Segunda-feira, 27.04.15

tradiio.png

 

Tradiio Sessions estreiam-se no Porto com Xinobi, Sequin e Ermo


As Tradiio Sessions chegam finalmente ao Porto já no próximo dia 2 de Maio, no Maus Hábitos. Esta noite de estreia irá contar com a presença de Xinobi, Sequin e Ermo.

 

Depois do sucesso em Lisboa, por onde passaram nomes como D’Alva, Isaura, Pista, Lotus Fever ou MGDVR, o evento dedicado à música portuguesa extende-se à invicta.

A noite começa às 22h com os bracarenses Ermo, que irão apresentar o mais recente EP Amor Vezes Quatro. Às 23h30 é a vez da cantora Sequin subir ao palco com a pop electrónica do disco de estreia Penelope. Xinobi entra em cena às 00h30 para um DJ Set que se irá prolongar pela noite inteira.

Os bilhetes custam 3€ e podem ser comprados em antecipação e no dia no Maus Hábitos. Os utilizadores Tradiio também podem trocar as suas moedas virtuais por um bilhete no Mercado Tradiio
 


 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 18:47 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

FellowsNervous.jpg

 

 

“Escuta” dos Fellows Nervous tem festa de lançamento em maio

 

“Escuta”, o mais recente trabalho dos Fellows Nervous, tem festa de lançamento agendada para o próximo dia 9 de maio, na FNAC do Centro Comercial Vasco da Gama, pelas 21h30. Um dos temas que vão poder ser ouvidos neste showcase, “Boa”, é também o single de apresentação do EP, editado em fevereiro pela Music In My Soul.

 

Dois amigos de infância, uma guitarra, uma voz e várias letras juntaram-se, na Páscoa de 2008, com uma ideia: homenagear as gentes da sua pequena terra, Arrifana, que os fizeram crescer, dando pelo nome de Fellows Nervous. A partir daí, as férias e os fins de semana eram passados num pequeno escritório, como que em modo conspiração, mas sempre com os acordes da guitarra como fio condutor e purificador. As letras começaram a ser cantadas, as canções provocavam sorrisos e novas pessoas apareceram na vida da banda.

 

Desde então, com Luís Almeida (voz e guitarra), Daniel Caetano (guitarra), Jorge Andrade (bateria e voz) e Henrique Carvalho (baixo), Fellows Nervous deixou de ser só um projeto de dois amigos de infância e todo aquele puro, genuíno e inocente sumo se espremeu num êxodo infiltrado nas suas melodias ecléticas, como uma homenagem às pessoas, aos modos, às modas, aos andares, ao civismo ou à falta dele. Às expressões, à vida, sem dever de politicamente correto ou incorreto. É uma forma de viver, um lema que forma hoje um grupo que não conhece limites à música, cuja existência não tem explicação, mas acontecimento.

 

Os quatro músicos já lançaram três EPs até ao momento: o primeiro em 2013, intitulado “Pum Pum”; o segundo, “



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

BrandoFel.jpg

 

 

Brando Fel continuam a ter “Alguma Coisa” a dizer

 

Os Brando Fel continuam a trabalhar na promoção do seu novo single, “Alguma Coisa”. Editado pela Music In My Soul em janeiro, este tema já se encontra disponível nas principais plataformas digitais.

 

Com três trabalhos editados em nome próprio e com muita estrada percorrida, desde 2005, apresentam-se os Brando Fel.

 

O EP "Brando Fel" [2011], o álbum "Grand'Hotel" [2012] e o single "Bairro Alto" [2014] mostram uma banda segura do seu caminho, que aguça o apetite para o trabalho que está a realizar. A linguagem do Rock está na essência dos Brando Fel e o convite para a dança também. Aliás, é nesse sentido que o grupo da Amadora tem estado a trabalhar: músicas mais físicas, que convidam quem está à volta a participar no espetáculo; quanto às letras, é como se colocassem um espelho diante de cada pessoa, para que esta decida se gosta do que vê. Tudo sempre cantado e pensado em português.

 

Vasco Lima (voz e guitarra), Gonçalo Martinho (teclados), Nuno Almeida (bateria), Miguel Caiado (percussão) e João Carmo Pereira (baixo) são os elementos deste grupo, que conta habitualmente com a colaboração de Jörg Demel  (saxofone) e de Pedro Azevedo (trompete).


Os Brando Fel são veneno e doçura – uma mistura de amargo e doce, que se manifesta em canções que podem ser alegres e duras mas também suaves e mordazes.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

I GOT A FEELING
once upon a time,
in my old school days
I was dreaming,
I had this dream…always
About everything
About my future days
and now I dream,
dream to find the way… to brighter days

I made a road, to follow
opened the walls, of sorrow
I got a feeling….It ain’t shallow

I got a feeling on my own
my life is going to be bright
I got a feeling on my own
that it will shine like sunlight

Swirls in my head,
existential feelings
a love song,
so many dealings
nothing is simple,
stones in my shoe
but I keep walking,
barefoot under the great blue….stones in my shoe

I made a road, to follow
opened the walls, of sorrow
I got a feeling….It ain’t shallow

I got a feeling on my own
that my life going to be bright
I got a feeling on my own
that goes shining like the sunlight
I got a feeling on my own
that my life going to be bright
I got a feeling on my own
that goes shining like the sunlight

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 26.04.15

atoa.jpg

 

 

ÁTOA

ÁTOA confirmam primeiros concertos



Banda estará no Baile de Gala da Queima das Fitas de Coimbra e no primeiro aniversário do Sharish Gin

 
Na próxima segunda-feira, dia 27 de Abril, os ÁTOA são convidados na festa do primeiro aniversário do Sharish Gin, onde darão um concerto.
Este concerto marca o arranque de uma parceria entre os ÁTOA e o Sharish Gin, que vai levar a banda de Évora e o Gin de Monsaraz, juntos em tour por alguns pontos do país.
 
A ideia desta parceria surgiu de António Cuco, o produtor do Sharish Gin, um gin de prestigio lentamente destilado no Alentejo.
 
Quando tomou conhecimento da existência dos ÁTOA, achou que a banda se identificava 100% com a sua filosofia:
O Sharish Gin é produzido no Alentejo, exclusivamente com produtos portugueses: Maçã Bravo de Esmolfe DOP, laranjas e limões alentejanos, lúcia lima fresca, zimbro, sementes de coentros, canela, cravinho e baunilha. Todos os ingredientes são destilados em alambiques tradicionalmente portugueses. Em apenas 1 ano o Sharish Gin tornou-se num caso de enorme sucesso tanto em Portugal como internacionalmente, sendo já grande parte das suas receitas provenientes de exportações.
 
Os ÁTOA são um banda alentejana, todos os seus elementos são de Évora, as músicas foram escritas e compostas no Alentejo, entre Évora e Cuba, e em menos de 1 ano conseguiram assinar um contrato com a Universal Music, ter o seu single de estreia "Falar a Dois"  a passar nas rádios nacionais, e preparam-se para lançar o primeiro álbum em Setembro.
Ambos são jovens, frescos, bem sucedidos e ambicionam fazer um trabalho de qualidade cada um na sua área.
 
Depois deste concerto, os ÁTOA voltam a subir ao palco no dia 9 de Maio onde darão um concerto no Baile de Gala da Queima das Fitas de Coimbra e no dia 16 de Maio na Semana Académica do Algarve.
Mais concertos a anunciar em breve.


publicado por olhar para o mundo às 23:11 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

shawnmendes.jpg

 

SHAWN MENDES

Álbum de estreia "Handwritten" entra para quinto lugar do top português



Disco acaba de chegar ao mercado e nos EUA atingiu o primeiro lugar na lista dos mais vendidos

"Handwritten", disco de estreia de Shawn Mendes, acaba de chegar ao mercado e em Portugal entrou diretamente para o quinto lugar da tabela de álbuns mais vendidos. O disco, lançado com o apoio do MEO Music, saiu na passada semana e nos Estados Unidos entrou diretamente para primeiro lugar da tabela da Billboard.
 
Shawn Mendes é o mais jovem artista a ter um álbum número um no top 200 da Billboard em quase cinco anos, acrescente-se. Também no Canadá o jovem entrou para o primeiro lugar da tabela de vendas. Na próxima semana, e celebrando a chegada triunfante de "Handwritten", Shawn Mendes via atuar no programa televisivo de Ellen DeGeneres, na BBC, e editará um novo single, "Stitches".

A data de lançamento de "Handwritten", que inicialmente seria só no fim de abril, foi antecipada depois da estreia do último vídeo, "Life Of The Party", ter provocado um verdadeiro frenesim nas redes sociais - no Twitter, o tema recebeu 1,2 milhões de referências e Shawn Mendes havia prometido que se houvesse mais de um milhão de comentários sobre o vídeo, o álbum seria antecipado. E assim foi.
 
Este verão, o músico dará vários concertos com Taylor Swift, acompanhando a cantora na digressão de promoção do seu último álbum, "1989", nos estádios norte-americanos. Nos próximos meses, e antes da digressão com Taylor Swift, o cantor vai tocar em 11 cidades norte-americanas, em concertos já esgotados. Shawn Mendes é um jovem canadiano de 16 anos, de ascendência portuguesa, que cresceu em Toronto, no Canadá. Foram gravadas por Shawn Mendes versões de músicas deLeonard Cohen, Ed Sheeran, Tom Petty e Demi Lovato, todas elas disponíveis no YouTube.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Quanto te abraço meu amor
O mundo pára suspenso
No momento constrangedor
Entre tempo e o contratempo

Abraça-me meu amor

O teu abraço é vontade
Onde se adia prazer
Um só abraço na saudade
A perfeição e um quase ser

Abraça-me meu amor
Quando te abraço meu amor
Sustenho a respiração
No momento contrangedor
De uma prece em comunhão

Abraça-me meu amor

O teu abraço eu completo
Onde a beleza contida
Está no quase e completo
Que dá sabor à vida

Abraça-me meu amor (6x)

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

tekilla.jpg

 

 

Tekilla
“Erro Perfeito”

Disponível nas lojas digitais

 

"Erro Perfeito" é o 3º trabalho de originais desta figura incontornável do hip-hop nacional. Depois de TEKILOGIA e "A PREVIEW", e de colaborações com Dj Cruz, Dj Kronic, Dj Bomberjack, Dj Assassino, Dj Ride, Dj Player, Kalaf e Conductor de Buraka Som Sistema, GNR, Sam The Kid, Valete, Kacetado, Cool Hipnoise, Otis (saxofonista), Xeg, Regula, T.T, Diana, Agir, Sagaz, New Max (Expensive Soul), S.P, Elaisa, Virgul (Da Weasel), Dino (NSF), surge agora este trabalho que revela a verdadeira essência deste MC e compositor, fruto de um percurso rico em experiências não só a nível musical . 


Mais do que uma sequência de faixas este álbum é um relato honesto do percurso de Telmo Galeano. Um lado mais pessoal é aqui mostrado e é também uma forma de agradecer a quem o acompanhou nesta viagem, e que conta com participações de luxo como New Max de Expensive dos Expensive Soul que participa no tema "Nada de novo, Elaisa, Kalaf dos Buraka Som Sistema, Cool Hipnoise, Nigga Poison, Dino, Otis...


Ao longo de 17 faixas e quase uma hora de música Tekilla dá-nos a conhecer este lado, que muitos desconhecem e que pouco vimos nos trabalhos anteriores. Evidente em faixas como “AMADURECIMENTO” ou “O CAMINHO” (feat. Kalaf  e João Gomes). Sem dúvida Amadurecimento é a palavra que melhor define este álbum e vão perceber porquê. 


Como a sua personalidade, também "Erro Perfeito" é multifacetado, basta ouvir SINÓNIMO (feat. SAM THE KID ), dedicada aos fãs mais fundamentalistas, TEKILLA brinda-os com este hino ao hip-hop hardcore. " Chega de beats com pipocas" ou " a fazer barulho for real, não há campainhas aqui " são só algumas das punchlines. 


"Acima de Tudo" é a faixa número 6, uma homenagem aos grandes mestres do soul/funk e conta com a voz de Marga Munguábe e Milton Gulli juntamente com o resto do grupo Cool Hipnoise, numa parceria perfeita. 

 

“Contra-Factos tem a participação de S.P. e é o 2º single do “Erro Perfeito”.


Um álbum para ouvir em loop, partilhar e preparar essas letras para os concertos ao vivo.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

 

Mundo alterado oculta a vontade
De viver por aí de modo perdido
Na madrugada de perder
Mundo preso, traído, vadio, por entre solidão

Amanhece forte caos
Som frio, oco e lento
Onde uma princesa desliza os dedos
Vendo ao longe o pouco céu, que me resta…

Vontade de vitória,
Sem qualquer troféu, de deusa a réu
Faz de ti bola de trapos, no mesmo céu

No cheiro a saudade,
Rosto cansado, de semblante pesado
Pé ante pé caminhamos na mesma direcção

Sórdida herança esconde,
Antevendo o padrasto, pedaço de tudo
A que outros chamam mundo
Simples e complexa condição
Vendo ao longe o pouco céu, que me resta…

Vontade de vitória,
Sem qualquer troféu, de deusa a réu
Faz de ti bola de trapos, no mesmo céu

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

M.O.R.G..JPG

 

 

M.O.R.G. afirmam-se com “Nightmare of Sound”

 

O álbum “Nightmare of Sound” é a afirmação dos M.O.R.G. no panorama musical nacional. Enquanto se aguarda a estreia do segundo single deste trabalho, editado em janeiro pela Music In My Soul, recorde-se que “Criminal Intent” é o single de apresentação.

 

O início dos M.O.R.G. – abreviatura para "Music Of a Revolutionary Generation" – remonta a 2004 e partiu da vontade de Paulo Caetano (guitarrista) e de João Almeida (vocalista). Os dois músicos decidiram criar uma banda de Thrash Metal com influências do melhor da old school do género a nível mundial, tendo pisado um palco pela primeira vez em julho de 2004.

 

Ao longo da sua existência, a banda realizou mais de uma centena de concertos e, com a ajuda de vários prémios ganhos nos muitos concursos em que participou, surgiu a oportunidade de entrar em estúdio (Caos Armado) para a gravação do seu EP de estreia, produzido por Daniel Valente e lançado no final de 2010.

 

Deste então que o grupo, a nível de sonoridade, evoluiu para um estilo muito próprio de Thrash Metal, sendo notórias as influências musicais do Thrash da Bay Area e germânico, com denotações Heavy Metal do fim da década de 80 e inícios da década de 90. Acima de tudo, os M.O.R.G. procuram sempre uma sonoridade com a força e o sentimento dessas décadas, mas sem deixar de ser extremamente atual, repartida por melodias trabalhadas, riffs criativos e com uma lírica muito pessoal, bastante influenciada na imagem que têm da sociedade. Em 2012, conseguiram produzir e lançar o seu próprio videoclipe e, em 2013, entraram novamente em estúdio, para gravar o primeiro set de longa duração.

 

Durante estes dez anos, a banda experimentou várias mudanças de formação, mas, com a força de Paulo Caetano e João Almeida, persistiu – e, com a entrada do atual guitarrista solo, e baixista, em 2010, ganhou uma nova vida. Atualmente, após a mais recente saída de José Rodrigues, em agosto 2014 (até então, o baterista), os M.O.R.G. são compostos por João Almeida (voz), Paulo Caetano (guitarra ritmo), David Pedrosa (baixo) e Miguel Lima (guitarra solo).

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 25.04.15

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

MiguelMaat.jpg

 

 

Miguel Maat tem novo single

 

O novo single de Miguel Maat já é conhecido: “Bola de Trapos”. Extraído do último EP homónimo, editado pela Music In My Soul, este trabalho traz, uma vez mais, o experimentalismo aliado a estruturas Pop, como só o próprio Miguel sabe fazer.

Miguel Maat nasceu em Lisboa, em 1978. A sua iniciação no mundo da música deu-se em 1988, no Orfeão do Colégio Militar, onde, posteriormente, integrou a banda Rock da instituição. Já em 1998 foi convidado a pertencer à Banda Rock da Academia Militar.

 

Miguel abraçou de forma inequívoca a música, atuando em bares e festas privadas com diversos projetos, ao mesmo tempo que ia compondo temas originais como forma de expressão e libertação interior. Em 2012, fruto do seu amadurecimento musical, surgiu o primeiro trabalho a solo "No Silêncio dos teus olhos", um álbum Rock de influências diversas, como Funk, Swing e Jazz. Em 2013, iniciou-se um novo ciclo com a integração do Didgeridoo, explorando uma fusão de sonoridades e estilos, tendo por base este instrumento ancestral.
E, em 2014, fundou a Didge Creature – Escola de Didgeridoo, onde promove e divulga atividades no âmbito deste instrumento, ao mesmo tempo que integra o projeto Vertigem Sonora "Concertos de Didgeridoo, Taças Tibetanas e Instrumentos do Mundo”.


Ainda no ano passado, o cantautor apresentou o seu novo EP homónimo, editado pela Music In My Soul, revelando uma nova tendência Rock & Drone, com integração plena deste instrumento de sopro num Rock/World Music de influências. E em dezembro lançou “The Didgeridoo and the Christmas Story”, considerado o primeiro tema de Natal com Didgeridoo no formato canção.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Lembro-me do nosso primeiro encontro
Encontrei-te espancada depois de mais um confronto
Sem querer ser ajudada
Gritavas que merecias
Com um olho tão inchado, que mal vias
Sempre que me aproximava, tu te afastavas
Mas sempre que me afastava
A minha consciência pesava
Fui ter contigo em busca de uma explicação
Pra ser justo todos te chamarem aberração
Desabafaste em choro como se me conhecesses
Que todos na tua escola queriam que tu morresses
Que te batiam até tu perderes os sentidos
E que para os agradar tinhas tomado comprimidos
Que houve uma altura que querias que te fossem ajudar
Melhor amiga negou-te, pais sempre a trabalhar
Fiquei pasmado, sentei-me servindo de teu encosto
Mas agora éramos dois com lágrimas no rosto
Tens de confiar naquilo que és, naquilo que sentes
Eu sei, não és assim
Tens de confiar naquilo que és, naquilo que sentes
Eu sei, vais conseguir
Vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir
Vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir
Levantei-me e tomei uma decisão
Vou-te ajudar, vou-te dar a mão
Perguntas-te o que é que eu ia fazer
Eu não sabia mas desse por onde desse eu ia te erguer!
Desinfetei te as feridas da cara, o joelho, pus-te em frente ao espelho
E dei-te um conselho
Que eras linda, nada é motivo para te rebaixares
You're amazing just the way you are...
E cantámos Bruno Mars
Tens de confiar naquilo que és, naquilo que sentes
Eu sei, não és assim
Tens de confiar naquilo que és, naquilo que sentes
Eu sei, vais conseguir
Vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir
Vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir, vais conseguir
Aos poucos fui notando a tua mudança
Já falavas com as pessoas, mostravas confiança
E o que antes era choro sem saber para onde ir
Passou a ser um choro mas de morrer a rir
Tu que ontem nem por ti sentias amor
Hoje és uma pessoa que se ama e encontrou o amor
És um exemplo para mim, nunca pensei que chegasses até aqui
O fim da história sou eu sentado a chorar, a escrever sobre ti
És um exemplo para mim, nunca pensei que chegasses até aqui
O fim da história sou eu sentado a chorar, a escrever sobre ti
Era suposto eu ser uma pessoa normal
Ter amigos como uma pessoa normal
Olhar-me ao espelho como uma pessoa normal
"És um nojo, és uma aberração, sua inútil, sua besta"
Tanto soco, tanto cuspo, tanto grito no silêncio
Tanto sufoco, tanta vontade de ser aquele o meu último suspiro
Eu sabia que tinha que pedir ajuda
Mas a quem? Mas para quê?
Porque é que eu merecia?
Os olhares frios, a repugnância de ser aquela que ninguém quer
O ser mais fraca, a mais frágil, a mais insignificante
Para quê preocupar os meus pais?
Que trabalhavam dia e noite para sustentar um nada como eu?
Sempre disfarcei as nódoas negras
A maquilhagem da minha mãe sempre foi a minha melhor amiga
A dor constante no corpo?
Então quando se é trapalhão as quedas são uma rotina, não é?
E a falta de apetite ao jantar?
Então, era normal! Com tantos amigos com quem partilhar o lanche
Horas e horas e horas a fio fechada no quarto
Para ser um aluno exemplar é preciso estudar!
Estudar, naqueles livros esborratados de tanto chorar
Ainda bem que eu não dei aquele último passo
Podia ter sido fatal
E eu sabia que tinha que pedir ajuda
Mas a quem? Mas para quê?
E tu? Sentes-te assim? Tu também te sentes assim?
Eu ganhei coragem e pedi ajuda
E o que eu te quero ensinar é que há sempre alguém que te pode ajudar
Basta tu teres a coragem para falar
Eu enfrentei e consegui
Tu também podes superar

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Mendigos&Ladroes.jpg

 

 

“Louco és tu!” é o novo single dos Mendigos & Ladrões

 

Os Mendigos & Ladrões têm um novo single. “Louco és tu!” é o segundo tema extraído do EP de estreia da banda, homónimo, editado pela Music In My Soul no verão passado.

 

Mendigos & Ladrões é um projeto de originais de música portuguesa num estilo Rock, nascido no início de 2012. Nuno Ramos (voz/guitarra), Espedito Gomes (bateria) e Diogo Fonseca (baixo) são da Costa da Caparica e pretendem, nas suas composições, veicular uma mensagem que seja clara e percetível, pelo que os temas são cantados em português.


O grupo conta já com a passagem, como vencedor, nas três eliminatórias do Concurso de Bandas - Palco Novos Valores (Festa do Avante! 2012), que culminou com a atuação na própria festa, e ainda a vitória no 8º Concurso de Música Moderna de Almada 2012. E também gravou o tema “Louco és tu!” na BalconyTv Lisboa.

 

No dia 1 de agosto de 2014, os Mendigos & Ladrões lançaram o seu primeiro EP, homónimo, porque acreditam nas histórias que contam, porque sentim que as músicas tocam quem as ouve e porque são movidos pelo sonho.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.04.15

 

 

RUI MASSENA

"Solo" escala tabela de vendas após concertos em Lisboa e Porto



CCB e Casa da Música acolheram apresentação do álbum de estreia do maestro

O maestro e compositor Rui Massena está de volta aos lugares cimeiros da tabela de vendas nacional. "Solo", o seu disco de estreia, está no número dois da tabela dos discos mais vendidos, escalando o top após dois concertos praticamente esgotados, um no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, e outro na Casa da Música, no Porto.
 
Rui Massena apresenta assim o seu "Solo", editado em fevereiro: "São peças ao piano, onde espelho o meu mundo interior, seja um momento ou um amor. Quis que no seu conjunto construíssem um disco que me transmita tranquilidade".
Conhecida figura do panorama cultural nacional, que ajudou a transformar Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura num estrondoso caso de sucesso, por exemplo, chegou agora a hora de ser conhecido o primeiro apanhado de canções de Rui Massena escritas para piano.
 
Fora de portas, entre muitos concertos em numerosos países, Rui Massena foi maestro convidado principal da Orquestra Sinfónica de Roma entre 2007 e 2009 e logrou ser o primeiro maestro português a dirigir na mítica sala Carnegie Hall, em Nova Iorque.


publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

QuixoteOne.JPG

 

 

Verão mais quente com o álbum de Quixote One

 

Quixote One vai apresentar o seu single de estreia, “Sativa”, no próximo dia 1 de maio, na FNAC do Fórum Almada, pelas 17h00. O showcase servirá para o músico dar a conhecer alguns dos temas que compõem o seu álbum de estreia, que será editado em maio pela Music In My Soul.

 

Depois de lançar a Mixtape “The One” em 2013 e o EP “Respect Riddim” no princípio de 2014, Quixote One prepara o lançamento do seu primeiro álbum. O jovem artista promete, com este trabalho, levar o seu público numa viagem ao som de Reggae, passando por estações de Dance Hall, Soul, Jazz e Hip Hop, acompanhado pela originalidade que o caracteriza.

 

O seu percurso musical teve início em 2000, com o grupo NDG – Negros Do Gueto, passando por outros projetos tais como G. Flow e Nações diversas. Desde então, começou a fazer os seus instrumentais, a compor canções e a frequentar concursos de freestyle, onde obteve êxito e reconhecimento pela destreza irónica no microfone, como MC “Mestre de Cerimónia” com o cognome Dom Quixote.

 

Em 2005, fez uma pausa para terminar os seus estudos – fase durante a qual nunca deixou de compor, fazendo canções apenas para amigos e familiares que o incentivavam a seguir carreira. Mais à frente, já em 2008, iniciou um estudo intensivo em produção e edição musical, que lhe permitiu desenvolver aquilo que acredita ser o seu maior talento. 2013 trouxe a primeira Mixtape, “The One”, produzida e masterizada pelo próprio, resultado da experiência adquirida ao longo do tempo.

 

Já como Quixote One, editou em 2014 o EP “Respect Riddim”, trabalho que surgiu de uma fase mais madura da sua carreira e refletiu mais a identidade do artista do que em trabalhos anteriores. Foi nesta altura que teve a proposta da Music In My Soul para edição do seu trabalho. Com essa mais-valia, Quixote One resolveu abrir os seus horizontes, trabalhando com grandes produtores mediáticos como Scarecrow Beats, Ej Rams-Records, EasyHits, Jim Rockford e Ace Beatz.



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Concerto de Abril.jpg

 

 

Para comemorar Abril a Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros” promove no próximo dia 26 de Abril um Concerto com a Orquestra de Câmara dos Loureiros, sob a Direcção do Maestro António Campos.

 

O concerto terá lugar às 16:30h na Pousada do Castelo de Palmela, um dos mais emblemáticos lugares desta vila.

 

A todos convidamos para assistir ao Concerto de Abril e conhecer a Orquestra de Câmara dos Loureiros. Contamos com a sua presença.

 

Entrada livre.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Ouçam
Ouçam
E o vento mudou
Ela não voltou
As aves partiram
As folhas caíram

Ela quis viver
E o mundo correr
Prometeu voltar
Se o vento mudar

E o vento mudou
E ela não voltou
Sei que ela mentiu
P'ra sempre fugiu
Vento por favor
Traz-me o seu amor
Vê que eu vou morrer
Sem não mais a ter

Nuvens tenham dó
Que eu estou tão só
Batam-lhe à janela
Chorem sobre ela
E as nuvens choraram
E quando voltaram
Soube que mentira
P'ra sempre fugira
Nuvens por favor
Cubram minha dor
Já que eu vou morrer
Sem não mais a ter

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

conflitus.jpg

 

 

“CONFLICTUS” SOB A BATUTA DO MAESTRO ANDRÉ GRANJO

ORQUESTRA DE SOPROS DO CMJ EM CONCERTO NO CINETEATRO ALBA

 

A Orquestra de Sopros do CMJ sobe ao palco do Cineteatro Alba na sexta-feira, dia 24 de abril, às 21h30, para apresentação do concerto “Conflictus”, com o Maestro André Granjo.

 

A Orquestra de Sopros do Conservatório de Música da Jobra (CMJ) vai atuar na Sala Principal do Cineteatro Alba na próxima sexta-feira, dia 24 de abril, às 21h30, para apresentação do concerto “Conflictus”.

 

 

Em palco vão estar alunos do Curso Profissional de Instrumentista de Sopro e de Percussão, Curso Profissional de Instrumentista de Cordas e de Tecla e do Curso Oficial de Música. A Orquestra vai interpretar temas de Domingos Bomtempo, Ferrer Ferran, Darius Milhaud, Daniel Buckvich e Steven Bryant.

 

“Conflictus encerra em si a visão que diversos compositores exprimiram sobre conflitos. Enquanto uns assumem uma visão arrepiantemente visual da devastação da guerra, outros dão-nos uma experiência estética do nosso conflito interior. Neste concerto o conflito gere-se ainda a um outro nível: o conflito entre um solista e a orquestra e entre uma máquina, neste caso, um computador e uma orquestra. Pretende-se mostrar o poder extraordinário que a arte musical tem de transportar para o ambiente seguro de uma sala de espetáculos tanto o horror, a angústia, a incerteza de um conflito como a serenidade, a paz e a acalmia da sua resolução” explica o Maestro André Granjo que dirige esta Orquestra.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

enquanto esperava fui-me alimentando
enquanto esperava fui fazendo e trabalhando
enquanto esperava esqueci-me porque é que o fazia
enquanto esperava do nada nasceu outro dia

será que era suposto não fazer?
não cheguei a perceber
será que era suposto eu deixar ser?
não cheguei a perceber

agora durmo tão bem...

já nem me lembro o que é que era
se foi outono ou primavera
já nem me lembro o que é que era
se foi outono ou primavera

enquanto esperava fui deixando acontecer
enquanto esperava plantei semente pra ver
enquanto esperava colhi o fruto que plantei
enquanto esperava fui posto à venda e não cobrei

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.04.15

COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL | BARREIRO 2015

 

DEOLINDA NA NOITE DE 24 DE ABRIL NO PARQUE DA CIDADE

 

O concerto de DEOLINDA, agendado para 24 de abril, às 22h00, no Parque da Cidade é um dos momentos altos do diversificado programa comemorativo do 41º aniversário do 25 de Abril, promovido pela Câmara Municipal do Barreiro e pelas freguesias do Concelho.

A noite de 24 de Abril inicia, pelas 21h00, com o tradicional Desfile da Liberdade, desde a Avenida de Santa Maria até ao Parque da Cidade, onde a festa continua com o concerto de DEOLINDA. Ana Bacalhau, voz, Pedro da Silva Martins, guitarra, Luís José Martins, guitarra, Zé Pedro Leitão, contrabaixo, fazem parte deste grupo de música popular portuguesa, inspirado pelo fado e pelas suas origens tradicionais.

Após a intervenção do Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho, a animação continua noite dentro com Tony da Costa, na tenda.  

 

Serão inúmeras as atividades desportivas realizadas pelo Concelho no dia 25 de abril. Das 8h30 às 12h30, realiza-se o Passeio de Cicloturismo, com concentração nos Paços do Concelho. Quase em simultâneo, entre as 9h30 e as 12h30, decorrerá a X Milha da Liberdade, com partida na Praça S. Francisco Xavier, e, das 9h00 às 13h00, terão lugaratividades desportivas no Parque da Cidade.

 

No dia 25 de abril, pelas 11h30, realiza-se o tradicional Hastear de Bandeiras nos Paços do Concelho, com as atuações dos Grupos corais alentejanos: “Cantalentejo” (da Universidade da Terceira Idade do Barreiro), “Os Amigos do Barreiro” e “Unidos do Lavradio”, para além da participação da Banda Municipal do Barreiro e das Fanfarras dos Bombeiros Voluntários do Corpo de Salvação Pública e dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste.

De salientar que o Hastear de Bandeiras decorrerá em todas as freguesias do Concelho, a partir das 9h30.

 

EXPOSIÇÕES Libert’arte e “Lenços da Liberdade”

 

A exposição” Libert’arte” estará patente ao público de 24 de abril a 6 de maio, na sala de leitura da Biblioteca Municipal do Barreiro. A mostra reúne trabalhos realizados pelos alunos do pré-escolar e 1º ciclo das escolas públicas do Concelho inspirados no tema “25 de Abril através da arte”.

 

“Lenços da Liberdade” irá inaugurar no dia 24 de abril, pelas 15h00, na Cooperativa Cultural Popular Barreirense.

Serão expostos lenços bordados pelas alunas de Bordados da UTIB – Universidade da Terceira Idade do Barreiro e estará patente ao público até 8 de maio.

 

MANIFESTO AO 25 DE ABRIL “CELEBRANDO ABRIL, POR UMA VIDA MELHOR!”

 

Na Reunião Ordinária Pública de Câmara, de 15 de abril, realizada no Grupo Dramático e Recreativo “Os Leças” foi aprovado, por maioria, o Manifesto “CELEBRANDO ABRIL, POR UMA VIDA MELHOR!”. O documento é assinado pelo Movimento Associativo Popular do Concelho do Barreiro e pelo Movimento Sindical Unitário do Concelho do Barreiro (segue em anexo). 

 

O programa pode ser consultado, na íntegra, em www.cm-barreiro.pt



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Tradiio Sessions estreiam...

Luisa Sobral - O Meu Cão

POST HIT - GLAMORAMA

“Escuta” dos Fellows Nerv...

Brando Fel - Alguma Coisa

Da Chick - Do tha Clap

Brando Fel continuam a te...

The Codfish Band - I Got ...

ÁTOA confirmam primeiros ...

Carbon + emmy Curl - Goin...

arquivos

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Já agora, sem querer ser picuinhas,Andei na escola...
E aindaPerdão Pelo mau jeito que dei, meu rapaz. É...
Mais percetível para quem dança :)...Eu sei Como e...
Qualquer homenagem a José Afonso será sempre digna...
Muito ObrigadoJorge Soares
http://sinaisdotempo-mariomata.blogspot.pt/
01 - AI DEUS DO CÉU ...
Meu Caro Amigo, sou amigo pessoal do Sebastião des...
Obrigado pelo aviso, peço desculpa pela minha falt...
Não, o interprete diz "morra aqui" -> ele quer ...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds