Domingo, 31 de Agosto de 2014

Farol Música _Candymoon no dia 03 de Setembro na

 

"Candymoon” é o projecto sonhado e materializado por Célia Ramos, Pedro Leónidas e Alessio Vellotti. Sem obedecer a fronteiras, a música veste influências do Folk, Blues e da música pop moderna. Acompanhada pelo som maioritariamente acústico da banda, a voz passeia pelos versos com melodias entre o liricismo e o jazz, cantando historias, algumas reais, outras caricatas ou sonhadoras...
"Candymoon", é o primeiro registo da banda em formato EP digital.


Candymoon:

Voz: Célia Ramos
Guitarra: Pedro Leónidas
Piano: Alessio Vellotti

Convidados:
Contrabaixo: Sérgio Fiúza
Bateria: Diogo Leónidas
Hammond: Nelson Canoa



publicado por olhar para o mundo às 21:59 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Sujam as mãos na constituição com a tinta fresca
Discutem toda a situação numa mansão burlesca
Gastam recursos a dar discursos e emprego verbal
Dizem que é normal
Ter um mar sem sal

Projectam-se no céu e dizem-nos que foi milagre
Vão tentando adoçar-nos a boca com vinagre
E o tempo é passatempo de antena sem sinal
A crise é viral
Dizem que é normal

Que o dia de amanhã já nasça hipotecado
Por isso tem cuidado
A ratoeira espera-te no fim

O produto interno é bruto mas a mim não chega nada
Só me enchem os ouvidos com estatística burlada
Quando o estado do país se vê no móvel às moscas
Lâmpadas já foscas
Porcas já sem roscas

E eu confio o futuro a um ou outro desconhecido
Que só diz o que seria se fosse o que tinha sido
E o dia cai com a minha bolsa em fraca cotação
Empresa sem acção
Ou cláusula de rescisão

E o dia de amanhã já nasce hipotecado
Por isso tem cuidado
A ratoeira espera-te no fim
----------------------------------------­------------

Bicho do Mato:

Tó-Zé Bexiga (Uxu Kalhus, NMB), Zé Peps (Pucarinho, ZAP), Daniel Catarino (Uaninauei, O Rijo) e Daniel Meliço (Bandex, Pucarinho) misturam o tradicional com o inconveniente, o popular com o extravagante, temperado na panela do caos com espargos e instrumentos de fácil transporte que podem soar acústico ou eléctrico, no palco ou na sala de estar.

http://www.facebook.com/bichomato

Daniel Catarino - voz, guitarra acústica, bombo
Tó-Zé Bexiga - viola campaniça, escovas, orgão a pilhas
Zé Peps - guitarra acústica
Daniel Meliço - bateria, percussão

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:57 | link do post | comentar

MARIA ANA BOBONE | 10 DE OUTUBRO | CENTRO CULTURAL DE BELÉM

 

 

Compositora, pianista e intérprete de voz distinta, Maria Ana Bobone celebra no CCB uma obra de grande fôlego.

 

Com uma carreira pautada pela sensibilidade e bom gosto, vários discos editados e centenas de concertos pelo mundo fora, alcançou a sua expressão máxima no registo “Fado & Piano – 2012”, no qual é evidente uma abordagem inovadora, assente num profundo conhecimento e respeito pela tradição.

 

Com passagem obrigatória por alguns dos temas mais emblemáticos da sua carreira, ao abrigo das guitarras e do piano que (quase) sempre a acompanham, desvendará também, numa celebração dupla – passada e futura, os novos trilhos de um trajecto que a levam sempre mais longe na partilha incessante de toda a sua riqueza artística.

 

Levantar-se-á assim, o véu sobre o seu novo trabalho num concerto que marca o regresso ao Centro Cultural de Belém.

 

Convidado especial: Mikkel Solnado

Grande Auditório | 21:00h
M/6

 

 Preços :1ª Plateia 12,5 € |2ª Plateia 10 € |Laterais  7,5 € |Laterais deficientes 7,5 € |
Camarote Central 12,5 € |Camarote Lateral 10 € |Balcão Lateral 7,5 € |1º Balcão 5 € |2º Balcão3 €

 www.mariaanabobone.com | http://www.facebook.com/maria.a.bobone  |  www.kbranca.com



publicado por olhar para o mundo às 12:37 | link do post | comentar

Daniel Catarino - Violência e Fado [do EP

 

"Bens Que Vêm Por Mal" é um trabalho sofisticado na forma como engloba a música electrónica, por vezes até dançável, com um universo muito português de religião, tragédia, fado e adultério. Viajamos por histórias de carpideiras promíscuas que vendem caixões e saladeiras em cemitérios, meninas loucas que depois de orgias atiram os seus parceiros sexuais para um poço fundo, pastores que maltratam os filhos e apregoam o regresso de Salazar como um D. Sebastião para a violência doméstica e casas abandonadas que revelam diários de paranóias e jazigos de crianças.

No meio deste universo de uma lírica extremamente rica e mordaz, somos presenteados com ambientes reminiscentes de uns Nine Inch Nails ou The Knife, com algumas pitadas de psicadelismo e laivos do pop nacional dos anos 80, de onde certamente se destaca Variações como influência maior. A música portuguesa agradece este reforço." - António Melo

Daniel Catarino é um cantautor português, que para além do seu trabalho a solo é membro dos grupos Uaninauei e Bicho do Mato.


"Bens Que Vêm Por Mal" é o seu terceiro EP, e antecede a edição de "Sangue Quente Sangue Frio", o primeiro disco longa duração do artista.

"Violência e Fado é o tema de apresentação e pode ser ouvido aqui: http://youtu.be/yqY00MCfkTU

O disco está disponível para pré-reserva na página da Capote Música em http://www.capotemusica.weebly.com, e a versão digital estará disponível a 1 de Setembro em http://www.danielcatarino.bandcamp.com.

Ligações:

 

 http://www.facebook.com/capotemusica



publicado por olhar para o mundo às 10:47 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

dizia o pato para a pata adormecida
"um dia hei-de levar-te até à mata
e debicar-te essa asa ferida"
dizia apaixonado o pato psicopata

e a pata fugia com medo para longe
mas continuava a olhá-lo à socapa
ele insistia com paciência de monge
ela seguia-lhe o rasto por um mapa

e o pato amola a faca 
que a há-de matar
mas pato que afia a faca
perto da sua pata
não a quer matar

"não a consigo espetar"
grasnava o pato ao longe
de bico aberto em cascata
vida de homicida
do pato psicopata

ele que nunca sentira remorsos
nem no mais macabro dos cenários
esteve preso muitos anos na gaiola
por matar meia dúzia de canários

já nem grasnava isto com aquilo
nem flutuava nos lagos da razão
e no tronco onde enforcara um esquilo
debicou lentamente um coração

pato desorientado
pára de hesitar
e pato que ainda hesitas
junto a penas bonitas
tira-lhe o grasnar

"não a consigo espetar"
grasnava de faca em punho
e asa imóvel
frente à pata
sem tino de assassino
o pato psicopata

e a pata rouba-lhe a faca
e grasna que o amor mata
--------------------

música: Bicho do Mato
letra: Daniel Catarino
(c) 2011 Bicho do Mato

agradecimentos: Joaquim Oliveira, Mauro Freira e Vitor Bonito.
agradecimento especial ao Pavão.



publicado por olhar para o mundo às 08:56 | link do post | comentar

Sábado, 30 de Agosto de 2014

ANA MOURA  Com tema inédito incluído na banda sonora de

 

ANA MOURA

Com tema inédito incluído na banda sonora de "Os Gatos Não Têm Vertigens"

Filme de António-Pedro Vasconcelos estreia a 25 de setembro

Ana Moura foi a escolhida por António-Pedro Vasconcelos para interpretar o tema original do seu mais recente filme, "Os Gatos Não Têm Vertigens", com estreia marcada para dia 25 de setembro. Este é o primeiro inédito de Ana Moura após o lançamento do multiplatinado disco "Desfado". 

"Clandestinos do Amor", a canção, também ela, escrita pelo cineasta António-Pedro Vasconcelos dá voz a uma história de amor e amizade entre um jovem de 18 anos e uma idosa de 73. O tema pode, a partir de hoje, ser encontrada em todas as plataformas digitais, nomeadamente para download no iTunes e para escuta no MEO Music e Spotify

"Os Gatos Não Têm Vertigens" tem produção da MGN Filmes e distribuição da NOS Audiovisuais e é um dos filmes portugueses mais aguardados do ano. No seu elenco conta com as interpretações de nomes como Maria do Céu Guerra, João Jesus, Nicolau Breyner, Fernanda Serrano e Ricardo Carriço. 

Ana Moura continua a digressão de "Desfado" entre Portugal e o resto do mundo. Em Portugal, destaque para o regresso ao festival Caixa Alfama onde, dia 19 de setembro, atuará ao lado de António Zambujo. Esta será, muito provavelmente a última hipótese de a ver atuar ao vivo este ano em terras nacionais , com os regressos à Alemanha, Luxemburgo, Bélgica, Suécia, Canadá, EUA, México, Letónia e Polónia a preencher a sua agenda até ao final de 2014.

Todas as datas poderão ser consultadas aqui.


publicado por olhar para o mundo às 21:33 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:51 | link do post | comentar

 CUCA ROSETA


CUCA ROSETA

"Raiz" atinge galardão de Ouro

O segundo disco de Cuca Roseta, "Raiz", alcançou, esta semana,  o Galardão de Ouro. Em "Raiz", o álbum editado em Maio de 2013, a fadista assume-se como compositora e autora da maior parte das músicas. A seu cargo, também ficou a co-produção do disco com Mário Barreiros.

"Raiz" foi o sucessor do homónimo disco produzido por Gustavo Santaolalla, também este galardoado com o Disco de Ouro.  Em "Raiz", diz Cuca, "tentei buscar a verdade e genuinidade que o Fado exige. Encontrei em mim a vontade de escrever e de compor os meus próprios sentimentos, o meu próprio fado. Saber agora que a minha música é escutada por tantas pessoas deixa-me imensamente feliz". 

2014 foi um ano recheado de sucessos para Cuca Roseta, uma agenda repleta de concertos, tanto em terras lusas como fora de Portugal, com destaque para a sua recente digressão pelo Brasil. Um ciclo que está quase a encerrar, uma vez que a fadista começou a reunir reportório e a pensar no terceiro disco, o qual terá a produção do prestigiado compositor brasileiro Nelson Motta. Prevê-se que o sucessor de "Raiz" seja editado em 2015.


publicado por olhar para o mundo às 10:06 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 08:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

 

MUVI Lisboa’14 – Festival Internacional de Música no Cinema tem o prazer de anunciar a sua programação completa entre os dias 3 e 7 de setembro no Cinema São Jorge. Sendo a primeira edição do festival de cinema específico sobre música, conta com 36 filmes nacionais e 49 internacionais, nas várias secções quer competitivas ou não-competitivas, showcases, djset's, sessões especiais, etc.


alinhamento competitivo do MUVI Lisboa engloba dois palcos principais, o Palco Nacional e o Palco Internacional, aos quais sobem os grandes intérpretes nas secções: Odisseias Musicais (competição de longas-metragens), Sonetos Cantados (competição de curtas-metragens) e Canções Com Gente Dentro(competição de vídeos musicais). Nestes dois palcos, os filmes foram realizados entre os anos 2013 e 2014. 

Contamos com seis longas na competição Odisseias Musicais + Palco Nacional:
- “A Sétima Vida de Gualdino”, de Filipe Araújo sobre Gualdino Barros, baterista “lenda do jazz” que lançou jovens inexperientes como Jorge Palma, Bernardo Sassetti ou Dany Silva e tocou com Nina Simone;
“Stop Don’t Stop”, de Ana Branco, focado na responsabilidade do antigo Centro Comercial Stop no Porto como incubadora de músicos nos seus variados géneros musicais;
- "Mudar de Vida" de Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro sobre José Mário Branco, gravado ao longo de sete anos;
- “A 15 ª Rebelião dos Guerreiros de Aço” de Priscilla Fontoura e André Vieira, que regista a celebração do 15º aniversário do festival SWR Barroselas Metalfest com WAKO, Face of a Virus, Aphyxion, Simbiose, Gorod, Purgatory, Artillery, Immortal, EAK, Juficer ou Holocausto Canibal
- "True" de Paulo Segadães, filmado entre Janeiro e Setembro de 2013, mostra o processo de gravação do mais recente disco de Legendary Tigerman;
- "The Alchemy Of Spirit" de Paulo Prazeres sobre a edição do Festival Boom 2012

Contamos com 10 longas na competição Odisseias Musicais + Palco Internacional:
- “No Room For Rockstars” de Parris Patton com histórias verdadeiras da era moderna do rock, de miúdos à espera de serem descobertos ao veterano cuja vida foi salva pela digressão, passando pelo músico que se torna mais conhecido e bem sucedido enquanto está na ‘estrada’;
- “Leave The World Behind” de Christian Larson sobre a última tour dos Swedish House Mafia, que teve a sua separação oficial a 24 de março de 2013;
- “Our Vinyl Weighs a Ton (This Is Stones Throw Records)” de Jeff Broadway com estreia em Portugal na sessão de abertura do Muvi Lisboa’14, sobre a história da editora discográfica Stone Throw Records com Kanye West, Snoop Dogg, A-Trak, Mayer Hawthorne, entre outros;
- “Deep City” de Dennis Scholl, Marlon Johnson e Chad Tingle sobre o impacto da Deep City Records na evolução da música soul e funk no sul da Flórida nos anos 60;
- “Good Ol' Freda” de Ryan White sobre Freda Kelly e os seus 11 anos ao serviço da banda The Beatles como fiel secretária;
- "Marina", biopic de Stijn Coninx sobre o músico italiano Rocco Granata que ficou conhecido mundialmente pelo tema ‘Marina’ em 1959;
- "The Winding Stream", documentário histórico de Beth Harrington, que retrata as raízes da dinastia musical americana do country e folk composta pelos Carters e os Cashes, do Johnny Cash;
- "Que Caramba es la Vida" de Doris Dörrie sobre o mundo machista ‘Mariachi’ no México onde poucas mulheres conseguem entrar;
- "The Labèque Way" de Félix Cábez sobre duas grandes pianistas, Katia e Marielle Labèque;
- "Castle Crash" de Arsen Oremovic, retrata como Matej Meštrović, pianista e compositor, e a Orquestra de Percussão SUDAR captaram sons para a composição do disco no Castelo de Sv. Križ Začretje, na Croácia

Contamos com cinco curtas na competição Sonetos Cantados + Palco Nacional:
- “Música à Moda do Porto” de Raquel Lemos, explora a música e o Porto com entrevistas de Ana Matos aka Capicua, Isabel Dantas da Chave do Som, José Mário Branco e Pedro Cardoso de Peixe, Ornatos Violeta, Zelig e Pluto;
- “Voluta” de Mariana Belo sobre a dedicação de Carlota, uma estudante de contrabaixo da Academia de Música de Santa Cecília;
- “Frankie Chavez - Ao Vivo na Mimosa da Lapa” de Filipe Santos sobre o músico e o panorama musical em Portugal;
- "Crooner Vieira - A Potência da voz e o romantismo não têm nada a ver com a idade" de Catarina Neves sobre o músico, último cantor romântico da cidade do Barreiro, que nos anos 40 e 50 foi vocalista da Orquestra Ritmo e da Orquestra de José da Silva;
- “Oblivion”, ficção de Paulo Segadães com a participação de Paulo Furtado (Legendary Tigerman).

Contamos com três curtas na competição Sonetos Cantados + Palco Internacional:
- “Too Old To Be New, Too New To Be Classic: 12 Years of DFA” de Max Joseph e produzida pela Red Bull Music Academy sobre os 12 anos da icónica DFA Records com LCD Soundsystem, The Rapture, Yacht, The Juan Maclean, Holy Ghost!, Shit Robot, entre outros;
- “Shape” realizada pelo Johnny Kelly sobre a junção do design à música;
- "Are You Ok?" de Brewer, é um thriller psicológico feito para o lançamento do novo disco “Too True” da banda Dum Dum Girls, durante uma sessão de hipnose.

Contamos com 19 vídeos musicais nas Canções Com Gente Dentro + Palco Nacional em ficção:
- “Cara” (Gareth Dickson), André Marques
- “Far From Everything” (White Haus), Vasco Mendes
- “O Homem Que Dança” (Guta Naki), Joana Areal
- “Sem Ponta Por Onde Se Pegue” (PZ), Alexandre Azinheira
- “Eles Deram As Mãos” (TV Rural), Chris Agnese e Gil Chagas
- “This Is Maybe The Place Where Trains Are Going To Sleep At Night" (Noiserv), We Are Plastic Too
- “After December” (You Can’t Win Charlie Brown), We Are Plastic Too
- “Zenith” (La Flag), Marcelo Engenheiro
- “Neve” (NBC), Sérgio Santos
- “We Came In Peace” (Nuno & The End), João Costa
- “Night Drive” (Quest), Eduardo Brito
- “3 And A Half Pellets” (The Big Church of Fire), Luís Melim Pereira
- “Barba” (Pernas de Alicate), Sara Feio e Dickon Knowles
- “Shoes For The Man With No Feet” (First Breath After Coma), Eduardo Brito
- “Belong” (Les Crazy Coconuts), Diana Antunes
- “Poeta Falhado” (Expeão), Paulo Pinto
- “Pobre e Rico” (Batida), Pedro Coquenão
- “No Meu Relógio São Horas De Matar” (Mão Morta), Rodrigo Areias
- “Little Secret” (Stereoboy & Emmy Curl), Mário Costa

Contamos com 19 vídeos musicais nas Canções Com Gente Dentro + Palco Internacional em ficção:
- “Sine” (Bites), Maria-Ines Manchego
- “Retrograde” (James Blake), Martin de Thurah
- “Sequenz” (Neosignal), Benjamin Mege & Charles Klipfel
- “Au” (Kaja Gunnufsen), Kenneth Karlstad
- “El Aguante” (Calle 13), Kacho López
- “Lazaretto” (Jack White), Jonas & Francois
- “Digital Witness” (St. Vincent), Chino Moya
- “Hourglass” (Rodrigo Amarante), Rodrigo Amarante
- “Busy Earnin” (Jungle), Oliver Hadlee Pearch
- “Fuckers (Savages), Giorgio Testi
- “Who Lived Here” (Hauschka), UNICEF
- “The Second Summer Of Love (Pink Mountaintops), Brook Linder
- “Halo Getters” (Hiss Tracts), Karl Lemieux
- “Singing Man” (Magnus feat. Thomas Smith), Sander van de Pavert
- “Crime” (Real Estate), Tom Scharpling
- “Frameless” (Hudson & Troop), Andrew Goldsmith & Darcy Prendergast
- “Bridges” (Boy & Bear), Summer DeRoche
- “Ghost” (Mystery Skulls), Josh Thomas
- “Young” (The Paper Kites), Darcy Prendergast

Contamos com 16 vídeos musicais nas Canções Com Gente Dentro + Palco Nacional e Internacional em animação:
- “Sufferation” (Brain Damage Meets Vibronics), Wasaru
- “Allaxis” (Kaly Live Dub), Wasaru
- “Parler Le Fracas” (Le Peuple de L’Herbe), Wasaru
- “Unity” (Christopher Bono), Tobias Stretch
- “She’s Bad” (DyE feat. Egyptian Lover), Dent de Cuir
- “Play” (SebastiAn), Dent de Cuir
- “Water Fountain” (tUne-yArds), Joel Kefali
- “Someone” (We Have Band), Zaiba Jabbar
- “Moving On (James), Ainslie Henderson
- “Colourblind” (Elliot The Bull), Samuel Lewis
- “Nice Guys Finish Last feat. Joyride”, Aaron McDonald
- “Strange Condition” (Empra), Donna Yeatman & Jai Kenway
- “Palui” (Helena Caspurro), Carlos Silva e Pedro Almeida
- “Ancora” (Stray com Manel Cruz), Artur Caiano
- “Vayorken” (Capicua), Artur Caiano
- “Instrospecção” (Sensi feat. Manuela Azevedo), Lorenzo Degl ‘ Innocenti

Fora da corrida ao prémio, destaque ainda para a orquestra dos Acordes Históricoscom sete filmes no total, através da qual serão revisitados alguns dos grandes marcos e efemérides do cinema musical:
- “Anyone Can Play Guitar” de Jon Spira que com estreia em Portugal na sessão de encerramento do MUVI Lisboa e baseia-se nos 30 anos de música de Oxford, com Radiohead, Supergrass, Ride, Swervedriver, Foals, Talulah Gosh, The Candyskins, Unbelievable Truth, entre outros;
- "Cure for Pain: The Mark Sandman Story" de Rob Gordon Bralver e David Ferino, preciosa recolha histórica da vida e obra de Mark Sandman, vocalista, baixista e mentor dos norte-americanos Morphine, falecido em 1999, durante um concerto, em Itália;
- "Música em Pó" de Eduardo Morais sobre doze pessoas e milhares de discos em vinyl;
- "A batalha de Tabatô" de João Viana, tem lugar na Guiné-Bissau, na aldeia de Tabatô, onde todos os habitantes são músicos djidius - cantores-poetas que narram contos e lendas representativos da vida africana;
- “Cidade de Deus 10 Anos Depois”, pretende mostrar o que mudou na vida dos intérpretes do filme de Fernando Meirelles, realizado em 2002, onde Seu Jorge fala como foi lançada a sua carreira após participação no respetivo filme;
- “Chinese Hip-Hop Underground” realizado por Jimmy Wang mostra como tem evoluído o Hip-Hop e o Rap no país através da carreira de Weber, um dos pioneiros no género;
- "All In Black And Film" de Eduardo Morais sobre a banda The Poppers

 

Paralelamente à programação principal...

 

Na secção "Sessões Especiais" serão exibidos vídeos de realizadores e trabalhos de vários canais de entretenimento como o Canal 180, A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, Offbeatz, Vídeoteca da Bodyspace, Vasco Mendes+FilmesDaMente e Fuel TV Portugal.

Na secção Pemiere Musical, o MUVI Lisboa dá destaque a “Tocha Pestana Apresentam Novos Vídeos”, citados como os “reis do turbo-baile e do tecno-punk”, os TochaPestana (de Gonçalo Tocha e Dídio Pestana) preparam-se para editar em setembro de 2014 o amplamente aguardado álbum de estreia. A dupla apresenta no MUVI Lisboa, em absoluta estreia mundial, o novo disco em versão vídeo, ou seja, uma impressionante coleção de videoclips dos singles que sucedem ao fabuloso “Pratica a tua Fé”.

Na secção Festivais de Música e apresentamos curtas-metragens, que podem ser ou não promocionais, institucionais e recentes: “Do Mississipi ao Tejo”, de Sérgio Diamantino, sobre o BB Blues Fest. “Fusing 2013 - After Movie”, “Driving Without License” (sobre o Primavera Sound 2013 - Porto), “Line Up” (antevisão do Primavera Sound 2014 - Barcelona), “Simple Things 2013”, “The Bonnaroo Experience” e “Meda+” (antevisão do festival), e muitos mais.

Na secção "Showcases" artistas convidados trazem a sua música a palco e respetivos vídeos musicais, com espaço à conversa com o público. São eles Noiserv,PZNBC e First Breath After Coma.

Na secção "DJ sets", no Foyer do Piso 1 do Cinema São Jorge, de entrada livre e responsável por animar o espaço (e o nosso público) até à hora de encerramento do festival, 2h da manhã. A festa de abertura conta com a PHIZZ, seguido deBeats&News vs Altamont e DJ Antena 3 nos restantes dias, e Hello Kinky a marcar presença na noite de encerramento do festival.

 

A primeira edição do festival MUVI Lisboa serve assim como referência ao cinema sobre música e de plataforma para os artistas nacionais e para a promoção cultural de Portugal junto da comunidade internacional, trabalhando permutas e parcerias recíprocas com eventos internacionais de idêntica filosofia.

Luzes, câmara, ação! E se a música pudesse ser vista? Vem descobrir como, no MUVI Lisboa.



publicado por olhar para o mundo às 22:02 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar

disponível nas lojas digitais_

 

“E Agora?”, antecipa o lançamento do segundo disco de Mikkel Solnado “Daisy Chains”, que será editado em Outubro. O dueto com Joana Alegre ( uma cantautora que deu os primeiros passos no jazz e que tem trabalhado com Mikkel na produção do seu primeiro álbum ) é um dos temas principais da série “Água de Mar”, atualmente em exibição na RTP.

 

As raízes são portuguesas, a língua oficial o inglês, mas Mikkel é um cidadão do mundo. O talento natural para exteriorizar emoções, sentimentos e vivências pertence-lhe. No novo disco, ao pop melódico e acústico, Mikkel vai juntar sonoridades mais eletrónicas, algo que já tinha começado a explorar no disco de estreia.

 



publicado por olhar para o mundo às 12:33 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:21 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Welcome Vindimas

 

Após o sucesso verificado com o WELCOME VINDIMAS realizado no passado ano de 2013, a Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros” irá repetir este evento no próximo dia 30 de Agosto de 2014, onde irá constar o tradicional Jantar Buffet, animação musical e desfile das candidatas a Rainha das Vindimas 2014.

 

No decorrer do “WELCOME VINDIMAS” pelas 24:00h, todos os presentes irão efectuar um “Brinde” de boas-vindas á Festa das Vindimas 2014, assinalando o seu 51.º aniversário. Um “Brinde com Moscatel de Setúbal”, aberto inclusive a todos os que nele queiram participar, promovendo a Festa das Vindimas e o Moscatel de Setúbal, como o mais conhecido e reconhecido vinho generoso produzido maioritariamente no Concelho de Palmela.

 

Todos os  interessados poderão fazer a sua reserva/pagamento na secretaria da SFP Loureiros.

 

Venham partilhar connosco as Boas Vindas às Vindimas 2014 e Brindarmos aos 51 Anos da Festa das Vindimas.

 

Inscrições limitadas

P.P. € 15,00

SFP LOUREIROS

geral@loureiros.org



publicado por olhar para o mundo às 23:30 | link do post | comentar

 

Letra

 

O que foi feito de ti
Eras perfeita em mim
Será que foste tentar encontrar
Que te foste libertar
Esperei tanto por ti
E caiu-me um manto em mim
Será que te perdeste a caminhar
Ou foi só para me castigar
E agora, será que te perdi
E agora, se terminar aqui
O que será de mim, sem ti
Corri o mundo por ti
Mas o mundo correu sem mim
Será que tu partiste para além mar
Só para me abandonar
E agora, será que te perdi
E agora, se terminar aqui
O que será de mim, sem ti
Não fiques para trás meu bem
Não quero que te percas por aí
Nesta selva de betão
É só confusão 
E agora, será que te perdi
E agora, se terminar aqui
O que será de mim, sem ti


publicado por olhar para o mundo às 21:36 | link do post | comentar

MUVI Lisboa’14: Acordes Históricos, Showcases, Sessões Especiais e DJ sets

 

“Anyone Can Play Guitar” e “Cure for Pain - The Mark Sandman Story” são os destaques do MUVI Lisboa’14 na secção Acordes Históricos, fora da competição.

- “Anyone Can Play Guitar”, documentário de 2009 realizado por Jon Spira que terá a sua estreia na sessão de encerramento do MUVI Lisboa. Baseia-se nos 30 anos de música da cidade de Oxford, em Inglaterra, com entrevistas exclusivas e material de arquivo inédito de bandas como Radiohead, Supergrass, Ride, Swervedriver, Foals, Talulah Gosh, The Candyskins, Unbelievable Truth, entre outros. Trailer

- “Cure for Pain - The Mark Sandman Story” é uma preciosa recolha histórica da vida e obra de Mark Sandman, vocalista, baixista e mentor dos norte-americanos Morphine, falecido em 1999, durante um concerto, em Itália. O último concerto completo da banda foi em Portugal, no Parque das Nações. Quinze anos decorridos da sua morte, o MUVI Lisboa apresenta pela primeira vez em Portugal no cinema e em HD o emotivo documentário de Rob Gordon Bralver, David Ferino (realizadores) e Jeff Broadway (produtor). No final haverá espaço para uma tertúlia com jornalistas e músicos portugueses onde o génio do baixo de duas cordas será recordado. Trailer.

- “Cidade de Deus - 10 Anos Depois” pretende mostrar o que mudou na vida dos intérpretes do filme de Fernando Meirelles, realizado em 2002. Seu Jorge, Alice Braga, Leandro Firmino, Douglas Silva e Thiago Martins são alguns dos entrevistados que relatam episódios das suas vidas após o sucesso estrondoso do filme brasileiro.Trailer.

- “The Battle of Tabato”, tem lugar na Guiné-Bissau, na aldeia de Tabatô, onde todos os habitantes são músicos. Um ex-combatente da guerra colonial regressa ao país para assistir ao casamento da filha, professora de História, com um dos músicos da aldeia. Mas os traumas provocados pela guerra não o deixam tranquilo. Os músicos da aldeia reúnem-se então para iniciar uma batalha: a música de Tabatô contra as recordações de um passado não muito distante. Trailer.

- “All in Black and Film”, documentário sobre a banda The Poppers realizado por Eduardo Morais. Vamos para o estúdio, para a cabine de som e entramos no processo de gravação do disco onde ressalta a amizade e a música, como vivência e troca de experiências. Trailer

- “Música em Pó”, documentário de Eduardo Morais sobre doze pessoas e milhares de discos. Aqui são retratadas histórias de alguns dos colecionadores mais ávidos de Portugal, são desvendadas algumas das mais raras preciosidades em vinyl, e são apresentados dez passos básicos para arquitetar uma colecção de discos. Entrevistas com o radialista cartaxense António José Portela; o Edgar Raposo da Groovie Records; o Heitor Vasconcelos considerado o maior colecionador de discos da Amália; o documentalista João Carlos Callixto; o Joaquim Paulo, autor dos livros "Jazz Covers" e "Funk & Soul Covers"; o investigador de MPP José Moças com uma coleção única de 78rpm; o Jota Cunha da Vinyl Experience; o A&R da Valentim e também DJ há trinta anos, Pedro Tenreiro; o (provavelmente) maior coleccionador português Rogério Matos; a parelha DJ Ride e Stereossauro, e o jornalista Rui Miguel Abreu. Trailer.

Mas as novidades não ficam por aqui...

O Muvi Lisboa dá igualmente destaque a “Tocha Pestana Apresentam Novos Vídeos”, citados como os “reis do turbo-baile e do tecno-punk”, os TochaPestana (de Gonçalo Tocha e Dídio Pestana) preparam-se para editar em setembro de 2014 o amplamente aguardado álbum de estreia. A dupla apresenta no MUVI Lisboa, em absoluta estreia mundial, o novo disco em versão vídeo, ou seja, uma impressionante coleção de videoclips dos singles que sucedem ao fabuloso “Pratica a tua Fé”.

Há espaço para os Festivais de Música e apresentamos curtas: “Do Mississipi ao Tejo”, de Sérgio Diamantino, sobre o BB Blues Fest. “Fusing 2013 - After Movie”, “Driving Without License” (sobre o Primavera Sound 2013 - Porto), “Line Up” (antevisão do Primavera Sound 2014 - Barcelona), “Simple Things 2013”, “The Bonnaroo Experience” e “Meda+” (antevisão do festival), e muitos mais.

Na secção intitulada "Sessões Especiais" serão exibidos vídeos de realizadores e trabalhos de vários canais de entretenimento como o Canal 180, A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, Offbeatz, Vídeoteca da Bodyspace, Vasco Mendes+Filmes da Mente e Fuel TV.

No alinhamento de 3 a 6 de setembro incluímos "Showcases" de artistas convidados que trazem a sua música a palco e respetivos vídeos musicais, com espaço à conversa com o público. São eles Noiserv, PZ, NBC e First Breath After Coma. "DJ sets" a começar pela festa de abertura com PHIZZ, seguido de Beats&News vs Altamont e DJ Antena 3 nos restantes dias, e Hello Kinky a marcar presença na noite de encerramento do festival.

Para mais informação consultem www.muvilisboa.com e partilhem o nosso vídeo.


publicado por olhar para o mundo às 21:26 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Alma e sangue, amor

No teu mundo, amor

São a terra e a dor

Que aproximam dois céus

 

O teu, o meu


O silêncio é ouro, amor

Ouro que pesa como o céu

O teu rosto faz o meu

Os teus passos um caminho

 

Que é meu, e teu

 

Alma e sangue, amor
O silêncio é dor, amor

É meu, e teu

 

Obrigado ao Marco pelo envio da letra



publicado por olhar para o mundo às 17:16 | link do post | comentar

Azurara Beach Party: a Maior Beach Party da Europa

 

A edição deste ano apresenta uma grande novidade. Pela primeira vez, o evento decorre ao longo de dois dias: 30 e 31 de Agosto, este último em formato sunset. A Azurara Beach Party afirma-se, assim e cada vez mais, como um evento de referência à escala internacional.

O evento este ano irá contar com um palco DJ Mag - a revista de referência no panorama da música eletrónica. Mais uma prova da afirmação da Azurara Beach Party a uma escala internacional.

Nesta décima primeira edição, a Azurara Beach Party surge empenhada em, mais uma vez, se distinguir entre os eventos de Verão, apresentando um cartaz eclético e transversal, com artistas reconhecidos globalmente pela sua qualidade.

Artistas: Axwell, Klangkarussel (live), Netsky (live), Faul, Naughty Boy (Soundsystem), Bassjackers, SBCR (The Bloody Beetroots), Jay Hardway, Alice Francis (live), Davide Squillace, Neverdogs, Deetron, Matias Aguayo, Elliphant (live), DJ Patife, Diego Miranda, Rui Vargas, Magazino, Pedro Tabuada, Freshkitos, Remotion, Mishka, DJ/MC Demo, Overule, Xibata, Sexation, Nelson Freitas, Kataleya ou Landrinck - entre muitos outros, num total superior a 50 divididos por 3 palcos.

Os ingressos encontram-se já disponíveis nos locais habituais (Fnac, Worten, Agência Abreu e El Corte Inglés), ticketline e em last2ticket. Em venda antecipada, o bilhete diário custa 20€ (oferta de 1 bebida de cápsula) e o passe para os dois dias 30€ (oferta de duas bebidas de cápsula). Os primeiros 2000 passes incluem, ainda, a oferta de um par de óculos de sol Azurara.

No dia, o bilhete diário custa 25€ e o passe para os dois dias 35€.

 

CRIANÇAS COM ENTRADA GRATUITA, NUM AMBIENTE PARA TODA A FAMÍLIA

A maior Beach Party da Europa terá entrada gratuita para todas as crianças (entre os 6 e os 12 anos) que se façam acompanhar por um adulto e mediante a apresentação de documento de identificação.

A Azurara Beach Party assume-se, assim, como um evento orientado para toda a família - nos dias 30 e 31 de Agosto, em Vila do Conde.

Paralelamente à oferta musical, várias serão as atividades disponíveis: salto negativo, insufláveis, aulas de dança, lojas tribais, entre outras.

 

 

www.azurara-beachparty.com
info@azurara-beachparty.com

facebookhttp://www.facebook.com/beachpartyazurara
twitterhttp://twitter.com/AzuraraBeachPar
instagramhttp://instagram.com/azurarabeachparty


publicado por olhar para o mundo às 12:37 | link do post | comentar

Charanga vence prémios Megafone/SPA 2014 - categoria música

A Charanga esteve no grande Festival Bons Sons no fim de semana passado e foi-lhe atribuído o prémio Megafone/SPA 2014 na categoria música!

 

O prémio foi atribuído por um painel de júris composto por Luís Varatojo (músico), Pedro Gonçalves (crítico de música), Ricardo Alexandre (jornalista), Jorge Cruz (músico), Fausto da Silva (radialista), Raquel Bulha (radialista) e Luís Ferreira (diretor do festival Bons Sons) e organizados pela associação Megafone 5 que tem como objectivo celebrar, homenagear e difundir o trabalho e as ideias de João Aguardela.



publicado por olhar para o mundo às 10:27 | link do post | comentar

 

Letra

 

I feel so bright
I feel so fine
No wonder why things move so light

 

I see the world but in one word
I think he's blind
But now you're right,
I should open my eyes

 

Wake at six in the mourning
It's a daily fight
No wonder why things move so hard

 

Don't see the world, listen the world
And you will find
Beautiful tunes that will make you smile

 

Listening to the radio
Searching for the sunrise
Living in a moving small box in stereo
No matter what is chose to play I sing

 

Day by day is all the same
If it is raining or the sun is shining in my head
What is happening in the world today
It's just the same I've listened yesterday

 

Listening to the radio
Searching for the sunrise
Living in a moving small box in stereo


No matter what is chose to play I sing

I know you're hearing
Why don't you feel it?


I know you'll feel alright

 

Why don't you feel it?
I know you're hearing
I know you'll feel alright

 

But, who are you?

Listening to the radio
Searching for the sunrise
Living in a moving small box in stereo
No matter what is chose to play I sing



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Sandy Kilpatrick no THEATRO CIRCO, Braga 

 

SANDY KILPATRICK

X

DAN KAUFMAN

 

THE SHAMAN’S CALL

 

THEATRO CIRCO – BRAGA

12 SETEMBRO 2014

22:00

 

East Kilbride, perto de Glasgow, Escócia. Um encontro. Um amor. Norte de Portugal.

 

Há 11 anos perguntava, em modo experimental, “Am I welcome here”, pergunta de quem escolhia um novo pais para viver. Seguiram-se as “Incandescent Night Stories”, histórias que contam contos de um músico a caminhar para uma gramática musical que hoje o identifica.

 

As histórias deram o mote para um escocês sentido em “The Ballad of the Stark Miner”, um EP de cinco músicas que nos prepara para uma viagem absolutamente obrigatória: “Terras Últimas”. Finisterra é, desde a edição do audio-livro, palavra com um corpo ímpar. Registo superlativo de uma viagem entre três cabos que definem um plano musical, que é legenda para cada fotografia impressa. Por estradas e costas se fez um livro singular e, no amadurecer de uma viagem, nasceu uma “Redemption Road” que habilmente nos conduziu para “Your Love is a Weapon”, porque... once upon a time ele conheceu a sua “Marianne”.

 

Sandy Kilpatrick é um cantautor escocês radicado em Portugal, reconhecido pela crítica aquém e além-mar, tem música na alma e prepara-se para lançar novo álbum de originais: “The Shaman’s Call”. No horizonte próximo, a anunciar em breve, um alinhamento de dez músicas, espelho da alma de Sandy Kilpatrick, num trabalho onde a voz estará mais despida e viva que nunca. Caminhos, desamores, desafios, amores, escolhas...  retratos expostos numa lírica e composição genuína.

 

“The Shaman’s Call” terá a primeira e única apresentação oficial no próximo dia 12 de Setembro, pelas 22h00, no belo Theatro Circo, em Braga. Momento para o qual este xamã escocês chamou, para tocar ao vivo consigo, Dan Kaufman, músico norte-americano – mentor do avant-rock experimental Barbez, de Brooklyn, Nova Iorque.

 

A si, cabe-lhe colocar na agenda o dia e hora, e marcar presença num espaço icónico para ouvir novas sonoridades de Kilpatrick, num concerto único.



publicado por olhar para o mundo às 23:14 | link do post | comentar

CTE: Ricardo Ribeiro e Carles Benavent confirmados para o próximo quadrimestre

 

CTE: Ricardo Ribeiro e Carles Benavent confirmados para o próximo quadrimestre

O jovem fadista Ricardo Ribeiro e o baixista Carles Benavent, natural de Barcelona, são alguns dos nomes confirmados para a próxima temporada cultural do Cine-Teatro de Estarreja. Até ao final do ano, Miguel Araújo, Emmy Curl, Maria João e The Black Mamba também se incluem num programa que não esquece a dança e o teatro.

 

Setembro | Outubro | Novembro | Dezembro 2014
Nova Temporada de Programação


São 30 eventos (espetáculos, concertos, conversas e workshops) mais 15 sessões de cinema. Para o último quadrimestre do ano, o CTE apresenta uma programação mais equilibrada, com 30% do calendário reservado para projetos de artes performativas, e articulada com a restante atividade municipal. Verifica-se nesta agenda uma maior abertura ao público, com iniciativas como oBoca(s) de Cena que, no âmbito do Laboratório de Aprendizagem Criativa (LAC), permite um contacto de proximidade com os artistas num ensaio aberto.

Nuno Bastos (12 set.) marca o arranque da temporada, num concerto de MPB que estreia ao vivo o seu novo álbum “Recomeço”. Ainda em setembro, Miguel Araújo (27 set.) regressa ao CTE, desta vez com “Crónicas da Cidade Grande”. Dois concertos inseridos no programa do Festarreja’14 - Festa das Artes e da Juventude.

De xaile ou capa e batina, o fado é uma das principais formas de expressão musical do país. Alma de Coimbra (18 out.) recorda a saudade da canção de Coimbra e Ricardo Ribeiro (1 nov.) mostra como se elevou a uma das melhores vozes do fado masculino.

O mês de São Martinho fica marcado por mais uma edição do Estarrejazz, Festival de Jazz de Estarreja. Este ano o festival conta com um grande cartaz, composto por 6 concertos no auditório e dois no café-concerto, destacando-se a presença de Maria Joãoao lado da Big Band Estarrejazz (8 nov.) e do excecional baixista Carles Benavent (15 nov.) com o recente projeto “Un, Dos, Três…” num trio onde Roger Mas (piano) e Roger Blavia (percussão) o acompanham. Mário Barreiros QuartetoStandards and Other Songs TrioBig Band da Nazaré e Nuno Costa “Vespa Mundi”, no auditório, e Trio Pedro Nobre e BounceLab, no café-concerto, são os restantes nomes da 9ª edição do festival.

Com novo trabalho debaixo do braço, The Black Mamba (13 dez.) apresentam-se a Estarreja num concerto que viaja pela soul, blues e funk orientado nos temas “It ain’t you” e “I’ll meet you there”. “Deixem o pimba em paz” (27 dez.), com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, é um concerto de desconstrução, que mostra como fica a música popular portuguesa com arranjos de jazz e pop.

Novo espaço Café-Concerto

A rentrée do Cine-Teatro de Estarreja para mais uma temporada de programação cultural fica marcada pela renovação do espaço Café-Concerto, no 1º piso do edifício. Com nova imagem, maior conforto e horário alargado, este espaço volta a receber o circuito Outonalidades, este ano com os concertos de Emmy Curl (11 out.), Najla Shami (31 out.) e Tape Junk (28 nov.), todos eles com início às 22 horas.

Com uma dinâmica regular, o Café-Concerto do CTE reabre como espaço de encontro, agradável convívio e fruição cultural ao sabor de boa música e excelentes conversas.

Dança, teatro e novo circo diversificam a agenda

A abertura do mês de outubro fica a cargo das acrobacias de João Paulo Santos e Elsa Caillat que, com recurso a diversos aparelhos de circo como um mastro chinês, compõem o espetáculo “Abril” (3 out.), uma encomenda da CI Região de Aveiro para a Cultura em Rede.

No teatro destacam-se duas grandes comédias: “Táxis dos Nossos Dias” (25 out.), com Anabela, Ana Guiomar, Joaquim Nicolau, Sandra Faleiro e Rosa do Canto, e “40 e então?” (22 nov.), com Maria Henrique, Ana Brito e Cunha e Fernanda Serrano.

Fica no Singelo” assume-se como a versão contemporânea das danças e músicas tradicionais portuguesas. Da coreógrafa Clara Andermatt, o espetáculo estará em cena a 5 de dezembro, com um Workshop de Movimento Contemporâneo orientado pela própria coreógrafa às 18 horas de 3 de dezembro.

Com o Natal a chegar, a companhia espanhola Albadulake apresenta “Malaje” (20 dez.). Um projeto multidisciplinar onde o circo contemporâneo e o flamenco surgem de mãos dadas.

A comunidade volta a ser chamada

O trabalho do Cine-Teatro de Estarreja junto da comunidade tem vindo a ganhar corpo. Dentro dos pressupostos do LAC, a programação do último quadrimestre do ano inclui um projeto da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora, que conta com a participação da comunidade local. Chama-se “Me Mó Ria” e desafia a população a recuperar memórias passadas e a interagir com elas através do teatro de objetos. A apresentação deste trabalho acontece a 19 de outubro, num espetáculo com “Casa dos Ventos” na abertura, também da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Orquestra dos Brinquedos” (16 nov.) é mais um espetáculo promovido pelo LAC para toda a família. Depois do trabalho nas escolas do concelho, a “Orquestra dos Brinquedos” sobe ao palco para, em conjunto com o público, descobrir sons de instrumentos não convencionais.

Conheça toda a programação cultural do Cine-Teatro de Estarreja
Consulte a agenda municipal sempre que quiser e onde quiser através da edição online

+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__



publicado por olhar para o mundo às 21:11 | link do post | comentar

 

Letra

 

que el tiempo se nos fue

que nada es como ayer

que te me escapas

 

ven

y dime de una vez

que ya no soy aquel

com quien soñavas

 

marchate

borra tus huellas de mi piel

sin lastro date prisa

que no te dentendre

 

corre

no dejes que te alcancen vida mia

no escuches aunque el corazón lo pida

a veces solo la melcancolia

de aquello que hubo un dia

 

si se murio el amor

talvez será mejor

la despedida

 

no

no pienses que hay rencor

es que esto de decirte adios

no lo esperaba

 

marchate

borra tus huellas de mi piel

sin lastro date prisa

que no te detendre

 

corre

no dejes que te alcancen vida mia

no escuches aunque el corazón lo pida

a veces solo la melcancolia

de aquello que hubo un dia

 

si se murio el amor

talvez será mejor

la despedida

 

si se murio el amor

talvez será mejor

la despedida

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:07 | link do post | comentar

SÓNIA E AS PROFISSÕES


SÓNIA E AS PROFISSÕES

"As dicas da Sónia" já estão à venda

"Protetor Solar" é o single de avanço do disco

"As dicas da Sónia" é o novo CD e DVD de Sónia Araújo, apresentadora de televisão que, de uma forma criativa e original, incentiva os mais pequenos a praticar hábitos do dia-a-dia importantes para o seu bem-estar.

O primeiro single do disco, "Protetor Solar", alerta as crianças alerta para os cuidados a ter com a exposição solar, por exemplo. Outras dicas relacionadas com a alimentação, higiene, reciclagem e a importância de usar sempre o cinto de segurança, entre outras, são também referidas no disco "As dicas da Sónia".

Com o disco da apresentadora, os pequenos e graúdos poderão ver, ouvir e cantar em conjunto temas que incentivam a boas práticas no quotidiano.

No ano passado, Sónia Araújo tinha já lançado "Sónia e as Profissões", aposta musical do Canal Panda e da Universal Music, projeto que representou então a estreia absoluta da apresentadora como cantora, atriz e bailarina.

"As dicas da Sónia" já estão à venda em CD e DVD e os vídeos de "Protetor Solar" e "Gosto de Animais" passam já no Canal Panda, que apoia o lançamento do álbum.

 



publicado por olhar para o mundo às 10:16 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:52 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Agosto de 2014
 30º FESTIVAL DO CRATO de 27 a 30 de Agosto  - Os Horários

30º FESTIVAL DO CRATO

- Os Horários -

 

 
   

O Festival do Crato, que se realiza de 27 a 30 de agosto, distingue-se mais uma vez no âmbito da programação cultural a nível regional e nacional.

 

A par de um cartaz musical de excelência, que conta com espetáculos de The HivesNatirutsAloe Blacc, Anselmo RalphInner Circle, entre outros, o Festival do Crato envolve também um vasto rol de atividades complementares relacionadas com animação de rua, artesanato, gastronomia e deportos radicais.

 

No dia 26 de Agosto, no dia prévio à abertura do festival propriamente dito, no Parque de Campismo, realiza-se a receção ao campista que contará com a presença dos brasileiros DJ Patife e DJ João Dinis, a partir das 23:30 horas.

 

Entre 27 a 30 de agosto, a animação será a palavra de ordem. Às 21h30 sobe ao palco a primeira banda de cada noite ( Ar de Bluesy, Dengaz, Capitão Fausto e The Happy Mess), seguindo-se outra atuação às 22h45 (Gisela João, Inner Circle, Miguel Araújo e We Trust). Todos os dias, às 00h15 sobem, então, ao palco aqueles que são considerados os cabeças de cartaz do Festival do Crato: Aloe Blacc, Natiruts, Anselmo Ralph e The Hives.

 

De destacar igualmente a atuação da Filarmónica do Crato, no dia de abertura do Festival, dia 27 de agosto, às 20h30, para dar as boas vindas a todos os festivaleiros.

 

Para terminar a noite, sempre às 2h00, estão previstos DJ’s sets com  DJ Chumbo, DJoana e algumas das vozes mais conhecidas da Rádio Comercial: Nuno Luz, Ana Isabel Arroja  Wilson Honrado e João Vaz.

 

O encerramento de portas faz-se às 4h00, nos dias 27 e 28, e às 6h00, nos dias 29 e 30.

 

 

Bilheteiras do Festival junto ao Recinto

Dias 25 e 26: das 16h00 às 22h00

Dias 27, 28, 29 e 30: das 15h00 às 4h00

 

Bilheteiras do Festival junto ao Parque de Campismo

Dia 26: das 10h00 às 22h00

Dias 27, 28 e 29: das 10h00 às 12h30 // das 14h00 às 18h00

 

 

27 de agosto

 

19h30: Abertura de Portas 

Animação de Rua: Rancho Folclórico de Gáfete, Os Agostinhos da Roseta

20h30: Filarmónica do Crato

21h30: Ar de Bluesy

22h45: Gisela João

0h15: Aloe  Blacc

02h00: DJ Nuno Luz

04h00: Encerramento do Recinto

28 de agosto

 

18h00: Abertura de Portas 

19h30 : Animação de Rua: Abelterium

21h30: Dengaz

22h45: Inner Circle

00h15: Natiruts

02h00: DJoana

04h00: Encerramento do Recinto

 

29 de agosto

 

18h00: Abertura de Portas 

19h30 :Animação de Rua: Albelterium

21h30: Capitão Fausto

22h45: Miguel Araujo

00h15: Anselmo Ralph

02h00: DJ Ana Isabel Arroja e DJ CHUMBO

06h00: Encerramento do Recinto

 

30 de agosto

 

18h00: Abertura de Portas 

19h30: Animação de Rua: Os Agostinhos da Roseta

21h30: The Happy Mess

22h45: We Trust

00h15: The Hives

02h00: DJ Wilson Honrado e DJ João Vaz 

06h00: Encerramento do Recinto

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:57 | link do post | comentar

MUVI Lisboa’14: Os Sonetos Cantados em competição


“Música à Moda do Porto” e “Voluta” no Palco Nacional e “Too Old To Be New, Too New To Be Classic: 12 Years of DFA” no Palco Internacional são alguns dos nomes na competição Sonetos Cantados

A competição de Sonetos Cantados (curtas-metragens) nos Palcos Nacional e Internacional do MUVI Lisboa’14 está fechada e no line-up conta com quatro e duas curtas, respetivamente, realizadas entre 2013 e 2014.

Os Sonetos Cantados + Palco Nacional são:


- “Música à Moda do Porto” realizada por Raquel Lemos, explora a música e o Porto com entrevistas de Ana Matos aka Capicua, Isabel Dantas da Chave do Som, José Mário Branco e Pedro Cardoso de Peixe, Ornatos Violeta, Zelig e Pluto. “Será viável existir centralismo na indústria musical portuguesa?”, premissa que Raquel Lemos tenta responder com este documentário, dando a conhecer um pouco das histórias de cada um dos seus intervenientes. Ver Trailer


- “Voluta” realizada por Mariana Belo sobre a dedicação de Carlota, uma estudante de contrabaixo da Academia de Música de Santa Cecília.


- “Frankie Chavez - Ao Vivo na Mimosa da Lapa” de Filipe Santos sobre o músico e o panorama musical em Portugal.


- "Crooner Vieira - A Potência da voz e o romantismo não têm nada a ver com a idade" de Catarina Neves sobre o músico, último cantor romântico da cidade do Barreiro, que nos anos 40 e 50 foi vocalista da Orquestra Ritmo e da Orquestra de José da Silva. Ver Trailer.

Os Sonetos Cantados + Palco Internacional são:


- “Too Old To Be New, Too New To Be Classic: 12 Years of DFA” realizada Max Joseph e produzida pela Red Bull Music Academy sobre os 12 anos da icónica DFA Records com participação de James Murphy (LCD Soundsystem), The Rapture, Yacht, The Juan Maclean, Holy Ghost!, Shit Robot, entre outros.


- “Shape” realizada pelo Johnny Kelly sobre a junção do design à música.

De 3 a 7 de setembro o MUVI Lisboa’14 vai invadir o Cinema São Jorge em Lisboa com o que de melhor se tem feito no âmbito do cinema sobre música.

Sintonizem os vossos olhares: a música agora é outra, e não deixem de apoiar o nosso Crowdfunding: http://ppl.com.pt/pt/prj/muvilisboa.

Para mais informação consultem: www.muvilisboa.com

 

CROWDFUNDING
EVENTO NO FACEBOOK


publicado por olhar para o mundo às 21:53 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:49 | link do post | comentar

11ª EDIÇÃO DO OUT.FEST – 2 A 5 DE OUTUBRO DE 2014

 

11ª EDIÇÃO DO OUT.FEST – 2 A 5 DE OUTUBRO DE 2014

BILHETES JÁ À VENDA

 

A banda THE EX, o duo de PETER BRÖTZMANN & STEVE NOBLE, o guitarrista e compositor FENNESZ, o trio rock MAGIK MARKERS e o quinteto do trompetista PETER EVANS são nomes já anunciados para a 11ª edição do OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, a realizar entre os dias 2 e 5 de outubro, em vários locais do Concelho.

 

O Festival organizado pela OUT.RA - Associação Cultural - e apoiado pela Câmara Municipal do Barreiro, é já uma referência em Portugal e no estrangeiro. O OUT.FEST conta, ainda, com o apoio da BAÍA DO TEJO e da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

 

Ao longo de quatro dias, reúnem-se no Concelho músicos de diversas nacionalidades. Para este ano, até ao momento, estão confirmados músicos oriundos da Holanda, Alemanha, Inglaterra, Áustria e Estados Unidos.

 

Os veteranos holandeses THE EX dão nome a uma banda com mais de três décadas de carreira dedicadas às explorações do punk.

 

Está confirmada a passagem pelo Barreiro do duo PETER BRÖTZMANN & STEVE NOBLE, da Alemanha e Inglaterra, respetivamente, consagrados músicos de jazz.

 

Da Áustria chega o guitarrista e compositor FENNESZ, nome de topo da música eletrónica ambiental e dos Estados Unidos o trio rock MAGIK MARKERS e o quinteto do trompetista PETER EVANS, reconhecido no panorama do jazz mundial.

 

Os primeiros passes globais para o OUT.FEST, ao preço de 25€, encontram-se já à venda via Bilheteira Online, emhttp://www.bilheteiraonline.pt/Comprar/Bilhetes/20786-out_fest_passe_2014-barreiro/ e locais associados.

 

De salientar que no final de agosto, a organização promete revelar o cartaz completo, locais dos concertos e as diversas tipologias de bilhetes.

 

Todas as novidades podem ser seguidas através do facebook do festival, emwww.facebook.com/OUTFESTBarreiro.

 

Segundo Rui Pedro Dâmaso presidente da Direção da OUT.RA – Associação Cultural,“nesta 11ª edição voltamos a mostrar o porquê de termos colocado o termo ‘exploratório’ no léxico de todos quantos creem na música como forma de expressão inigualável daquilo que é propriamente humano, que é aventureiramente humano, em mais quatro dias de simbiose entre cidade e som, criador e público, periferia e proximidade”.

 

 

A reprodução textual da informação implica a referência da sua autoria: CMB

CMB 2014-08-07



publicado por olhar para o mundo às 12:18 | link do post | comentar

MUVI Lisboa’14

“Música em Pó”, “Stop Don’t Stop” e “A Sétima Vida de Gualdino”, entre outras, em competição no Palco Nacional e “Leave The World Behind”, “Good Ol' Freda” e “Our Vinyl Weighs a Ton" no foco do Palco Internacional

Apresentamos a competição de Odisseias Musicais (longas-metragens) nos Palcos Nacional eInternacional do MUVI Lisboa’14 – Festival Internacional de Música no Cinema, com filmes realizados em 2013 e 2014. 

Das sete longas selecionadas nas Odisseias Musicais + Palco Nacional contamos com:
- “Música em Pó” de Eduardo Morais sobre colecionadores de vinil como o radialista cartaxense António José Portela, Edgar Raposo da Groovie Records, Heitor Vasconcelos colecionador de discos da Amália, João Carlos Callixto, escritor, colecionador e arquivista, Joaquim Paulo, autor dos livros "Jazz Covers" e "Funk & Soul Covers", José Moças com uma coleção única de 78rpm, Jota Cunha da Vinyl Experience, o A&R da Valentim e também DJ há trinta anos, Pedro Tenreiro, o maior colecionador português Rogério Matos, DJ Ride e Stereossauro, Rui Miguel Abreu, jornalista, radialista e DJ. Ver
Trailer.

- “A Sétima Vida de Gualdino”, de Filipe Araújo sobre Gualdino Barros, baterista “lenda do jazz” que lançou ‘jovens inexperientes’ como Jorge Palma, Bernardo Sassetti ou Dany Silva e que tocou com os grandes nomes do jazz, incluindo Nina Simone em Paris. Ver
 Trailer.

- “Stop Don’t Stop”, de Ana Branco, focado na responsabilidade do antigo Centro Comercial Stop no Porto como incubadora de mais de 100 bandas e 400 músicos que nele ensaiam regularmente, distribuídos ao longo dos seus três pisos, em lojas de paredes de vidro que arrendam ao mês por um preço simbólico. O Stop é a segunda casa de uma geração de músicos portugueses nos variados géneros musicais.
- “All in Black and Film”, de Eduardo Morais, sobre a banda The Poppers no estúdio de gravação, focado no processo de criação das suas músicas. Ver
 Trailer.

- “True - O Documentário”, realizado por Paulo Segadães, mostra o íntimo processo de gravação do mais recente disco de Legendary Tigerman no seu ‘covil’, onde impera a persistência, criatividade, colaborações, novos instrumentos e sons. Ver
 Trailer.

- “The Alchemy Of Spirit”, de DROI ID, acerca do Festival Boom, edição de 2012, com testemunhos de milhares de pessoas de todo o mundo - os boomers - que de dois em dois anos partilham as suas histórias, sonhos e uma realidade paralela durante o mês de agosto. Um modo de vida diferente, revolucionário, em harmonia com o planeta e com o próximo.

- “Mudar de Vida”, da dupla Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro, retrata a vida e obra de José Mário Branco, ao longo de sete anos. Músico, compositor, poeta, ator, ativista, cronista, produtor musical, José Mário Branco é o homem dos sete ofícios. Fala-nos de música, das suas convicções, da sua geração, do Estado Novo, da guerra colonial, da sua prisão e exílio. Não fosse ele o autor do tema “A Cantiga é uma Arma” ou de “F.M.I.” escritas há mais de 40 anos que não perderam a atualidade. Ver
Trailer.


As Odisseias Musicais + Palco Internacional contam com nove longas-metragens selecionadas:
- “Leave The World Behind”, realizado pelo premiado Christian Larson (Swedish Grammy Award) sobre a última tour dos Swedish House Mafia, que teve a sua separação oficial a 24 de março de 2013. O filme mostra-nos como este trio de DJs e produtores levou a música eletrónica aos tops, tocando um pouco por todo o mundo. Ver Trailer.

- “Our Vinyl Weighs a Ton (This Is Stones Throw Records)” realizado por Jeff Broadway que terá a sua estreia em Portugal na sessão de abertura do Muvi Lisboa’14. Esta longa conta a história da editora discográfica Stone Throw Records com entrevistas inéditas de Kanye West, Snoop Dogg, A-Trak, Mayer Hawthorne, PB Wolf, Common, Madlib, Questlove, Talib Kweli, Mike D (The Beastie Boys), Tyler the Creator, Dam-Funk. Ver
 Trailer.

- “Marina” filme biográfico realizado por Stijn Coninx sobre o músico italiano Rocco Granata que ficou conhecido mundialmente pelo tema ‘Marina’ em 1959. Durante a sua infância, Rocco mudou-se para a Bélgica, teve sucesso a tocar acordeão na sua banda "The International Quintet" e fez uma tour nos Estados Unidos. Uma aventura de um rapaz rebelde que seguiu a sua paixão pela música. Ver
 Trailer.

- “Deep City” de Dennis Scholl, Marlon Johnson e Chad Tingle sobre o impacto da Deep City Records na evolução da música soul e funk no sul da Flórida. Tendo como sede a cidade de Miami, esta editora marcou toda uma era de referência que começou por se mover na década de 60 entre pequenos circuitos de distribuição e que aos poucos conquistou uma posição de referência no mercado musical. História de inspiração e um reconhecimento há muito merecido para este pioneiro movimento musical. Ver
 Trailer.

- “Good Ol' Freda” realizado por Ryan White sobre Freda Kelly e os seus 11 anos ao serviço da banda The Beatles como fiel secretária. Freda conta a sua história pela primeira vez depois de terem passado 50 anos desde esta aventura que mudou a sua vida. Ver
 Trailer.

- “Castle Crash” de Arsen Oremovic, retrata como Matej Meštrović, pianista e compositor, e a Orquestra de Percussão SUDAR captaram sons para a composição do disco no Castelo de Sv. Križ Začretje, na Croácia. Enquanto que o som é captado do eco vindo das paredes do castelo, o pianista e a sua banda criam uma sonoridade única, paralela à estranha história da dona do castelo que vive em circunstâncias de extrema pobreza, apesar de toda a exuberância e luxo que a rodeiam. Esta é a história sobre a banda musical de Matej Meštrović, mas também uma dura crítica a uma sociedade indiferente e negligente sobre o património cultural. Ver
 Trailer.

- “The Labèque Way” de Felix Cabez, produzido pela produtora de Pedro Almodóvar (El Deseo) sobre duas grandes pianistas, Katia e Marielle Labèque, que através deste documentário mostram as suas interpretações com diversos músicos, ressaltando a música enquanto forma de constante crescimento não só como artistas mas como mulheres. Trata-se de um retrato da sua residência artística na cidade de Valladolid onde esta dupla de irmãs explora a sua paixão pela cultura espanhola por entre diversas aventuras musicais. Ver
 Trailer.

- “The Winding Stream”, documentário histórico de Beth Harrington, que retrata as raízes da dinastia musical americana composta pelos Carters e os Cashes. O filme acompanha o declínio, influência, a transformação na atuação das irmãs Carter, a aliança matrimonial com o legendário Johnny Cash e o empenho no atual  destas famílias em manter vivo o seu legado. Ver
 Trailer.

- “Que Caramba es la Vida” de Doris Dörrie sobre o mundo machista ‘Mariachi’ no México onde poucas mulheres conseguem entrar. Mais do que música, é um modo de vida altamente masculino que domina este tipo de ‘negócio’. A primeira banda feminina mariachi, formada em 1959, ainda toca nos dias de hoje. História de amor, vida e morte e de um caminho no meio de ambas. Ver
 Trailer.

O MUVI Lisboa'14 é o primeiro festival de cinema específico sobre música e de 3 a 7 de setembro vai invadir o Cinema São Jorge em Lisboa com o que de melhor se tem feito no âmbito do cinema sobre música.

Continuem a colocar o MUVI Lisboa em acção, basta 1 acorde em: http://ppl.com.pt/pt/prj/muvilisboa
WDFUNDING
EVENTO NO FACEBOOK

 



publicado por olhar para o mundo às 10:23 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Adorei esta versão da original de Silvio Rodriguez...
Música sempre atual
Muito obrigado pela informação, já actualizei o po...
Os créditos da Praia dos Lilases são do próprio Si...
Fico muito contente pela Carolina, há muito que me...
Amei😍💝
Muito bonita a música 😍
Essa letra me faz viajar, sonhar me encanta e a mu...
Grandas rappers
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds