Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

 

 

Letra

 

 

Guess it's true, I'm not good at a one-night stand
But I still need love 'cause I'm just a man
These nights never seem to go to plan
I don't want you to leave, will you hold my hand?

 

Oh, won't you stay with me?
'Cause you're all I need
This ain't love it's clear to see
But darling, stay with me

 

Why am I so emotional?
No it's not a good look, gain some self control
And deep down I know this never works
But you can lay with me so it doesn't hurt

 

Oh, won't you stay with me?
'Cause you're all I need
This ain't love it's clear to see
But darling, stay with me

 

Oh, won't you stay with me?
'Cause you're all I need
This ain't love it's clear to see
But darling, stay with me

 

Oh, won't you stay with me?
'Cause you're all I need
This ain't love it's clear to see
But darling, stay with me






publicado por olhar para o mundo às 18:49 | link do post | comentar

Festival Jazz de Viana associa-se à luta contra tortura

Um concerto de bateria construída com objetos associados à tortura é a novidade do "Jazz na Praça da Erva", entre 7 e 9 de agosto em Viana do Castelo, inserido na campanha mundial ‘Stop Torture', anunciou hoje à organização.

 

"O objetivo é chamar a atenção para um problema que, segundo o relatório mais recente da Amnistia Internacional (AI), subsiste em 141 países, cerca de três quartos de todos os países que existem no mundo", explicou Luís Braga do núcleo local da AI.

 

O concerto "bateria tortura" está marcado para 8 de agosto integrado na programação da 23.ª edição do festival de jazz de Viana do Castelo, apresentada hoje publicamente.

 

"A bateria utilizada nesta ‘performance’ é feita de objetos do nosso dia-a-dia que, em muitos países, são utlizados como instrumentos de tortura. Por exemplo, os pratos da bateria são as coberturas de candeeiros metálicos. Mas há bidões, baldes arames, facas, fios elétricos. A ideia é dizer às pessoas que a tortura diz respeito a toda a gente. No fim do concerto, convidamos as pessoas a assinarem as petições no sentido de nos ajudarem a acabar com esta prática", sublinhou Luís Braga.

 

Nigéria, México, Marrocos, Filipinas e Uzbequistão são os países que mais preocupam a AI por afetar "pessoas comuns".

 

"Há casos muito singelos de mães que são torturadas que vão reclamar da situação de filhos que estavam detidos. Não estamos a falar de políticos ou de ativistas de grande visibilidade", avançou.

 

A ideia de incluir este espetáculo na 23ª edição do "Jazz na Praça da Erva" foi proposta pelo núcleo local da AI à promotora do festival que convidou dois bateristas para tocarem o instrumento construído por Rui Pina.

 

Depois do concerto o instrumento ficará exposto até setembro num espaço da cidade para sensibilização da população para esta causa.

A 23.ª edição do Festival de Jazz de Viana do Castelo arranca dia 7 de agosto no mítico palco que o viu nascer e lhe deu o nome, a Praça da Erva, em pleno centro histórico da cidade com o concerto dos "Espécie de Trio".

 

No dia 8, antes do concerto de bateria, atuam no mesmo espaço osc.

 

O festival, este ano subordinado ao tema "Os caminhos do Jazz-fusão e globalidade" fecha com Mário Laginha e o seu mais recente projeto, "Terra Seca" no Teatro Municipal Sá de Miranda.

 

"É um espetáculo imperdível porque representa um momento especial na carreira do Mário Laginha, vai funcionar durante um período de tempo limitado e foi apresentado em muito poucos locais", adiantou David Martins, o promotor do festival que conta com o apoio da Câmara Municipal.

 

O bilhete custa 12 euros e é o único espetáculo do festival com entrada paga.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:06 | link do post | comentar



publicado por olhar para o mundo às 08:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Júlio Pereira e Fairport Convention em Go Folk Fest

O músico Júlio Pereira (na fotografia) e o grupo britânico Fairport Convention são os destaques do 1.º festival internacional de música folk a realizar no Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia, na próxima sexta-feira e no sábado.

 

O Go Folk Fest é promovido pela Associação de Beneficência Popular de Gouveia (ABPG), no âmbito do programa comemorativo do centenário do jornal Notícias de Gouveia, propriedade daquela instituição.

 

O festival começa na sexta-feira, às 21h30, com a atuação do grupo nacional "A Presença das Formigas", formado por Sara Vidal (voz), Manuel Maio (violino, bandolim, cavaquinho e voz) André Cardoso (guitarras e voz), Miguel Cardoso (baixo elétrico, viola braguesa e voz), Rui Ferreira (acordeão e teclados) e Rui Lúcio (bateria e percussão).

 

Segundo o programa hoje divulgado, às 23h00 haverá um espetáculo de música céltica pelos escoceses Fraser Fifield & Graeme Stephen.

 

A primeira noite do Go Folk Festival encerra com a atuação do grupo inglês The Strawbs, a partir das 00h15, formado por Dave Cousins (voz, guitarra e banjo), Dave Lambert (guitarras e voz) e Chas Cronk (baixo, guitarra e voz).

 

No sábado, pelas 20h30, sobem ao palco os espanhóis Noega e, às 22h00, começa o concerto de Júlio Pereira, acompanhado por Sandra Martins (violoncelo), Miguel Veras (guitarra) e Luís Peixoto (bandolim).

 

O festival termina com a atuação da banda inglesa Fairport Convention (23h45), considerada uma "lendária formação da folk britânica".

 

Luís Carrilho, presidente da ABPG, disse hoje à agência Lusa que o festival internacional de música folk surgiu com o objetivo de oferecer ao público "uma música diferente", que representasse "alguma novidade" no panorama nacional e que "ombreasse" com os 100 anos do jornal centenário Notícias de Gouveia.

 

O evento musical também foi projetado tendo em conta a existência do Parque da Senhora dos Verdes, onde a ABPG investiu cerca de cinco milhões de euros.

 

Luís Carrilho assume que o espaço e o cartaz "garantem a qualidade" do evento, para o qual deseja a participação de duas mil pessoas. A organização disponibiliza acampamento gratuito no parque de campismo local, mediante a apresentação do bilhete de acesso ao festival.

 

Os preços para o Go Folk Fest de Gouveia variam entre os 10 euros (sexta-feira), 15 euros (sábado) e 20 euros (para os dois dias).

 

Os bilhetes podem ser adquiridos no local ou previamente aos balcões dos CTT e através do portal do festival, em www.gaudela.net/gofolk.

 

Estão também à venda nas receções da Unidade de Cuidados Continuados da ABPG e da piscina do Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 20:03 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Ah, ah, ah, minha machadinha,
Ah, ah, ah, minha machadinha,
Quem te pôs a mão sabendo que és minha?
Quem te pôs a mão sabendo que és minha? 


Sabendo que és minha, também eu sou tua,
Sabendo que és minha, também eu sou tua,
Salta machadinha, lá p'ró meio da rua.
Salta machadinha, lá p'ró meio da rua.


No meio da rua não hei-de eu ficar,
No meio da rua não hei-de eu ficar,
Eu hei-de ir à roda escolher o meu par.
Eu hei-de ir à roda escolher o meu par.


O meu par já eu sei quem é,
O meu par já eu sei quem é,
É um rapazinho chamado José.
É um rapazinho chamado José.


Chamado José, chamado João,
Chamado José, chamado João,
É o rapazinho do meu coração.
É o rapazinho do meu coração.



publicado por olhar para o mundo às 17:42 | link do post | comentar

Festas do Barreiro

 

Festas do Barreiro 2014

Programação do Palco Juventude

 

As Festas do Barreiro 2014 arrancam na sexta-feira, 8 de agosto. Durante os dez dias do evento, muitas são as iniciativas previstas para o Palco Juventude, instalado junto à Piscina Municipal do Barreiro, na Avenida Bento Gonçalves (“da Praia”).

 

Programação do Palco da Juventude:

8 agosto | 23h00 | Cat Bombs | The Quartet of Whoa!

9 agosto | 23h00 | New Mecanica

10 agosto | 23h00 | Words of Truth | Warriors Against the System

11 agosto | 22h30 | The Fishers Dj 7

12 agosto | 23h00 | G.M.S. STRESS | Se7en | Trouble & Dillano

13 agosto | 23h00 | Barreiro Soudja | DJ Snull

14 agosto | 23h00 | OUT.RA nas Festas com ASIMOV e OUT.RA Soundsystem

15 agosto | 15h00 | Gasoline na Festa | Campeonato de mini Half | Rebel in Packages | Groove Mood

16 agosto | 16h30 | VI Grande Arraial da Juventude com Ondness, Goza e Djs

17 agosto | 17h30 | Bro-X (Live ACT & DJ7)

 

Programação do Palco das Marés

 

A banda THE GIFT, sexta-feira, 8 de agosto, 22h00, recorde-se, abrirá a programação do Palco das Marés (cartaz em anexo). Quim Barreiros encerrará, no mesmo Palco, a edição 2014 das Festas.

 

Os espetáculos têm, todos, entrada livre.

 

Todos os pormenores sobre a Programação, nas mais diversas áreas – Artesanato, Feirantes, Tasquinhas, Divertimentos, Juventude, Desporto, Espaço Infantil, Exposições, e Mostra Empresarial e Institucional –, podem ser consultados no Sítio Oficial da CMB na Internet, no link http://www.cm-barreiro.pt/pt/conteudos/municipio/Festas+do+Barreiro+2014/.

 

CMB 2014-07-29



publicado por olhar para o mundo às 12:47 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

eu fugi da cidade para ver o mundo à roda 
e amor eu descobri que o que parte já não volta 
e eu não volto mais... a casa 
e tu és tu e eu sou eu e mais nada 
amor é mais que a morte os meus sonhos que tu rasgas 
não te importes muito. amor são só lágrimas 
o bairro é triste agora, são saudades e promessas 
e as memórias... (tu) esquece-as depressa 
tudo isso e... tudo o resto 
e falamos como estranhos e amamos como sexo 
e partimos e voltamos e juramos sem nexo 
lembramos tudo o resto e rasgamos o universo 
e amor... não o confesso a mim 
sinto saudades de lisboa e sinto saudades de ti 
e eu sei que o tempo voa e é já é tarde para nós 
e não regresso para lisboa sem esquecer aquilo que fomos 

escondemos essa dor com o futuro aos nossos pés 
juras que é amor quando nem saudade é 
e é vergonha de chorar. jurar que o mundo viu 
qual sorriso e qual olhar, tu foste tudo o que partiu 
mostramos todo o ódio sem que o mundo veja 
falamos com os olhos o que a cobardia deixa 
e amor aquilo que escrevo... é só para que tu leias 
semeias como putos os segredos como teias 
fugir daqui ou fugir de ti 
deixar o coração agir ou fugir de mim assim 
falas de outra sorte. eu chego a outro porto 
e vou iludindo a morte a escrever sobre o amor



publicado por olhar para o mundo às 08:16 | link do post | comentar

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:11 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 15:19 | link do post | comentar

Planeta Fluffen

 

Os Planeta Fluffen são um quarteto musical composto por quatro pessoas. Isto porque os elementos sentiram a necessidade de se distinguir de outros quartetos musicais compostos por três pessoas e um bacalhau.


Os Planeta Fluffen são uma banda de música trágico-cómica. Trágico porque ninguém sabe cantar nem tocar como deve ser e cómica porque isso é engraçado.


A banda juntou-se pela primeira vez em 1975, quando ainda nenhum dos quatro era nascido, e separou-se pouco tempo depois porque ninguém aparecia aos ensaios. Voltaram a reunir-se em 2010, já então totalmente nascidos, para formarem o Agrupamento Recreativo e Musical Planeta Fluffen.


Os Planeta Fluffen ambicionam resolver os grandes problemas do mundo através da sua música. Especialmente os que são solucionáveis musicalmente.

 

Eles vão vão estar em palco com o ator Ricardo Carriço e Lola das Anarchicks para um momento único de Comédia Musical no Teatro Villaret, na próxima sexta-feira, dia 1 de Agosto às 21h30 durante o Festival de Comédia Villari-te 2014.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 14:11 | link do post | comentar

Melhor Amigo dá o Último Concerto do ano e convida os Lavoisier

 

 

Depois de 12 concertos, do bar ao museu, do teatro ao festival, da caixa de música ao clube de jazz, o Melhor Amigo passou pelo Porto, Madrid, Paris, Lisboa, Leiria e Coimbra, e agora volta a Lisboa para o último concerto de 2014. 

 

O concerto acontece 5ª feira, no dia 31 de Julho no Sabotage Club às 22:30, ao Cais do Sodré. Para tornar a ocasião   especial a banda convidou os Lavoisier.** Esperem portanto, uma noite de amigos e amores, calor, copos e canções de fazer rebentar o coração, mesmo antes que Agosto chegue e entregue meio mundo à silly season. O bilhete custa 5 euros.

 

Gui Garrido é o MELHOR AMIGO de António Pedro Lopes, e juntos fazem canções pop sobre errância, amores experimentais e atravessar a nossa época entre ataques de pânico, clarividência e desejos de liberdade. O dramatismo da voz de António Pedro Lopes aliado à melancolia e ecletismo do piano e da distorção das guitarras de Gui Garrido cria canções sem fronteiras de estilo que tanto denunciam como enternecem, ou convidam o ouvinte a querer entrar numa viagem derivante cujo fio é uma pop iluminada no escuro.

 

Lavoisier é formado por Roberto Afonso e Patricia Relvas, que nasce com a necessidade interior de criar um diálogo, onde a expressão musical é elevada ao seu expoente mais sensível. O facto de terem vivido em Berlim entre 2009 e 2013, fez com que conseguissem ver de fora o que nunca viram de dentro percebendo então que o caminho do projecto passaria mais pela música cantada em português. Com um inevitável saudosismo aprenderam a valorizar a música popular portuguesa, como diria Fernando Lopes Graça: "A música popular portuguesa é bela, difícil é reconhecê-lo...".  www.whoislavoisier.com   


publicado por olhar para o mundo às 12:40 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Mais um dia em que o tempo não passou
Cada dia estou mais longe do céu
Só queria emendar o que falhou
Por magia voltar a tu e eu
Pois tu és a minha vida, o ar que eu respiro
Só tu és meu santuário, meu abrigo

(Refrão)
Se eu acreditar que não te perdi,
Se eu imaginar, que ainda estás aqui
E seu eu desejar, como quem ama faz
Será que o tempo volta para trás

Mais um dia sem a luz do teu olhar
Cada dia tou mais longe de ti
Só queria o teu corpo abraçar
Por magia abrir os olhos e ter-te aqui
Pois tu és a minha vida, o ar que eu respiro
Só tu és meu santuário, meu abrigo

(Refrão)
Se eu acreditar que não te perdi,
Se eu imaginar, que ainda estás aqui
E seu eu desejar, como quem ama faz
Será que o tempo volta para trás

Vou imaginando onde tu estarás
Vou pedindo ao tempo para voltar para trás
Mas não sou capaz...

(Refrão)
Se eu acreditar que não te perdi,
Se eu imaginar, que ainda estás aqui
E seu eu desejar, como quem ama faz
Será que o tempo volta para trás




publicado por olhar para o mundo às 08:08 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014
Letra
We clawed, we chained our hearts in vain
We jumped never asking why
We kissed, I fell under your spell.
A love no one could deny

Don't you ever say I just walked away
I will always want you
I can't live a lie, running for my life
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was wreck me
Yeah, you, you wreck me

I put you high up in the sky
And now, you're not coming down
It slowly turned, you let me burn
And now, we're ashes on the ground

Don't you ever say I just walked away
I will always want you
I can't live a lie, running for my life
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was wreck me

I came in like a wrecking ball
Yeah, I just closed my eyes and swung
Left me crashing in a blazing fall
All you ever did was wreck me
Yeah, you, you wreck me

I never meant to start a war
I just wanted you to let me in
And instead of using force
I guess I should've let you win
I never meant to start a war
I just wanted you to let me in
I guess I should've let you win

Don't you ever say I just walked away
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was wreck me

I came in like a wrecking ball
Yeah, I just closed my eyes and swung
Left me crashing in a blazing fall
All you ever did was wreck me
Yeah, you, you wreck me
Yeah, you, you wreck me

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Paulo de Carvalho

 

A viver uma excelente fase criativa Paulo de Carvalho apresenta Voz & Piano – um espetáculo intimista com convidados como o ator João Loy e o pianista Victor Zamora, interpretando as canções mais célebres dos seus 52 anos de carreira.


As canções de Paulo - E Depois do AdeusOs Meninos do Huambo10 AnosGostava de Vos Ver AquiO Meu Mundo InteiroNini dos Meus 15 AnosMãe Negra - são alguns dos temas aqui revisitados, envolvendo o público e levando-o a recordar.


Nome incontornável da música portuguesa, Paulo de Carvalho volta ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, no dia 13 de Setembro 2014, para um espectáculo 

 

Local - Centro Cultural Olga Cadaval | Auditório Jorge Sampaio
Data - Dia 13 de Setembro de 2014
Hora - 21:30 horas
Bilhetes à venda no Centro Cultural Olga Cadaval, nos locais habituais

 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:29 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu não sei
Viver sem ti
Cliché ou má sorte
mas é mesmo assim
que eu sinto

Dou por mim a pensar
nos momentos
que ficaram para trás

Seja por fotografia
ou a dor desta ferida
lembram-me
que tens de voltar

Volta
e leva-me de volta
que eu já dei tantas voltas
e não consigo soltar-me de ti

Volta
e leva-me de volta
que eu já dei tantas voltas
e não consigo soltar-me de ti

O tempo
parou para mim
e as cores
não mais pintam o meu jardim

Tudo é sobre nós
ainda sinto o teu cheiro
nos meus lençóis

A tua falta deixa um vazio
que não para de crescer
e lembra-me que tens de voltar

Volta
e leva-me de volta
que eu já dei tantas voltas
e não consigo soltar-me de ti

Volta
e leva-me de volta
que eu já dei tantas voltas
e não consigo soltar-me de ti

 

 

 

Letra

 

A letra está no vídeo



publicado por olhar para o mundo às 17:05 | link do post | comentar

Rui Veloso abre ciclo “Grandes Concertos do Casino Estoril”

O músico Rui Veloso abre hoje o ciclo “Grandes Concertos do Casino Estoril”, que se realiza todas as quintas-feiras até 11 de setembro. Rui Veloso atua acompanhado pelos músicos Alexandre Manaia e Berg, apresentando um alinhamento que inclui, entre outras, as canções “Porto Covo”, “Porto Sentido”, “Não Há Estrelas no Céu”, “O Prometido é Devido” e “Lado Lunar”, segundo a mesma fonte.

 

Os oito concertos previstos, sempre às 22h30, têm lugar no Lounge D do casino, e propõem “uma programação musical eclética” que tem como alvo “um público heterogéneo”, segundo a organização. “Alguns dos melhores intérpretes nacionais apresentam composições inéditas e revivem grandes êxitos”, acrescenta.

 

A Rui Veloso segue-se os Clã que tocam no dia 31 de julho seguindo-se Pedro Abrunhosa, no dia 7 de agosto, com o Comité Caviar, Miguel Gameiro no dia 14, Ana Moura, no dia 21, e a fechar o mês Paulo Gonzo, que atua no dia 28.

 

Tiago Bettencourt abre o mês de setembro, atuando no dia 4, e Richie Campbell encerra o ciclo no dia 11, apresentando o seu mais recente álbum, “Focused”, saído em dezembro passado.

 

Retirado do Sapo Música

 



publicado por olhar para o mundo às 12:46 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu sei, gostas de,comprar roupas de marca,
Eu sei, gostas de, ter a conta recheada,
um carro ou dois no portao,
casa para o inverno e para o verao,
baby, podes querer, tu mereces isso e muito mais,

Se algum dia a sorte acabar,
Sera que vais mudar,
Se algum dia nao te poder dar,
tudo o que posso dar,
sera que alguma coisa vai mudar,
sera que vaisme amar ,
se algum dia a sorte acabar,
nao sei se vais ficar,

(refrao)
dizme o que e importante pra ti,
gostas de mim ou do que te posso dar,
se algum dia o conforto acabar,
quero saber o que vai acontecer,
dizme o que e importante pra ti,
gostas de mim ou do que te posso dar,
se algum dia o conforto acabar,
quero saber o que vai acontecer,
(refrao)

Eu sei, gostas de ter a roupa engomada,
E sei , gostas de ter a casa arrumada,
sentado e a ler um jornal,
enquanto eu faco o jantar,
baby, eu nao sei, se mereces isso e muito mais,

se algum dia eu me cansar,
sera que vais la estar,
te pedir pra me ajudar,
nao sei se vais escutar,
sera que vaisme abandonar,
sera que vou poder contar, contigo,

refrao



publicado por olhar para o mundo às 08:33 | link do post | comentar

Domingo, 27 de Julho de 2014

Portugal À gargalhada

 

Depois do fim de semana de ante-estreias, a noite de 23 de Julho foi marcada pela estreia da mais recente Revista de Filipe La Féria, PORTUGAL À GARGALHADA e que estará em cena nos próximos meses no Teatro Politeama.

 

Em palco um elenco absolutamente irrepreensível encabeçado por Marina Mota, Joaquim Monchique, José Raposo e Maria João Abreu, que regressam ao trabalho com La Féria, ao lado de um leque de jovens actores e cantores de qualidades artísticas multifacetadas, tais como Paula Sá, Ricardo Soler e ainda Patrícia Resende, Filipe Albuquerque, Bruna Andrade, David Mesquita, Paulo Miguel e um exímio corpo de baile com coreografias assinadas por Marco Mercier. A Música esteve a cargo de uma grande orquestra dirigida pela mão de Mário Rui.

 

La Féria escreveu, musicou, encenou e criou os cenários desta nova grande aposta que é uma belíssima homenagem à cidade de Lisboa, e tal como acontece sempre nos seus trabalhos, fez-se acompanhar de um leque de profissionais como o Mestre José Costa Reis que assina figurinos e telões, Helena Rocha na dramaturgia e Nuno Guerreiro na assistência de encenação.

Mais um grande trabalho de La Feria, de qualidade, rigor e brilho inquestionáveis, digno dos palcos das melhores capitais mundiais.



publicado por olhar para o mundo às 23:37 | link do post | comentar

Festas do Barreiro

 

Festas do Barreiro 2014, de 8 a 17 de agosto

Programação das Tasquinhas | Entrada Livre

 

As Festas do Barreiro 2014 decorrem de 8 a 17 de agosto. A zona das Tasquinhas é, sempre, caracterizada por grande animação. Todas as noites, a partir das 21h00, há espetáculo. Para os habituais “comes e bebes”, haverá sete estabelecimentos.

 

O programa de atuações do Palco das Tasquinhas é o seguinte:

8 de agosto (6ª feira) – Noélia Costa

9 de agosto (sábado) – Paulo Correia

10 de agosto (domingo) – Vasco

11 de agosto (2ª feira) – Nuno Ropio

12 de agosto (3ª feira) – Francisco Cabrita

13 de agosto (4ª feira) – Nélio Pinto

14 de agosto (5ª feira) – Tó-Zé

15 de agosto (6ª feira, feriado) – Duo Latino

16 de agosto (sábado) – Vítor Bento

17 de agosto (domingo) – Zé Marques

 

Para os habituais “comes e bebes”, na zona das Tasquinhas haverá os seguintessete estabelecimentos como opção: BAR MOITENSE, MORABEZA, A CHICA DO RINA, CONVENTO DO BARREIRO, TASCA DO GORDO, FERRO VELHO e BAR TEIXEIRA.

 

Programação do Palco das Marés

 

A banda THE GIFT, sexta-feira, 8 de agosto, 22h00, recorde-se, abrirá a programação do Palco das Marés.

 

A programação do Palco das Marés é a seguinte:

THE GIFT

8-AGOSTO | 6ª FEIRA | 22h00

 

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION

9-AGOSTO | SÁBADO | 22h00

 

MARIA CAFÉ E CRUZADOS

10-AGOSTO | DOMINGO | 22h00

 

CAELUM'S EDGE

11-AGOSTO | 2ª FEIRA | 22h00

 

RODA MÁGICA

12-AGOSTO | 3ª FEIRA | 21h30

 

BON SAUVAGE

13-AGOSTO | 4ª FEIRA | 22h00

 

NOITE FADOS – JOSÉ GUERREIRO; GUITARRA: MANUEL DOS SANTOS; VIOLA DE FADOS: ANTÓNIO CARDOSO

14-AGOSTO | 5ª FEIRA | 22h00

 

BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO

15-AGOSTO | 6ª FEIRA | 22h00

 

D.A.M.A.

16-AGOSTO | SÁBADO | 22h00

 

QUIM BARREIROS

17-AGOSTO | DOMINGO | 22h00

 

Os espetáculos têm, todos, entrada livre.

 

+INFO sobre esta iniciativa, com Artesanato, Feirantes, Tasquinhas, Divertimentos, Juventude, Desporto, Espaço Infantil, Exposições, e Mostra Empresarial e Institucional, no Sítio Oficial da CMB na Internet, no link http://www.cm-barreiro.pt/pt/conteudos/municipio/Festas+do+Barreiro+2014/.

 

 

CMB 2014-07-25



publicado por olhar para o mundo às 20:34 | link do post | comentar

 

Letra

 

Desde o momento em que te vi
soube que eras certa para mim
vi-te com o teu homem e sonhei
foste tudo quanto desejei. (oh, oh)
Na minha mente tirei te o vestido
deitei te no sofá beijei-te num umbigo
senti o teu sabor rolamos no chão
pouco depois estragávamos o teu colchão.
Imaginei-te deitada no meu peito
à media luz num cenário perfeito
e por momentos eu fui o teu herói
baby como dói é tudo ilusão.

Refrao: (2x)
Eu imaginei
tu estavas aqui
mas tu nem sequer
olhavas pra mim

Hei, quero que saibas que não me vou esquecer de ti
e apesar de tudo eu sei muito bem 
que tu nem sequer sabes quem eu sou
pra ti sou ninguém
mas o amor que eu tenho chega pra nós dois
sim.... foste muito mais que um desejo
olhava ao longe tu e o teu homem baby como eu invejo
e nunca saberás o quanto eu te quis
vou pensar em ti
tu serás pra mim
um amor secreto, uma fantasia
ate ao fim baby ate ao fim (oh, oh, oh)

Refrão: (2x)

Nunca olhas-te para mim baby
Mas eu sei que tu nasceste para mim baby
Eu quero ser o teu amor, estar a teu dispor, sentir o teu calor 
Dá-me uma chance pra conquistar o teu amor
Quando passavas com ele de mão dada
Vi nos teus olhos que estavas apaixonada
Não disse nada, mas sonhava, 
eu invejava nunca ter beijado a mulher que eu desejava
e no meu quarto sozinhos a incomodar os vizinhos
a acertar-te em cheio
tu a partires meu freio
e ao domingo levar-te a jantar
dar-te lanche no meu colo e te acochilar
há bué que eu já quero mas nunca aconteceu
quem devia estar aí era eu

Refrão: (2x)



publicado por olhar para o mundo às 17:31 | link do post | comentar

CHERRY: A VOZ REVELAÇÃO APRESENTA-SE COM

 

CHERRY: A VOZ REVELAÇÃO APRESENTA-SE COM "FIVE KNIVES"

Single de estreia já tem vídeo e já está disponível nas plataformas digitais

Chama-se "Five Knives", já tem vídeo e é o primeiro cartão de visita de Cherry, a apaixonante voz revelação que vai ser editada pela mão da Universal Music Portugal, em parceria com a Blim Records.

Nascida em Lisboa e a viver em Londres, Ana Caldeira foi descoberta num dos ambientes em que se sente mais confortável: em palco. A voz com que nos seduz conta-nos histórias sobre mulheres, das reais às que habitam no nosso imaginário, das suas diferenças a tudo o que têm em comum.

Longe de ser o ponto de partida mas a abrir esta nova viagem, "Five Knives" já pode ser ouvida na banda sonora da novela "Beijo do Escorpião", na TVI. A canção fala do poder das palavras, que, numa discussão, metaforicamente se transformaram em facas mortais.

Em nome próprio, o álbum de estreia de Cherry está já a ser finalizado e será lançado logo a seguir ao Verão, com 11 canções cheias de personalidade. Até lá, "Five Knives" está já disponível nas plataformas digitais e nas rádios nacionais.

 



publicado por olhar para o mundo às 12:07 | link do post | comentar

 

Letra

 

pi pi pi pi pi pi pi pi pi 

trim trim trim

-sim
-tou 
-sim
-podes me ouvir?
-acho que já dissemos tudo
-sim mas...

ás vezes não me ouves mas não faz mal
depois eu exagero
mas não é por mal
e se eu disser que não quero mais é mentira mentira

eu nunca te entendi
nem posso entender 
tudo o que eu faço é gostar de ti
sei que posso errar
dou o braço a torcer
mas não te esqueças neste barco somos dois
baby calma ai
não sou sempre eu
muitas vezes quis falar contigo mas não deu 
só te peço o mesmo que me pedes a mim
se me amas sei que será assim

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

podemos discutir isso é normal
depois quando fazemos pazes 
é tão especial
á noite ao deitar 
mesmo sem tocar
sei que estás ao meu lado
posso descançar

tens razão...
já passou dissemos tanta coisa ás vezes sem pensar
no final o que interessa 
é o sentimento 
e o que sentimos

vou fazer tudo para não te perder
sem te tocar não faz sentido viver 
nem que o mundo caia sobre nós 
estaremos juntos
só tu podes ser a luz do meu coração
basta querer está tudo na nossa mão
agora sei
que é o amor
só podes podes ser tu
e quando parecer o fim 
lembra-te....

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

é mentira
é mentira
é mentira
é mentira
vou fazer tudo para não te perder
sem te tocar não faz sentido viver 
nem que o mundo caia sobre nós 
estaremos juntos
só tu podes ser a luz do meu coração
basta querer está tudo na nossa mão
agora sei
que é amor
só podes podes ser tu
e quando parecer o fim 
lembra-te....

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira



publicado por olhar para o mundo às 08:29 | link do post | comentar

Sábado, 26 de Julho de 2014

 

Letra

 

Talking is so easy
To let the words come out of your mouth
Flying like a flock of piercing knives
Your heart might be warm and tender
But words break through as cold and freezing knives
I wish I could back now and say 

I watch you
I need you tonight
I was waiting for you
I watch
I need you tonight

Five knives stab into my chest
I know the words I said to you
Hanging on the wall of memories
I would be surprising to you
The sweetest thoughts I want to share with you
If only I could turn back time and say

I watch you
I need you tonight
I was waiting for you
I watch
I need you tonight

Living isn't easy
When you can see into your heart
I hope it's not late to change my fate
And change the words I said to you

I watch you
I need you tonight
I was waiting for you
I watch
I need you tonight

I watch you
I need you tonight
I was waiting for you
I watch
I need you tonight


So replay my story cause I have a load of sweet words
For you




publicado por olhar para o mundo às 23:10 | link do post | comentar

 

Vilar de Mouros

 

Festival Vilar de Mouros 2014, o 1º Festival 100% de Economia Social

Últimas confirmações e outras novidades

 

 

The Legendary Tigerman é a última confirmação artística para o cartaz do Palco Principal do Festival Vilar de Mouros 2014, estando o seu espectáculo marcado para 2 de Agosto. Também para o mesmo dia se confirma mais uma actuação no Palco Histórico, a do grupo Brantner.

 

As novidades relativas ao Festival Vilar de Mouros, que se realiza de 31 de Julho a 2 de Agosto, continuam a surgir e a tornar ainda mais especial o regresso daquele que é o mais antigo festival do país.

 

Além de ser o primeiro festival 100% de Economia Social, o Festival Vilar de Mouros 2014 é igualmente o primeiro festival a implementar o WalkTicket TM (www.walkticket.com).

 

Este novo sistema de bilhética consiste na utilização de um ingresso, que funciona como voucher ou folheto promocional, e que pode converter-se em bilhete válido para o evento a partir do momento em que o seu detentor pague o mesmo valor de um bilhete através do Multibanco, em qualquer caixa ou Homebanking. No próprio WalkTicket constam todos os dados necessários para a conversão do voucher em bilhete válido.

 

O acesso ao festival poderá ser efectuado com um bilhete diário (por 30,00€) ou com um passe de três dias (por 60,00€). Devido à enorme procura de bilhetes, e por razões de segurança, a organização do Festival decidiu – excepcionalmente este ano – permitir que também os festivaleiros com bilhete diário, e que pretendem utilizar o parque de campismo, inicialmente previsto apenas para os utilizadores com passe de três dias, o possam fazer.

 

É possível ainda adquirir o bilhete Acesso Exclusivo VIP, válido para os três dias do Festival e com uma edição limitada para apenas 50 unidades. Este bilhete dá acesso à zona VIP do Festival (onde estarão artistas, convidados e que tem uma vista privilegiada sobre o recinto) e inclui uma visita guiada ao backstage.

 

Por ser organizado pela Fundação AMA Autismo, uma IPSS que tem por missão promover o apoio e a valorização da pessoa com Perturbação do Espectro do Autismo, o próprio festival será também um espaço de sensibilização para esta problemática e para a divulgação desta complexa doença. O acesso à zona VIP é gratuito para pessoas com autismo ou outras problemáticas, com acompanhante e mediante marcação antecipada (sujeito à limitação do próprio espaço).

 

O Festival Vilar de Mouros VOLTOU e faz história inovando e contribuindo para que a música preste o seu tributo a uma causa social.

 

::::

 

 

MÚSICA + NATUREZA + HISTÓRIA + SOLIDARIEDADE SOCIAL

 

HORÁRIOS DOS CONCERTOS

 

31 de Julho

Quinta

1 de Agosto

Sexta

2 de Agosto

Sábado

Palco Principal

 

00:30 UB40’s Ali Campbell,

Astro and Mickey Virtue

23:00 LA UNION

21:30 BLIND ZERO

20:30 TRABALHADORES DO COMÉRCIO

19:30 CAPITÃO FAUSTO

 

 

00:15 PEDRO ABRUNHOSA

22:30 THE STRANGLERS

21:00 BLASTED MECHANISM

19:00 JOSÉ CID

 

 

 

01:30 GUANO APES

23:45 TRICKY

22:00 XUTOS E PONTAPÉS

20:30 DEOLINDA

19:30 THE LEGENDARY TIGERMAN

 

 

Palco Histórico

Vilar de Mouros Sunset

 

 

18:15 Youthculture (Reggae)

17:00 Paulo Baixinho & The Soul Brothers (Soul/Jazz)

 

 

18:15 Budda Power Blues (Blues)

17:00 Trio Págu (MPB)

 

18:30 The Lazy Faithful (Rock)

17:30 Búfalo (Rock)

16:30 Brantner

 

Nota: No dia 30 de Julho, decorre a recepção ao campista, a partir das 18h00, e a noite será animada por DJs. A entrada é gratuita nesse dia.

 

 

 

2 palcos (palco principal + palco histórico)

DJs

Campismo para bilhetes diários (novidade!!) e passes de três dias

Actividades radicais 

(slide, rappel, canoagem, arborismo, parede de escalada 10 metros)

Gastronomia

 

PREÇOS

Bilhete diário: 30,00€

Passe 3 dias: 60,00€

(ambas as modalidades dão acesso ao campismo)

 

BILHETES À VENDA EM

Last2ticket.com

www.vilardemouros.last2ticket.com

Ticketline.sapo.pt

ticketline.sapo.pt/evento/vilar-de-mouros-8445

CTT

www.ctt.pt/feblh/sku.jspx?shopCode=BLHT&itemCode=76437&idShow=76437&categoryCode=25000000636

 

HORÁRIOS GERAIS

INÍCIO PALCO PRINCIPAL: 19h30 

(à excepção do dia 1 de Agosto, cujas actuações começam às 19h00)

 

INÍCIO PALCO HISTÓRICO: 17h00

 

ABERTURA do RECINTO

30 de Julho: 18h00

31 de Julho, 1 e 2 de Agosto: 16h30

 

ENCERRAMENTO do RECINTO: 06h00

 

LINKS

www.festivalvilardemouros.com

www.facebook.com/FestivalVilarDeMouros

www.fundacaoamaautismo.pt



publicado por olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

 

 

Música: Eu Consigo (Dengaz feat AGIR)
Letra: 
AGIR:

Eu Consigo!

Mesmo quando pensas que não,
Mesmo quando fazes tudo para me deitar ao chão

Eu Consigo!

Pois dentro de mim existe chama,
Não me vais fazer a cama, nem me vais deixar na lama!

Eu Consigo!

Ignorar quando me queres mal,
Pois tudo o que eu faço da-me capacidade para tal

Eu Consigo!

Tal como ontem já conseguia, se tu ainda duvidas eu digo-te:
"Tchau até um dia"!

DENGAZ:
Disseram te que não eras capaz,
Tentaram desmotivar te e fazer te voltar pa trás!
Cada vez falam e tentam,
Mostram fraqueza ..e tenho pena
De vos ver a olhar cá pra cima
Com medo e fora de cena...BYE BYE!

Atacado sem nunca teres atacado ninguem
Mas o sucesso alheio incomoda quem ta ca e não da 100,
Por cento, mas sinto que não chega,
Enquanto a visão for cega
Caga nisso, nao fiques a espera
A minha derrota não vem!

Vem ver como quem nao andava agora voa,
Vem ver a prova de que a inveja não nos derruba
E claro que és melhor do que tudo o que eu sou!
Achas que aguentas o ritmo, entao..bro.. lets go!

AGIR:

Eu Consigo!

Mesmo quando pensas que não,
Mesmo quando fazes tudo para me deitar ao chão

Eu Consigo!

Pois dentro de mim existe chama,
Não me vais fazer a cama, nem me vais deixar na lama!

Eu Consigo!

Ignorar quando me queres mal,
Pois tudo o que eu faço da-me capacidade para tal

Eu Consigo!

Tal como ontem já conseguia, se tu ainda duvidas eu digo-te:
"Tchau até um dia"!

DENGAZ:

E Perder tempo não da,
Porque o tempo não está
A vossa espera sentado
Sem ti, contigo, sozinho eu tou lá!
Temos chama dentro de nós por isso cuspimos, ayaa!

Agora é hora de fazer o que quero
Agora bora fast kainda não tou perto!
Adoro o que faço isto bate tão certo!
Qualidade no que faço é trabalho concreto!
Enquanto tu paras e falas, eu tou com power e faço.
Para quem me pára com hallas, eu faço isto para agrada-las!

Tou tatuado, sem medo com vida, IMMA DREAMER,
Objectivo é chegares ao fim do dia e dizer YES IMMA WINNER!
Nao dependo de mais ninguem tenho em mim tudo o que eu preciso!
Eles sabem que sou bom so nao gostam quando eu consigo! bitch!!

AGIR:
Eu Consigo!

Mesmo quando pensas que não,
Mesmo quando fazes tudo para me deitar ao chão

Eu Consigo!

Pois dentro de mim existe chama,
Não me vais fazer a cama, nem me vais deixar na lama!

Eu Consigo!

Ignorar quando me queres mal,
Pois tudo o que eu faço da-me capacidade para tal

Eu Consigo!

Tal como ontem já conseguia, se tu ainda duvidas eu digo-te:
"Tchau até um dia"!

DENGAZ:

Agora nao , eu ja conseguia,
Tu tambem consegues, cala quem dizia
Que não eras bom, que não tens dom!
Querem falar de mim, falem como quem domina
A situaçao - CRITICA
Tao va , critica,
Pica te com a cena porque sabes q' ela é MITICA
Acabo com duvida, flow e LIRICA
Nao entendes o que digo , nao queiras ver a mimica ! ah!
Eu quero I GOT IT!
Não me tiram o Merito!
Não devo nada a ninguem na rua e no estudio com crédito!
E quem me apoia, ye i got youuu!
O desafio é ser melhor eu, não chega ser melhor que tu!

AGIR :

Eu Consigo!

Mesmo quando pensas que não,
Mesmo quando fazes tudo para me deitar ao chão

Eu Consigo!

Pois dentro de mim existe chama,
Não me vais fazer a cama, nem me vais deixar na lama!

Eu Consigo!

Ignorar quando me queres mal,
Pois tudo o que eu faço da-me capacidade para tal

Eu Consigo!

Tal como ontem já conseguia, se tu ainda duvidas eu digo-te:
"Tchau até um dia"!

 



publicado por olhar para o mundo às 17:10 | link do post | comentar | ver comentários (2)

ANA MOURA


ANA MOURA

"Desfado" distinguido nos Prémios Amália Rodrigues 2014

"Desfado", o mais recente álbum de Ana Moura, foi distinguido ontem, nosPrémios Amália Rodrigues 2014, com o prémio "Melhor Disco". Este prémio é atribuído à versão duplo CD do disco, intitulado "Desfado/Caixa Alfama", a qual chegou às lojas em Dezembro de 2013, um ano após a edição da versão standard.

O segundo disco incluía o registo ao vivo do concerto que a fadista havia dado em Lisboa, no festival Caixa Alfama, em Setembro de 2013. Aos grandes sucessos de 'Desfado', como o tema de Pedro da Silva Martins que dá nome ao disco, juntaram-se singles dos discos anteriores como 'Leva-me aos Fados', 'Caso Arrumado' ou o inevitável 'Os Búzios'.

Este é a segunda vez que Ana Moura recebe um Prémio Amália Rodrigues. A primeira havia sido em 2008, na categoria de Melhor Intérprete, após a edição do disco "Para Além da Saudade" (2007).

Editado pela Decca, 'Desfado' já ultrapassou as 80 mil unidades vendidas em todo o mundo. Em Portugal, está muito próximo de atingir a marca da Quadrupla Platina e o seu disco mantém-se no top de vendas há 88 semanas consecutivas, desde a sua edição, em Novembro de 2012.



publicado por olhar para o mundo às 12:11 | link do post | comentar

Rita Guerra

 

Rita Guerra, uma das maiores intérpretes nacionais regressa aos originais com “Volta”, o primeiro single do novo disco que tem edição prevista para a primeira semana de Outubro.

 

“Volta”, talvez a mais “fresca” das canções de Rita Guerra dos últimos anos, foi escrita por Heber Marques (HMB) e produzida por Mikkel Solnado, responsável pelos arranjos e direção do novo disco.

 

Enquanto se dão os retoques finais do novo álbum, “Volta” já se ouve na rádio e ao vivo, na Tour 2014 de Rita Guerra.

 

Próximas datas:

 

26 Julho – Vila de Rei

15 Agosto – Ílhavo

16 Agosto – Caminha

23 Agosto – Troia

30 Agosto - Viseu

 

 

 

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Corpo Estranho
(Letra e Música: João Mota e Pedro Franco)

 

“Tens a vida á tua frente”
Disse-te por seres criança
E eu andei cego e dormente,
Vivia a perder a esperança.

 

Esperei tirar tudo a limpo
Desfiar o meu engano
Ao viver dessa miragem
Não me tornei mais humano.

 

Encobri-me de silêncio
E o meu canto ensurdeceu
Tornei-me num corpo estranho
Que alguém diz que fui eu (morreu).



publicado por olhar para o mundo às 08:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

RITA REDSHOES  ESPETÁCULOS EM PORTO E LISBOA


RITA REDSHOES

ESPETÁCULOS EM PORTO E LISBOA

SÃO LUIZ - 20 SETEMBRO
CASA DA MÚSICA - 25 SETEMBRO

Rita Redshoes apresenta ao vivo "Life Is A Second Of Love" no próximo mês de setembro em Lisboa e no Porto, dando assim sequência à divulgação do seu mais recente disco.

Desde a revelação em 2007 com a canção "Dream On Girl" que Rita Redshoes tem coabitado o nosso imaginário levando à descoberta de canções ímpares através dos discos "Golden Era"(2008) e "Lights & Darks" (2010).

Já este ano, em Maio, Rita Redshoes editou o seu 3.º trabalho de originais - "Life Is A Second Of Love" - que a confirmou como uma das mais talentosas compositoras contemporâneas.

Estes espetáculos, a 20 e 25 de setembro, marcarão, respetivamente, o regresso de Rita Redshoes a estas salas emblemáticas de Lisboa e Porto depois de, em 2012, ter apresentado "The Other Women - O mundo nas canções d’elas", um tributo às vozes e compositoras que influenciaram o seu percurso artístico.

O São Luiz e a Casa da Música acolherão Rita Redshoes e banda para concertos centrados nas novas canções e sonoridades mas em que a songwriter dos sapatos vermelhos não deixará de percorrer o repertório dos álbuns anteriores - "Broken Bond", "White Lies" ou " There’s No Sky Above Our Heads" conviverão com os menos recentes "Choose Love", "Captain Of My Soul" ou "The Beginning Song".

Os bilhetes para estas apresentações terão valores entre 8€ e 15€ e serão colocados à venda durante a próxima semana.

Entretanto, ainda esta semana, Rita Redshoes desloca-se a Madrid para duas apresentações de caracter especial:

  • A primeira, dia 24, inserida no ciclo "Victoria - Summer Acoustic Concerts", na sala Cineto Y Pico;
  • A segunda, no dia seguinte, a 25, na Sala Contraclub, inserido em "Veranos de la Villa 2014".

Nos dois concertos, Rita Redshoes compartilhará o palco com Lucia Scansetti, um talento emergente do país vizinho.



publicado por olhar para o mundo às 21:10 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não Tenho Tempo Para Esperar Por Mim
(Letra e Música: João Mota e Pedro Franco) “Espera, que o dia há de chegar”
E eu desespero por esperar,
Por não saber o que me espera. Traço o meu rumo à direcção
Que me obrigar a inquietação,
Assim o coração prospera. E prendo-me, à luz do que me é anterior,
Nada me diz que o amanhã será melhor.
E a tudo o que é breve eu digo que sim,
Não tenho tempo para esperar por mim.


publicado por olhar para o mundo às 17:40 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Charanga ao vivo em Alma...

Paulo Sousa - Eu Não Vou

The Black Mamba - I Wanna...

CASUAR AO VIVO NA FNAC DO...

Sofia Vitória - ECHOES

Dona Carioca - Estreia no...

B-leza - Já Não Consigo

Barreiro - Camarro Fest d...

Sofia Vitória · Mother

Armando Teixeira | Miguel...

arquivos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Nao acaba assim... Segue se:Reza a historia que a ...
Adoro esta música faz pensar na vida como ela é
AMOR ELECTRO "SEI"Não sei se vou cá estar, Sei que...
Gostei muito da música tem uma letra poética e o p...
Penso que o penúltimo verso é:"apareceram roxos no...
Eu amo esse beat
musica esta boa
Fdx.Grande som.Brutal
O POEMA.......AS MAÔS FLUINDO... COM PAIXÂO O INST...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds