REDSHOES

LIFE IS A SECOND OF LOVE

SESSÃO EXTRA – CASA DA MÚSICA | 22H45

A adesão que a apresentação de "Life Is A Second Of Love" na Casa da Música tem despertado no público nortenho obriga Rita Redshoes à realização de uma sessão extra. Assim, para além da sessão já esgotada das 21H00, existirá uma suplementar a iniciar-se às 22H45 do dia 27 de Setembro.

As apresentações no Porto ocorrem depois da inesquecível apresentação realizada no sábado passado no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa. Um concerto que rendeu todos os presentes às canções de Rita Redshoes, das mais recentes até às que marcaram a sua discografia de três álbuns.

Os bilhetes para a sessão extra estão disponíveis nos locais habituais

27 SETEMBRO | CASA DA MÚSICA
21h00 – Sessão esgotada
22h45 – Nova sessão 

 



publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:52 | link do post | comentar

Jameson Urban Routes 2014 já tem cartaz completo

A edição 2014 do festival Jameson Urban Routes já tem o cartaz fechado.

Enceram a programação do certame, que regressa ao Musicbox, em Lisboa, nos dias 22, 23, 24, 25, 31 de outubro e 1 de novembro, Lower, Jonathan Toubin, Maurice Fulton, Keep Razors Sharp, The Glockenwise, Anthony Naples e Nidia Minaj.

Estes nomes juntam-se aos anteriormente anunciados Cachupa Psicadélica, Beautify Junkyards, Sequin, Rastronaut, King Kong, Memória de Peixe, Celebrations, Future Islands, Discotexas DJ’s, Fujiya & Miyagi, Glass Animals, Jorge Calado, Medeiros / Lucas, Tim Hecker, Moonface, Voxels, Sonja, Strand of Oaks, De Los Miedos, Mû, Shabazz Palaces e Black.

O primeiro dia de Jameson Urban Routes será dedicado – recorde-se - ao showcasing de artistas nacionais. O dia, de acesso livre, irá promover o encontro entre um conjunto de agentes internacionais e alguns projetos representativos da nova música nacional. Sequin, Cachupa Psicadélica e Beautify Junkyards são os nomes convidados. Na vertente clubbing, os projetos escolhidos são Rastronaut e King Kong. Do lado dos agentes já estão confirmadas as presenças de Bob Van Heur, fundador do festival Le Guess Who, e Bas Flesseman, fundador da agência Belmont Bookings. A imprensa internacional estará representada por Ross Belfer (Cool Hunter e Gear Patrol) e Maxime de Abreu (Les Inrockuptibles).

Os bilhetes diários para o evento encontram-se à venda na bilheteira online por €12. Os passes gerais para o festival, assim como os bilhetes para 23 de outubro, já se encontram esgotados.

Consulte a programação completa do festival:

22 DE OUTUBRO (ENTRADA LIVRE)
22H45 . CACHUPA PSICADÉLICA | LIVE
23H30 . BEAUTIFY JUNKYARDS  | LIVE
00H15 . SEQUIN | LIVE
01H00 . RASTRONAUT | CLUBBING
03H30 . KING KONG | CLUBBING

23 DE OUTUBRO (ESGOTADO)
22H00 . MEMÓRIA DE PEIXE | LIVE
23H00 . CELEBRATIONS | LIVE
23H30 . FUTURE ISLANDS | LIVE
00H30 . DISCOTEXAS DJ’S  | CLUBBING

24 DE OUTUBRO
23H30. KEEP RAZORS SHARP | LIVE
00H30 . FUJIYA & MIYAGI | LIVE
01H30 . GLASS ANIMALS | LIVE
02H30 . MAURICE FULTON | CLUBBING
04H30 . JORGE CAIADO | CLUBBING

25 DE OUTUBRO
23H30 . MEDEIROS / LUCAS | LIVE
00H30 . TIM HECKER | LIVE
01H30 . MOONFACE (PIANO SOLO) | LIVE
02H30 . VOXELS LIVE | CLUBBING
04H00 . SONJA | CLUBBING

31 DE OUTUBRO
23H30 . THE GLOCKENWISE | LIVE
00H30 . LOWER | LIVE
02H00 . STRAND OF OAKS | LIVE
03H00 . JONATHAN TOUBIN | CLUBBING
04H30 . DE LOS MIEDOS | CLUBBING

1 DE NOVEMBRO
23H30 . MÛ | LIVE
00H30 . SHABAZZ PALACES | LIVE
01H30 . NIDIA MINAJ | CLUBBING
03H00 . ANTHONY NAPLES | CLUBBING
04H30 . BLACK | CLUBBING

 

Retirado de Palco Principal



publicado por olhar para o mundo às 12:06 | link do post | comentar



publicado por olhar para o mundo às 08:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014
Letra
FERNANDO
Original: Bailando (Enrique Iglesias)

Eu suspiro quando vejo hoje a selecção
Contra a Albânia até fiquei mal do meu coração
(Quase teve un badagayo en el corazon)
E o mister Paulo Bento lá se foi
Porque basicamente não jogamos um boi.
(E quem chegou?)

Fernando!
Fernando!
Senhor Engenheiro
Que é tipo porreiro
E tem boas maneiras
Fernando!
Fernando!
É preciso mudança
Na auto-route pra França
Senão ficamos por Aveiras.

No Brasil foi um horror
Mandaram culpa pró doutor
E também foi do calor
Valha me nosso Senhor
Ja não dava mais! (Ya no dava mas)
Ja não dava mais! (Ya no dava mas)
Chega alguém com qualidade
Tem a sua identidade
Compra minis numa grade
E encaremos a verdade
Não havia mais! (No habia mas)
Não havia mais! (No habia mas)

Contamos contigo!
Fernando amigo!
Não estás no banco
Estás de castigo!
Qué-que saiu dessa boca?
Sua boca louca!

Contamos contigo!
Fernando amigo!
E dava jeito
Que ainda jogasse o Figo
Boa sorte, Fanã!
Está tão feliz o Adrien!

Ohhhhhhhhhhhh!
Ohhhhhhhhhhhh!

É assim que o tempo da tranquilidade acaba
O novo mister tem nome de canção dos ABBA. (Un beso para ti Agneta)
E podia ser uma coisa ainda mais catita
Mas não ha um treinador chamado Chiquitita.

Fernando!
Fernando!
Senhor Engenheiro
Que é tipo porreiro
E tem boas maneiras
Fernando!
Fernando!
É preciso mudança
Na auto-route pra França
Senão ficamos por Aveiras.

No Brasil queriam a taça
Mas o que houve foi desgraça
Tudo a cair, sem raça
Parecia efeito da cachaça
Não podiam mais!
Não podiam mais!
Para que haja resultados
Têm que estar concentrados
E coloquem halibut
Se se sentirem assados
Não ponham demais!
Não ponham demais!

Contamos contigo!
Fernando amigo!
Não estás no banco
Estás de castigo!
Qué-que saiu dessa boca?
Sua boca louca?

Contamos contigo!
Fernando amigo!
E dava jeito
Que ainda jogasse o Figo
Nada fica na mesma
Ta tão feliz o Quaresma!

Ohhhhhhhhhhhh!
Ohhhhhhhhhhhh!

O Fanã chegou!
O Fanã chegou!


publicado por olhar para o mundo às 23:07 | link do post | comentar

SAB 27 SET 21H30 Miguel Araújo – “Crónicas da Cidade Grande”  Mario Costa bateria Pedro Santos baixo Pedro Romualdo guitarra Diogo Santos teclas Miguel Araújo voz/guitarra Paulo Gravato barítono Paulo Perfeito trombone João Martins sax alto Rui Pedro Silva trompete Bruno Ribeiro vibrafone [MUSICA] 10€ / 8€ (Cartão Amigo e Cartão Sénior) / 5€ (Jovens <30)

 

Casa cheia para receber Miguel Araújo no seu regresso ao Cine-Teatro de Estarreja. O concerto é este sábado, 27 de setembro, às 21h30, e conta com as histórias e personagens do segundo álbum a solo do músico e compositor: “Crónicas da Cidade Grande”.

 

Apontado como um dos mais completos músicos portugueses da nova geração, Miguel Araújo volta a entrar no Cine-Teatro de Estarreja (CTE) perante uma plateia de centenas de espetadores. “Balada Astral”, com Inês Viterbo, single deste último trabalho do contador de histórias portuense, pertence ao alinhamento, bem como “Dona Laura” e muitas outras canções que se juntam a êxitos anteriores, responsáveis por colocar Miguel Araújo numa promissora carreira a solo: “Os Maridos das Outras”, “Fizz Limão”, “Capitão Fantástico”.

Multifacetado, o jovem artista sugere para Estarreja um descontraído concerto de proximidade, não fosse ele músico de palavras irónicas e informais. São “Crónicas da Cidade Grande” transversais ao meio urbano ou rural, compostas por palavras e imagens onde todos cabem. Miguel Araújo é o presente perfeito para o encerramento da edição de 2014 do FESTARREJA - Festa das Artes e da Juventude, que tem animado a cidade nas últimas semanas.

Os bilhetes para o concerto encontram-se à venda e podem ser adquiridos na Bilheteira do CTE, no site da Bilheteira Online, lojas Fnac, CTT e El Corte Inglés. Desconto de 50% para jovens com idade inferior a 30 anos.

 

Concerto com babysitting

 

O serviço de babysitting do Cine-Teatro de Estarreja acolhe crianças entre os 4 e os 10 anos. É gratuito e requer marcação até dois dias úteis antes do evento. O serviço não é garantido caso não existam inscrições dentro do prazo referido. Usufrua do serviço de babysitting e tire o máximo partido do espetáculo.Ficha de inscrição Babysitting

 

SAB 27 SET 21H30
Miguel Araújo – “Crónicas da Cidade Grande”

Mario Costa bateria
Pedro Santos baixo
Pedro Romualdo guitarra
Diogo Santos teclas
Miguel Araújo voz/guitarra
Paulo Gravato barítono
Paulo Perfeito trombone
João Martins sax alto
Rui Pedro Silva trompete
Bruno Ribeiro vibrafone
[MUSICA] 10€ / 8€ (Cartão Amigo e Cartão Sénior) / 5€ (Jovens <30)

 



publicado por olhar para o mundo às 19:42 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Mary 

This is our last shot 
before the glasses are filled with wine 
and your eyes are full of life. 
This is a big day, 
it was a big decision 
and a big mistake 
for me to come. 

Mary, 
won't you dance with me 
before you marry him? 
Mary, 
won't you dance with me? 

I never learned when to stop, 
and even at school 
I was too fast for you. 
Come on, 
I'm not advertising for a new mood 
- this is old stuff and you know it, 
someone's waiting on your couch. 

Mary, 
won't you dance with me 
before you marry him? 
Mary, 
won't you dance with me?

credits

from The Imaginary Life of Rosemary and Me, released 21 April 2012 
Written by Walter Benjamin. 

Farfisa organ, guitars, piano, wurlitzer, synthesizers & other keyboards and vocals by Walter Benjamin. 
Bass by Nuno Lucas. 
Drums by João Correia. 
Trombones by Nick Mills.



publicado por olhar para o mundo às 17:37 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Adorei esta versão da original de Silvio Rodriguez...
Música sempre atual
Muito obrigado pela informação, já actualizei o po...
Os créditos da Praia dos Lilases são do próprio Si...
Fico muito contente pela Carolina, há muito que me...
Amei😍💝
Muito bonita a música 😍
Essa letra me faz viajar, sonhar me encanta e a mu...
Grandas rappers
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds