Sábado, 30 de Julho de 2011
Letra
Eu ouvi um passarinho 
às quatro da madrugada, 
Cantando lindas cantigas 
à porta da sua amada. 

Ao ouvir cantar tão bem 
a sua amada chorou. 
Às quatro da madrugada 
o passarinho cantou. 

Alentejo quando canta, 
vê quebrada a solidão; 
traz a alma na garganta 
e o sonho no coração. 

Alentejo, terra rasa, 
toda coberta de pão; 
a sua espiga doirada 
lembra mãos em oração 


olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Artigos recentes

The Gift - Índios

Buraka Som Sistema - NOVO...

ALA DOS NAMORADOS - Nomea...

The Gift - Me, Myself And...

Paus - "CLARÃO" ESTÁ DIS...

ROGÉRIO CHARRAZ APRESENTA...

UHF - Velhos Amigos (Onde...

Mariana Bandhold - "Sweet...

A Febre do Passado - Rogé...

Rita Redshoes: novo disco...

Arquivo

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Arquivado em

todas as tags



links
comentários recentes
um buzio estranho que me diz coisas estranhas ao o...
Coisas do copy past, era a letra de sente, obrigad...
A letra não é desta música. Mas fiquei curioso a q...
A música é fixe. Tu és meu id...
Gosto muito da tua musica teresa
Refrao:Ela cheira, a vicio,quero leva-la para a ca...
Refrao:Ela cheira, a vicio,quero leva-la para a ca...
Anonimo Adoro esta musica viva a liberdade
Deus è que lhe envia as letras?
我要休息了,你也早点休息吧。晚安
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds