Segunda-feira, 28.07.14

 

Letra

 

Eu sei, gostas de,comprar roupas de marca,
Eu sei, gostas de, ter a conta recheada,
um carro ou dois no portao,
casa para o inverno e para o verao,
baby, podes querer, tu mereces isso e muito mais,

Se algum dia a sorte acabar,
Sera que vais mudar,
Se algum dia nao te poder dar,
tudo o que posso dar,
sera que alguma coisa vai mudar,
sera que vaisme amar ,
se algum dia a sorte acabar,
nao sei se vais ficar,

(refrao)
dizme o que e importante pra ti,
gostas de mim ou do que te posso dar,
se algum dia o conforto acabar,
quero saber o que vai acontecer,
dizme o que e importante pra ti,
gostas de mim ou do que te posso dar,
se algum dia o conforto acabar,
quero saber o que vai acontecer,
(refrao)

Eu sei, gostas de ter a roupa engomada,
E sei , gostas de ter a casa arrumada,
sentado e a ler um jornal,
enquanto eu faco o jantar,
baby, eu nao sei, se mereces isso e muito mais,

se algum dia eu me cansar,
sera que vais la estar,
te pedir pra me ajudar,
nao sei se vais escutar,
sera que vaisme abandonar,
sera que vou poder contar, contigo,

refrao



olhar para o mundo às 08:33 | link do post | comentar

Domingo, 27.07.14

Portugal À gargalhada

 

Depois do fim de semana de ante-estreias, a noite de 23 de Julho foi marcada pela estreia da mais recente Revista de Filipe La Féria, PORTUGAL À GARGALHADA e que estará em cena nos próximos meses no Teatro Politeama.

 

Em palco um elenco absolutamente irrepreensível encabeçado por Marina Mota, Joaquim Monchique, José Raposo e Maria João Abreu, que regressam ao trabalho com La Féria, ao lado de um leque de jovens actores e cantores de qualidades artísticas multifacetadas, tais como Paula Sá, Ricardo Soler e ainda Patrícia Resende, Filipe Albuquerque, Bruna Andrade, David Mesquita, Paulo Miguel e um exímio corpo de baile com coreografias assinadas por Marco Mercier. A Música esteve a cargo de uma grande orquestra dirigida pela mão de Mário Rui.

 

La Féria escreveu, musicou, encenou e criou os cenários desta nova grande aposta que é uma belíssima homenagem à cidade de Lisboa, e tal como acontece sempre nos seus trabalhos, fez-se acompanhar de um leque de profissionais como o Mestre José Costa Reis que assina figurinos e telões, Helena Rocha na dramaturgia e Nuno Guerreiro na assistência de encenação.

Mais um grande trabalho de La Feria, de qualidade, rigor e brilho inquestionáveis, digno dos palcos das melhores capitais mundiais.



olhar para o mundo às 23:37 | link do post | comentar

Festas do Barreiro

 

Festas do Barreiro 2014, de 8 a 17 de agosto

Programação das Tasquinhas | Entrada Livre

 

As Festas do Barreiro 2014 decorrem de 8 a 17 de agosto. A zona das Tasquinhas é, sempre, caracterizada por grande animação. Todas as noites, a partir das 21h00, há espetáculo. Para os habituais “comes e bebes”, haverá sete estabelecimentos.

 

O programa de atuações do Palco das Tasquinhas é o seguinte:

8 de agosto (6ª feira) – Noélia Costa

9 de agosto (sábado) – Paulo Correia

10 de agosto (domingo) – Vasco

11 de agosto (2ª feira) – Nuno Ropio

12 de agosto (3ª feira) – Francisco Cabrita

13 de agosto (4ª feira) – Nélio Pinto

14 de agosto (5ª feira) – Tó-Zé

15 de agosto (6ª feira, feriado) – Duo Latino

16 de agosto (sábado) – Vítor Bento

17 de agosto (domingo) – Zé Marques

 

Para os habituais “comes e bebes”, na zona das Tasquinhas haverá os seguintessete estabelecimentos como opção: BAR MOITENSE, MORABEZA, A CHICA DO RINA, CONVENTO DO BARREIRO, TASCA DO GORDO, FERRO VELHO e BAR TEIXEIRA.

 

Programação do Palco das Marés

 

A banda THE GIFT, sexta-feira, 8 de agosto, 22h00, recorde-se, abrirá a programação do Palco das Marés.

 

A programação do Palco das Marés é a seguinte:

THE GIFT

8-AGOSTO | 6ª FEIRA | 22h00

 

CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION

9-AGOSTO | SÁBADO | 22h00

 

MARIA CAFÉ E CRUZADOS

10-AGOSTO | DOMINGO | 22h00

 

CAELUM'S EDGE

11-AGOSTO | 2ª FEIRA | 22h00

 

RODA MÁGICA

12-AGOSTO | 3ª FEIRA | 21h30

 

BON SAUVAGE

13-AGOSTO | 4ª FEIRA | 22h00

 

NOITE FADOS – JOSÉ GUERREIRO; GUITARRA: MANUEL DOS SANTOS; VIOLA DE FADOS: ANTÓNIO CARDOSO

14-AGOSTO | 5ª FEIRA | 22h00

 

BANDA MUNICIPAL DO BARREIRO

15-AGOSTO | 6ª FEIRA | 22h00

 

D.A.M.A.

16-AGOSTO | SÁBADO | 22h00

 

QUIM BARREIROS

17-AGOSTO | DOMINGO | 22h00

 

Os espetáculos têm, todos, entrada livre.

 

+INFO sobre esta iniciativa, com Artesanato, Feirantes, Tasquinhas, Divertimentos, Juventude, Desporto, Espaço Infantil, Exposições, e Mostra Empresarial e Institucional, no Sítio Oficial da CMB na Internet, no link http://www.cm-barreiro.pt/pt/conteudos/municipio/Festas+do+Barreiro+2014/.

 

 

CMB 2014-07-25



olhar para o mundo às 20:34 | link do post | comentar

 

Letra

 

Desde o momento em que te vi
soube que eras certa para mim
vi-te com o teu homem e sonhei
foste tudo quanto desejei. (oh, oh)
Na minha mente tirei te o vestido
deitei te no sofá beijei-te num umbigo
senti o teu sabor rolamos no chão
pouco depois estragávamos o teu colchão.
Imaginei-te deitada no meu peito
à media luz num cenário perfeito
e por momentos eu fui o teu herói
baby como dói é tudo ilusão.

Refrao: (2x)
Eu imaginei
tu estavas aqui
mas tu nem sequer
olhavas pra mim

Hei, quero que saibas que não me vou esquecer de ti
e apesar de tudo eu sei muito bem 
que tu nem sequer sabes quem eu sou
pra ti sou ninguém
mas o amor que eu tenho chega pra nós dois
sim.... foste muito mais que um desejo
olhava ao longe tu e o teu homem baby como eu invejo
e nunca saberás o quanto eu te quis
vou pensar em ti
tu serás pra mim
um amor secreto, uma fantasia
ate ao fim baby ate ao fim (oh, oh, oh)

Refrão: (2x)

Nunca olhas-te para mim baby
Mas eu sei que tu nasceste para mim baby
Eu quero ser o teu amor, estar a teu dispor, sentir o teu calor 
Dá-me uma chance pra conquistar o teu amor
Quando passavas com ele de mão dada
Vi nos teus olhos que estavas apaixonada
Não disse nada, mas sonhava, 
eu invejava nunca ter beijado a mulher que eu desejava
e no meu quarto sozinhos a incomodar os vizinhos
a acertar-te em cheio
tu a partires meu freio
e ao domingo levar-te a jantar
dar-te lanche no meu colo e te acochilar
há bué que eu já quero mas nunca aconteceu
quem devia estar aí era eu

Refrão: (2x)



olhar para o mundo às 17:31 | link do post | comentar

CHERRY: A VOZ REVELAÇÃO APRESENTA-SE COM

 

CHERRY: A VOZ REVELAÇÃO APRESENTA-SE COM "FIVE KNIVES"

Single de estreia já tem vídeo e já está disponível nas plataformas digitais

Chama-se "Five Knives", já tem vídeo e é o primeiro cartão de visita de Cherry, a apaixonante voz revelação que vai ser editada pela mão da Universal Music Portugal, em parceria com a Blim Records.

Nascida em Lisboa e a viver em Londres, Ana Caldeira foi descoberta num dos ambientes em que se sente mais confortável: em palco. A voz com que nos seduz conta-nos histórias sobre mulheres, das reais às que habitam no nosso imaginário, das suas diferenças a tudo o que têm em comum.

Longe de ser o ponto de partida mas a abrir esta nova viagem, "Five Knives" já pode ser ouvida na banda sonora da novela "Beijo do Escorpião", na TVI. A canção fala do poder das palavras, que, numa discussão, metaforicamente se transformaram em facas mortais.

Em nome próprio, o álbum de estreia de Cherry está já a ser finalizado e será lançado logo a seguir ao Verão, com 11 canções cheias de personalidade. Até lá, "Five Knives" está já disponível nas plataformas digitais e nas rádios nacionais.

 



olhar para o mundo às 12:07 | link do post | comentar

 

Letra

 

pi pi pi pi pi pi pi pi pi 

trim trim trim

-sim
-tou 
-sim
-podes me ouvir?
-acho que já dissemos tudo
-sim mas...

ás vezes não me ouves mas não faz mal
depois eu exagero
mas não é por mal
e se eu disser que não quero mais é mentira mentira

eu nunca te entendi
nem posso entender 
tudo o que eu faço é gostar de ti
sei que posso errar
dou o braço a torcer
mas não te esqueças neste barco somos dois
baby calma ai
não sou sempre eu
muitas vezes quis falar contigo mas não deu 
só te peço o mesmo que me pedes a mim
se me amas sei que será assim

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

podemos discutir isso é normal
depois quando fazemos pazes 
é tão especial
á noite ao deitar 
mesmo sem tocar
sei que estás ao meu lado
posso descançar

tens razão...
já passou dissemos tanta coisa ás vezes sem pensar
no final o que interessa 
é o sentimento 
e o que sentimos

vou fazer tudo para não te perder
sem te tocar não faz sentido viver 
nem que o mundo caia sobre nós 
estaremos juntos
só tu podes ser a luz do meu coração
basta querer está tudo na nossa mão
agora sei
que é o amor
só podes podes ser tu
e quando parecer o fim 
lembra-te....

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

é mentira
é mentira
é mentira
é mentira
vou fazer tudo para não te perder
sem te tocar não faz sentido viver 
nem que o mundo caia sobre nós 
estaremos juntos
só tu podes ser a luz do meu coração
basta querer está tudo na nossa mão
agora sei
que é amor
só podes podes ser tu
e quando parecer o fim 
lembra-te....

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira

ás vezes não me ouves mas não faz mal 
depois eu exagero mas não é por mal 
e se eu disser que não quero mais 
é mentira



olhar para o mundo às 08:29 | link do post | comentar

Sábado, 26.07.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



olhar para o mundo às 23:10 | link do post | comentar

 

Vilar de Mouros

 

Festival Vilar de Mouros 2014, o 1º Festival 100% de Economia Social

Últimas confirmações e outras novidades

 

 

The Legendary Tigerman é a última confirmação artística para o cartaz do Palco Principal do Festival Vilar de Mouros 2014, estando o seu espectáculo marcado para 2 de Agosto. Também para o mesmo dia se confirma mais uma actuação no Palco Histórico, a do grupo Brantner.

 

As novidades relativas ao Festival Vilar de Mouros, que se realiza de 31 de Julho a 2 de Agosto, continuam a surgir e a tornar ainda mais especial o regresso daquele que é o mais antigo festival do país.

 

Além de ser o primeiro festival 100% de Economia Social, o Festival Vilar de Mouros 2014 é igualmente o primeiro festival a implementar o WalkTicket TM (www.walkticket.com).

 

Este novo sistema de bilhética consiste na utilização de um ingresso, que funciona como voucher ou folheto promocional, e que pode converter-se em bilhete válido para o evento a partir do momento em que o seu detentor pague o mesmo valor de um bilhete através do Multibanco, em qualquer caixa ou Homebanking. No próprio WalkTicket constam todos os dados necessários para a conversão do voucher em bilhete válido.

 

O acesso ao festival poderá ser efectuado com um bilhete diário (por 30,00€) ou com um passe de três dias (por 60,00€). Devido à enorme procura de bilhetes, e por razões de segurança, a organização do Festival decidiu – excepcionalmente este ano – permitir que também os festivaleiros com bilhete diário, e que pretendem utilizar o parque de campismo, inicialmente previsto apenas para os utilizadores com passe de três dias, o possam fazer.

 

É possível ainda adquirir o bilhete Acesso Exclusivo VIP, válido para os três dias do Festival e com uma edição limitada para apenas 50 unidades. Este bilhete dá acesso à zona VIP do Festival (onde estarão artistas, convidados e que tem uma vista privilegiada sobre o recinto) e inclui uma visita guiada ao backstage.

 

Por ser organizado pela Fundação AMA Autismo, uma IPSS que tem por missão promover o apoio e a valorização da pessoa com Perturbação do Espectro do Autismo, o próprio festival será também um espaço de sensibilização para esta problemática e para a divulgação desta complexa doença. O acesso à zona VIP é gratuito para pessoas com autismo ou outras problemáticas, com acompanhante e mediante marcação antecipada (sujeito à limitação do próprio espaço).

 

O Festival Vilar de Mouros VOLTOU e faz história inovando e contribuindo para que a música preste o seu tributo a uma causa social.

 

::::

 

 

MÚSICA + NATUREZA + HISTÓRIA + SOLIDARIEDADE SOCIAL

 

HORÁRIOS DOS CONCERTOS

 

31 de Julho

Quinta

1 de Agosto

Sexta

2 de Agosto

Sábado

Palco Principal

 

00:30 UB40’s Ali Campbell,

Astro and Mickey Virtue

23:00 LA UNION

21:30 BLIND ZERO

20:30 TRABALHADORES DO COMÉRCIO

19:30 CAPITÃO FAUSTO

 

 

00:15 PEDRO ABRUNHOSA

22:30 THE STRANGLERS

21:00 BLASTED MECHANISM

19:00 JOSÉ CID

 

 

 

01:30 GUANO APES

23:45 TRICKY

22:00 XUTOS E PONTAPÉS

20:30 DEOLINDA

19:30 THE LEGENDARY TIGERMAN

 

 

Palco Histórico

Vilar de Mouros Sunset

 

 

18:15 Youthculture (Reggae)

17:00 Paulo Baixinho & The Soul Brothers (Soul/Jazz)

 

 

18:15 Budda Power Blues (Blues)

17:00 Trio Págu (MPB)

 

18:30 The Lazy Faithful (Rock)

17:30 Búfalo (Rock)

16:30 Brantner

 

Nota: No dia 30 de Julho, decorre a recepção ao campista, a partir das 18h00, e a noite será animada por DJs. A entrada é gratuita nesse dia.

 

 

 

2 palcos (palco principal + palco histórico)

DJs

Campismo para bilhetes diários (novidade!!) e passes de três dias

Actividades radicais 

(slide, rappel, canoagem, arborismo, parede de escalada 10 metros)

Gastronomia

 

PREÇOS

Bilhete diário: 30,00€

Passe 3 dias: 60,00€

(ambas as modalidades dão acesso ao campismo)

 

BILHETES À VENDA EM

Last2ticket.com

www.vilardemouros.last2ticket.com

Ticketline.sapo.pt

ticketline.sapo.pt/evento/vilar-de-mouros-8445

CTT

www.ctt.pt/feblh/sku.jspx?shopCode=BLHT&itemCode=76437&idShow=76437&categoryCode=25000000636

 

HORÁRIOS GERAIS

INÍCIO PALCO PRINCIPAL: 19h30 

(à excepção do dia 1 de Agosto, cujas actuações começam às 19h00)

 

INÍCIO PALCO HISTÓRICO: 17h00

 

ABERTURA do RECINTO

30 de Julho: 18h00

31 de Julho, 1 e 2 de Agosto: 16h30

 

ENCERRAMENTO do RECINTO: 06h00

 

LINKS

www.festivalvilardemouros.com

www.facebook.com/FestivalVilarDeMouros

www.fundacaoamaautismo.pt



olhar para o mundo às 21:01 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



olhar para o mundo às 17:10 | link do post | comentar

ANA MOURA


ANA MOURA

"Desfado" distinguido nos Prémios Amália Rodrigues 2014

"Desfado", o mais recente álbum de Ana Moura, foi distinguido ontem, nosPrémios Amália Rodrigues 2014, com o prémio "Melhor Disco". Este prémio é atribuído à versão duplo CD do disco, intitulado "Desfado/Caixa Alfama", a qual chegou às lojas em Dezembro de 2013, um ano após a edição da versão standard.

O segundo disco incluía o registo ao vivo do concerto que a fadista havia dado em Lisboa, no festival Caixa Alfama, em Setembro de 2013. Aos grandes sucessos de 'Desfado', como o tema de Pedro da Silva Martins que dá nome ao disco, juntaram-se singles dos discos anteriores como 'Leva-me aos Fados', 'Caso Arrumado' ou o inevitável 'Os Búzios'.

Este é a segunda vez que Ana Moura recebe um Prémio Amália Rodrigues. A primeira havia sido em 2008, na categoria de Melhor Intérprete, após a edição do disco "Para Além da Saudade" (2007).

Editado pela Decca, 'Desfado' já ultrapassou as 80 mil unidades vendidas em todo o mundo. Em Portugal, está muito próximo de atingir a marca da Quadrupla Platina e o seu disco mantém-se no top de vendas há 88 semanas consecutivas, desde a sua edição, em Novembro de 2012.



olhar para o mundo às 12:11 | link do post | comentar

Rita Guerra

 

Rita Guerra, uma das maiores intérpretes nacionais regressa aos originais com “Volta”, o primeiro single do novo disco que tem edição prevista para a primeira semana de Outubro.

 

“Volta”, talvez a mais “fresca” das canções de Rita Guerra dos últimos anos, foi escrita por Heber Marques (HMB) e produzida por Mikkel Solnado, responsável pelos arranjos e direção do novo disco.

 

Enquanto se dão os retoques finais do novo álbum, “Volta” já se ouve na rádio e ao vivo, na Tour 2014 de Rita Guerra.

 

Próximas datas:

 

26 Julho – Vila de Rei

15 Agosto – Ílhavo

16 Agosto – Caminha

23 Agosto – Troia

30 Agosto - Viseu

 

 

 

 

 

 



olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Corpo Estranho
(Letra e Música: João Mota e Pedro Franco)

 

“Tens a vida á tua frente”
Disse-te por seres criança
E eu andei cego e dormente,
Vivia a perder a esperança.

 

Esperei tirar tudo a limpo
Desfiar o meu engano
Ao viver dessa miragem
Não me tornei mais humano.

 

Encobri-me de silêncio
E o meu canto ensurdeceu
Tornei-me num corpo estranho
Que alguém diz que fui eu (morreu).



olhar para o mundo às 08:42 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.07.14

RITA REDSHOES  ESPETÁCULOS EM PORTO E LISBOA


RITA REDSHOES

ESPETÁCULOS EM PORTO E LISBOA

SÃO LUIZ - 20 SETEMBRO
CASA DA MÚSICA - 25 SETEMBRO

Rita Redshoes apresenta ao vivo "Life Is A Second Of Love" no próximo mês de setembro em Lisboa e no Porto, dando assim sequência à divulgação do seu mais recente disco.

Desde a revelação em 2007 com a canção "Dream On Girl" que Rita Redshoes tem coabitado o nosso imaginário levando à descoberta de canções ímpares através dos discos "Golden Era"(2008) e "Lights & Darks" (2010).

Já este ano, em Maio, Rita Redshoes editou o seu 3.º trabalho de originais - "Life Is A Second Of Love" - que a confirmou como uma das mais talentosas compositoras contemporâneas.

Estes espetáculos, a 20 e 25 de setembro, marcarão, respetivamente, o regresso de Rita Redshoes a estas salas emblemáticas de Lisboa e Porto depois de, em 2012, ter apresentado "The Other Women - O mundo nas canções d’elas", um tributo às vozes e compositoras que influenciaram o seu percurso artístico.

O São Luiz e a Casa da Música acolherão Rita Redshoes e banda para concertos centrados nas novas canções e sonoridades mas em que a songwriter dos sapatos vermelhos não deixará de percorrer o repertório dos álbuns anteriores - "Broken Bond", "White Lies" ou " There’s No Sky Above Our Heads" conviverão com os menos recentes "Choose Love", "Captain Of My Soul" ou "The Beginning Song".

Os bilhetes para estas apresentações terão valores entre 8€ e 15€ e serão colocados à venda durante a próxima semana.

Entretanto, ainda esta semana, Rita Redshoes desloca-se a Madrid para duas apresentações de caracter especial:

  • A primeira, dia 24, inserida no ciclo "Victoria - Summer Acoustic Concerts", na sala Cineto Y Pico;
  • A segunda, no dia seguinte, a 25, na Sala Contraclub, inserido em "Veranos de la Villa 2014".

Nos dois concertos, Rita Redshoes compartilhará o palco com Lucia Scansetti, um talento emergente do país vizinho.



olhar para o mundo às 21:10 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não Tenho Tempo Para Esperar Por Mim
(Letra e Música: João Mota e Pedro Franco) “Espera, que o dia há de chegar”
E eu desespero por esperar,
Por não saber o que me espera. Traço o meu rumo à direcção
Que me obrigar a inquietação,
Assim o coração prospera. E prendo-me, à luz do que me é anterior,
Nada me diz que o amanhã será melhor.
E a tudo o que é breve eu digo que sim,
Não tenho tempo para esperar por mim.


olhar para o mundo às 17:40 | link do post | comentar

AS 3 MARIAS - Concerto

 

As 3 Marias vão estar em Oliveira do Hospital no próximo dia 28 de julho, a convite da EXPOH (feira regional de Oliveira do Hospital). Marcado para as 22.30, o concerto faz parte de uma noite temática intitulada "EXPOH Social | Gala Social".


O projeto As 3 Marias, tem Cristina Bacelar na voz e na guitarra, Fátima Santos no acordeão e Ianina Khmelik no violino. Assenta num novo estilo musical que atravessa gerações, a que o crítico de música António Pires chamou de “novo tango da Invicta”.


O mais recente álbum, «Bipolar», foi lançado no final de 2013, num espetáculo que teve lugar na Casa da Música, com sala cheia e críticas que reiteram a qualidade musical do grupo. O percurso destas artistas tem sido de ascensão, o que lhes permitiu atuar já em vários países e fazer deste um movimento artístico reconhecido internacionalmente, pela forma harmoniosa e até divertida como aborda o «tango-fusão».

 

Local - Oliveira do Hospital | EXPOH
Data - Dia 28 de Julho de 2014
Hora - 22:30 horas
Preço do bilhete - 5 euros
Mais info. em - 
http://www.expoh.org/



olhar para o mundo às 12:06 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Estimado ouvinte, já que agora estou consigo
Peço apenas dois minutos de atenção
É pra contar a história de um amigo
Casimiro Baltazar da Conceição

O Casimiro, talvez você não conheça
a aldeia donde ele vinha nem vem no mapa
mas lá no burgo, por incrível que pareça
era, mais famoso que no Vaticano o Papa

O Casimiro era assim como um vidente
tinha um olho mesmo no meio da testa
isto pra lá dos outros dois é evidente
por isso façamos que ia dormir a sesta

Ficava de olho aberto
via as coisas de perto
que é uma maneira de melhor pensar
via o que estava mal
e como é natural
tentava sempre não se deixar enganar
(e dizia ele com os seus botões:)

Cuidado, Casimiro
cuidado com as imitações
Cuidado, minha gente
Cuidado justamente com as imitações

Lá na aldeia havia um homem que mandava
toda a gente, um por um, por-se na bicha
e votar nele e se votassem lá lhes dava
um bacalhau, um pão-de-ló, uma salsicha

E prometeu que construía um hospital
Uma escola e prédios de habitação
e uma capela maior que uma catedral
pelo menos a julgar pela descrição

Mas... O Casimiro que era fino do ouvido
tinha as orelhas equipadas com radar
ouvia o tipo muito sério e comedido
mas lá por dentro com o rabinho a dar, a dar

E... punha o ouvido atento
via as coisas por dentro
que é uma maneira de melhor pensar
via o que estava mal
e como é natural
tentava sempre não se deixar enganar
(e dizia ele com os seus botões:)

Cuidado, Casimiro
cuidado com as imitações
Cuidado, minha gente
Cuidado justamente com as imitações

Ora o tal tipo que mandava lá na aldeia
estava doido, já se vê, com o Casimiro
de cada vez que sorria à plateia
lá se lhe viam os dentes de vampiro

De forma que pra comprar o Casimiro
em vez do insulto, do boicote, da ameaça
disse-lhe: Sabe que no fundo o admiro
Vou erguer-lhe uma estátua aqui na praça

Mas... O Casimiro que era tudo menos burro
tinha um nariz que parecia um elefante
sentiu logo que aquilo cheirava a esturro
ser honesto não é só ser bem falante

A moral deste conto
vou resumi-la e pronto
cada qual faz o que melhor pensar
Não é preciso ser
Casimiro pra ter
sempre cuidado pra não se deixar levar.



olhar para o mundo às 08:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 24.07.14

Melhor amigo

MELHOR AMIGO

Concertos

 24 Julho, 23:30 SALÃO BRAZIL / Festival CITEMOR, Coimbra
31 Julho, 22:30 com os LAVOISIER, SABOTAGE CLUB, Lisboa

 

Amigos do Melhor Amigo,
 
Julho está a chegar ao fim, e com ele a nossa mini tour Lisboa-Leiria-Coimbra. Damo-vos por isso 5 motivos para continuarem a seguir este MELHOR AMIGO porque finais abrem novos inícios:
 
1. Esta 5ª feira, dia 24 de Julho às 23:30 damos concerto no 
Salão Brazil, em Coimbra. A nossa estreia na cidade universitária é um convite  do Citemor | 36º Festival de Montemor-o-Velho e é precedida pela estreia nacional de DECOMPOSITION do bombástico Paulo Castro, no Teatro Académico Gil Vicente. É o espectador que define o preço do bilhete de acordo com a sua disponibilidade e as suas expectativas. Quem dá o que pode a mais não é obrigado!

 

2.  Na próxima semana, voltamos a Lisboa para o último concerto do ano. É verdade! O concerto acontece quinta feira, no dia 31 de Julho no Sabotage Club às 22:30, ali ao Cais do Sodré. Para tornar a ocasião assim bem especial convidamos uma banda que admiramos muito: Lavoisier.* Esperem uma noite de amigos e amores, cheia de feeling , calor, copos e canções de fazer rebentar o coração. O bilhete custa 5 euros. 

3. Temos andado em gravações, misturas e masterizações de novos canções nos
 Inversus Studios, em Lisboa. Junto ao mago Ricardo Fialho, esperem 3 canções novas a chegar-vos aos ouvidos mais dia menos dia. Podemos só adiantar que as nossas novas canções são mais longas, mais bonitas e quem já esteve num concerto Melhor Amigo vai saber cantar de cor do princípio ao fim. 

4. Para quem pensava que depois do Maria Matos que ficávamos de férias, sintam-se enganados. Gravámos 2 novos videoclipes. 1 com direção de Gui Garrido, o outro com direção de Cláudia Batalhão e Gui Garrido. No Outono, o Melhor Amigo está aí de novo a encher écrans.
 
5. Depois de 12 concertos, do bar ao museu, do teatro ao festival, da caixa de música ao clube de jazz vamos a banhos e balanços. A promessa é voltar ainda com mais força e preparar uma tour de Norte e Sul e ilhas no inverno de 2015. Vocês não estão livres de nós, antes pelo contrário, estaremos cada vez mais perto e presentes. Tenham um verão maravilhoso, cuidado com os escaldões e muita música para o sentidos.

O vosso,
MELHOR AMIGO
António Pedro Lopes & Gui Garrido



olhar para o mundo às 22:01 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

há lugares para ruir, lugares para morrer.
sou um lugar para ir, és um lugar para ser.
há o parecer e o perecer,
o cair sem perceber e o não saber o que fazer.
com joelhos no chão ou não, como uma puta com idade.
puta da saudade, luta nua com a cidade.
e belas são as coisas e infinitos, nós
a tua pele é uma masmorra d'infinitos nós
o coração é confusão, carrega-o na palma da mão.
entrega a solidão, tantas pernas num colchão.
tantas pedras num caixão, as quedas são o chão,
entregue à sensação...
e que se foda… desmonta-me as entranhas,
não há espaço para a vergonha nesta cama.
e tu lê-me nua à noite. ou chama-me de novo,
ou ama-me de novo, não há tréguas neste corpo.

esta noite é toda nossa e nós dançamos pelo chão
enquanto nos despimos do que nos enche o coração.
leva as coisas de mim e não me digas o que são
e é o teu corpo nu que tão condiz com a solidão.
que eu tenho, ou donde eu venho,
que eu semeio pelos corpos onde eu passeio.
e eu sei lá do teu silêncio e tu dos meus…
e são quantas despedidas para um adeus?
em quartos tão vazios como estas veias,
onde te deitas numa cama dentro da cidade branca.
e há morte nos lugares por onde tu passas a mão,
que os nossos corpos falem tudo o que as palavras não.
e que se foda… desmonta-me as entranhas,
não há espaço para a vergonha nesta cama.
e tu espera nua à noite. ou chama-me de novo,
ou ama-me de novo, não há tréguas neste corpo.



olhar para o mundo às 21:55 | link do post | comentar

Letra
Perfilados de medo, agradecemos
o medo que nos salva da loucura.
Decisão e coragem valem menos
E a vida sem viver é mais segura.

Aventureiros já sem aventura,
perfilados de medo combatemos
irónicos fantasmas à procura
do que não fomos, do que não seremos.

Perfilados de medo, sem mais voz,
o coração nos dentes oprimido,
os loucos, os fantasmas somos nós.

Rebanho pelo medo perseguido,
já vivemos tão juntos e tão sós
que da vida perdemos o sentido...


olhar para o mundo às 17:28 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Dão-nos um lírio e um canivete
e uma alma para ir à escola
mais um letreiro que promete
raízes, hastes e corola

Dão-nos um mapa imaginário
que tem a forma de uma cidade
mais um relógio e um calendário
onde não vem a nossa idade

Dão-nos a honra de manequim
para dar corda à nossa ausência.
Dão-nos um prémio de ser assim
sem pecado e sem inocência

Dão-nos um barco e um chapéu
para tirarmos o retrato
Dão-nos bilhetes para o céu
levado à cena num teatro

Penteiam-nos os crâneos ermos
com as cabeleiras das avós
para jamais nos parecermos
connosco quando estamos sós

Dão-nos um bolo que é a história
da nossa historia sem enredo
e não nos soa na memória
outra palavra que o medo

Temos fantasmas tão educados
que adormecemos no seu ombro
somos vazios despovoados
de personagens de assombro

Dão-nos a capa do evangelho
e um pacote de tabaco
dão-nos um pente e um espelho
pra pentearmos um macaco

Dão-nos um cravo preso à cabeça
e uma cabeça presa à cintura
para que o corpo não pareça
a forma da alma que o procura

Dão-nos um esquife feito de ferro
com embutidos de diamante
para organizar já o enterro
do nosso corpo mais adiante

Dão-nos um nome e um jornal
um avião e um violino
mas não nos dão o animal
que espeta os cornos no destino

Dão-nos marujos de papelão
com carimbo no passaporte
por isso a nossa dimensão
não é a vida, nem é a morte



olhar para o mundo às 08:23 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.07.14

quinta 24 Julho, 22h00 – Largo 1º Maio (AgitÁgueda), ÁGUEDA
sexta 25 Julho, 22h00 – Praça da República, OVAR

MEHDI NASSOULI (Marrocos)


VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=cfN_JAcIo6Y

O exotismo de Marrocos nos últimos concertos do Festim 2014!

Mehdi Nassouli é um músico talentoso e exuberante, jovem estrela no seu país. Inspira-se, desde criança, nos ritmos e sonoridades dos instrumentos tradicionais marroquinos, sendo já um enorme representante do estilo gnawa, género musical identitário de Marrocos, caracterizado pela busca do transe colectivo através do ritmo frenético. A energia e exotismo do norte de África, numa expressão cultural tão longínqua quanto próxima, a encerrar em grande festa o Festim 2014, numa 6ª edição para recordar.
             
http://www.festim.pt/
Richard Galliano (França) * Yves Lambert (Québec, Canadá)     
Bollywood Masala Orchestra (Índia) * Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia) *
 The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

6 Junho a 25 Julho 2014 |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



olhar para o mundo às 23:37 | link do post | comentar

 

Letra

 

Porqué será que decirte adiós me deja solo, sin respirar 

y cada vez que intento no caer llega el día en que te vas. 

La realidad siempre ha sido cruel, no va a querer desaparecer 

y dejarte aquí, junto a mí. 

Si aún te quieres quedar, el tiempo lo sabrá, mi amor. 

Si aún te quieres quedar y solo hoy viviéramos, 

si aún te quieres quedar, te juro darte más que una razón, 

si aún te quieres quedar. 

Sei muito bem que é difícil decidir separar-nos outravez, 

Bem me conheces isto doi-me mais do que um dia imaginei.

La soledad siempre ha sido fiel, se quedará remplazándote cuando ya no estés junto a mí. 

Mas se puderes ficar o tempo dirá

Se puderes ficar, fica hoje por favor

Eu juro dar-te mais uma razão

Solo abrázame, por favor, no me dejes con el dolor 
que no podré, ya no sé. 
Si aún te quieres quedar, si aún te quieres quedar,

Mas se puderes ficar

si aún te quieres quedar, te juro darte más que una razón. 

Mas se puderes ficar
el tiempo lo sabrá, mi amor. 

Mas se puderes ficar
si aún te quieres quedar, te juro darte más que una razón, 

si aún te quieres quedar.



olhar para o mundo às 23:32 | link do post | comentar

Homenagem a Carlos Paredes by Budda Power Blues

BUDDA POWER BLUES

Novo vídeo em homenagem ao mestre CARLOS PAREDES.

No ano em que se assinala o 10º aniversário da morte de um dos maiores vultos da música nacional, Budda Power Blues decide homenagear o guitarrista português re-interpretando um dos seus mais icónicos temas: "Verdes Anos". Falamos naturalmente de Carlos Paredes.


A forma a que a banda encontrou para o fazer é aquela que melhor lhe assenta: ao vivo e a cores. Mas não se trata de um concerto, nem de um tradicional videoclip. Trata-se de uma performance de um tema registada em áudio e vídeo, seguida de um jantar tertúlia sobre a banda e a vida e obra de Carlos Paredes.


A 22 de Março, aquela que é considerada por muitos como a a melhor formação de Blues Nacional, registou a sua versão da obra do mestre Paredes, nos estúdios Glider, em Lisboa.


Musicalmente Budda optou por fundir dois temas de dois mundos diferentes: de um lado "Verdes Anos", do outro "Since I've Been Lovin' You" dos britânicos Led Zeppelin. Desta forma cruzam-se influências da banda, mas que muito pouco têm de comum entre si.


A versão de Budda Power Blues congrega tudo aquilo que é icónico na sua forma de estar, como sendo a riqueza harmónica, a extrema amplitude de dinâmica, o improviso, a leveza e a rudeza.


A razão desta homenagem é assinalar o desaparecimento daquele que Budda considera o maior nome da música nacional e um dos grandes génios da humanidade.

 

www.buddapowerblues.com
www.facebook.com/buddapowerblues
www.youtube.com/buddapowerblues
www.twitter.com/buddapowerblues


olhar para o mundo às 20:29 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Já fui neve no mar 
Já fui espada na mão 
Já fui a corda da lira a vibrar 

Já fui servo de um Deus 
Vida e morte num momento 
Já nasci no barlavento 
Já fui erva no chão 

Bendito seja o pão 
Bendita seja a flor 
Benditas as portas do amor 

Já fui servo de um Deus 
Vida e morte de um momento 
Já nasci no barlavento 
Já fui erva no chão 

Já fui favo de mel 
Cajado de pastor 
Já fui nuvem correndo no céu 

Já fui ceptro de um rei 
Arco-íris num instante 
Já fui vento do levante 
Já fui andarilho e cantor 

Bendita seja a paz 
Bendita sejas tu 
Benditos os peixes do azul 

Já fui ceptro de um rei 
Arco-íris num instante 
Já fui vento do levante 
Já fui andarilho e cantor




olhar para o mundo às 17:20 | link do post | comentar

 Like Us


LIKE US

Sessões de autógrafos este domingo

A banda vai estar na Fnac a dar autógrafos aos fãs

Os Like Us, nova sensação da pop portuguesa, dão no domingo duas sessões de autógrafos a norte do país: pelas 11h30, o grupo estará na Fnac de Braga, e às17h00 será a vez da Fnac do Marshopping, em Matosinhos, receber o encontro do grupo com os seus fãs.

A banda continua a promover o seu disco de estreia, e em destaque em alguns programas de tv como Sabadabadão, da SIC. Os números dos Like Us nas redes sociais são cada vez mais impressionantes: os seus vídeos no YouTube já bateram as 700 mil visualizações na plataforma Vevo e a sua página no Facebook superou já os 25 mil seguidores.

Recorde-se ainda que os Like Us deram há poucas semanas o seu primeiro concerto: a banda atuou no Coliseu de Lisboa, na primeira parte dos R5, que trouxeram recentemente a sua "Louder World Tour" à capital portuguesa.

Os Like Us lançaram o single de apresentação, "You Mean The World To Me", há cerca de quatro meses e desde aí a banda tem provado ser o novo fenómeno da pop em Portugal. Podemos ouvi-los em "Sol de Inverno", a novela campeã de audiências transmitida pela SIC, com duas músicas - "Assim Não Consigo Viver" e "The Signs", dois momentos que mostram a versatilidade da banda.

O disco de estreia dos Like Us foi editado no dia 28 de Abril e é um disco Cidade.


olhar para o mundo às 12:32 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Vem
Além de toda a solidão
perdi a luz do teu viver
perdi o horizonte

Está bem
Prossegue lá até quereres
Mas vem depois iluminar
Um coração que sofre

Pertenço-te
Até ao fim do mar
Sou como tu
Da mesma luz
Do mesmo amar

Por isso vem
Porque te quero
Consolar
Se não está bem
Deixa-te andar a navegar




olhar para o mundo às 08:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.07.14

Cuca roseta e David Bisbal


CUCA ROSETA

Cuca Roseta e David Bisbal: "Si Aún Te Quieres Quedar" chega hoje às plataformas digitais

Este Domingo, 27 de Julho, Bisbal e Cuca actuam no programa Rising Star, da TVI.

No dia seguinte é editado em Portugal "Tu Y Yo", o novo e já multi-platinado disco do espanhol.

Depois da inesquecível estreia que apaixonou as mais de 15 mil pessoas que estavam na plateia esgotada do Palacio de Deportes de Madrid, o dueto de David Bisbal e Cuca Roseta chega finalmente às plataformas digitais. A versão de estúdio de "Si Aún Te Quieres Quedar" está a partir de hoje disponível para compra e streaming, e é o primeiro cartão de visita do álbum "Tu Y Yo", editado em Portugal na próxima Segunda Feira, 28 de Julho.

Mas a colaboração entre um dos nomes chave da música latina e uma das fadistas mais reconhecidas da sua geração vai estender-se até aos ecrãs de televisão portugueses: no Domingo, David Bisbal e Cuca Roseta prometem um momento supreendente, quando actuarem juntos na final do programa da TVI Rising Star, onde a cantora é jurada.

Aclamados pelo público e pela crítica, ambos estão em pontos altos da sua carreira: voltam agora a encontrar-se em palco, numa prova de que a música actual é feita de partilha e não conhece fronteiras.

iTunes
Spotify
MEO Music



olhar para o mundo às 21:27 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



olhar para o mundo às 17:19 | link do post | comentar

Diego Gil Fortoul_concerto dia 26 de Julho no Teatro Gil Vicente em Cascais

 

Diego Gil Fortoul é um músico venezuelano que vive em Portugal e este ano lança o seu primeiro trabalho a solo, chamado "A prova de bala".

 

É um álbum cantado em espanhol que percorre os sentimentos mais transversais.

 

A sua música move-se entre world music, pop e música alternativa.

 

"À Prova de Bala" é o nome de uma das canções do álbum; Esta é uma adaptação da música " Bullet Proof Wish I Was ", do álbum "The Bends", dos Radiohead.

 

Esta é a única versão em espanhol  aprovada pelo grupo britânico.

 

O álbum também tem a versão de "Sólo Pido a Dios" do grande compositor  argentino, Leon Gieco.

 

Os restantes nove temas têm letra e música de Diego Gil-Fortoul; falam metaforicamente das relações humanas, da vida e da morte ("Robinson"), o importante e o descartável da existência ("Extraño"); e retrata ainda no tema "Pedro e Inés" a visão de Diego Gil-Fortoul, da verdadeira história de amor do século XIV (Inês de Castro e Pedro I de Portugal).

 

É, sobretudo, um álbum sincero de alguém que ama a música.



olhar para o mundo às 12:56 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

não encontrei a letra desta música



olhar para o mundo às 08:15 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Artigos recentes

Gutto & Rita Reis - Impor...

Teatro Politeama - La Fér...

Festas do Barreiro 2014, ...

Eu imaginei - Gutto

CHERRY: A VOZ REVELAÇÃO A...

Gutto - Às Vezes (ft. Gem...

Cherry - Five Knives

Festival Vilar de mouros ...

Dengaz - Eu Consigo feat....

ANA MOURA "Desfado" dist...

Arquivo

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Arquivado em

todas as tags



links
comentários recentes
Eu gosto muito desta música maria teresa tu...
Eu gosto muito de cantar esta música esta m...
Muito romantica
É "peaking" (de "peak") e não "peacking".
Muito obrigado, já alterei o post
Minhas dores, o fado terminou,Amputei-vos para ser...
Realmente, é este tipo de mentalidade ignorante qu...
http://youtu.be/OQU-shKg9SY
http://www.inmyths.com/holloways.html
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds