Sexta-feira, 24.11.17

atodos.jpg

 

João Granola estreia videoclip
"A todos (os que deixei na mão)"

 
"O convidado" é o primeiro EP de João Granola, alter ego de João Machado, músico que depois de integrar alguns projetos se lança pela primeira vez a solo.

Depois do primeiro single/videoclip do tema "Amigo Vaivém", João Granola revela agora o segundo single/videoclip, "A todos (os que deixei na mão)".

 

 

 
João Granola é o atual caminho musical de alguém que vê nas árvores a metáfora perfeita para a sobrevivência. A força das suas raízes complementa-se com a flexibilidade dos seus ramos, naquilo a que chamamos de resiliência. João Granola não é mais do que o ramo musical de uma vida atestada de ramos, assentes num tronco que se fez, quer e procura ser robusto.

Em João Granola a música é importante, mas é a palavra o ponto de partida. A palavra portuguesa, pois claro, uma vez que foi nela que começaram e acabaram todas as reflexões que transformaram ideias em 5 canções. Nelas, a pessoa é a primeira, a realidade a de terceiros.


publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

luis alberto.jpg

 

LUIS ALBERTO BETTENCOURT REÚNE 40 ORIGINAIS DA SUA
CARREIRA EM FORMATO "BEST OF" DUPLO

 

No próximo dia 1 de Dezembro o músico açoriano Luís Alberto Bettencourt  lança um  novo trabalho discográfico, uma compilação de 40 músicas originais, numa edição digital, e física contendo dois CDs em embalagem "digipack".

A pré-encomenda do CD Duplo pode ser feita online e a pré-encomenda Digital já se encontra disponível através do iTunes. 

Desta vez, o músico e a sua equipa de técnicos decidiram abrir o seu baú discográfico e recuperar vários temas, desde do tempo do vinil até às suas mais recentes edições, numa surpreendente viagem sem qualquer preocupação de fidelidade estética sonora, possibilitando, desse modo,recordar algumas das suas mais emblemáticas composições que têm marcado a música contemporânea Açoreana, como, por exemplo, a mítica “Chamateia” ou “No Vapor da Madrugada” (nova versão), entre outras.

Num apurado trabalho de estúdio, onde a remasterização deu novo brilho a 40 obras já gravadas, podemos apreciar faixas dos álbuns “Cruzeiro” (1991), “Contemplações” (1997), “D’Azul e Negro” (2003), “O Silêncio das Horas” (2007), “Perfume das Ilhas” (2010) ,“Acústico” (2015) e ainda outras nunca editadas. A par destas, surgem novos temas compostos para este projeto.

É o próprio músico que afirma: “Estas canções, nascidas e fecundadas nas brumas do tempo, povoaram desde sempre o labirinto das minhas emoções.

Registá-las e vesti-las de novo foi um ato de amor prometido aos atalhos da minha consciência”.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Gosto do que é velho, faz-me sentir novo. 
Quem me olha do espelho são rostos lá do meu povo. 
Tenho as calças rasgadas, vou seguindo em contramão. 
Minhas memórias são herdadas dos nomes do… 

Meu coração que cabe na palma da mão. 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão. 

Cá atravesso séculos que me puxam pela mão. 
Dizendo “devias ficar vendemos solidão”! 
Mas nem todas as maravilhas que vejo e cheiro. 
Aos meus eu dava Tordesilhas e o mundo inteiro… 

Ai o meu coração que cabe na palma da mão. 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão. 

Assim, vou seguindo em frente 
Com o destino embriagado. 
Não sei aquilo que me espera 
e não estou Interessado. 

Ai o meu coração que cabe na palma da mão 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão.

credits

from o convidado, released September 25, 2017 
música e letra - João Granola

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.11.17

omiri.jpg

 

Omiri encera 2017 com dois concertos, dia 25 de Novembro no Harclub no Porto e dia 30 de Novembro no Musicbox em Lisboa.

No dia 25 no Porto a primeira parte está a cargo dos Cabra Çega e os bilhetes podem ser adquiridos no Hardclub no dia do concerto. Em Lisboa, o concerto conta com a participação de Celina da Piedade e de Rui Rodrigues e a primeira parte está a cargo de Casuar. O bilhetes podem ser adquiridos 

 

 

 

OMIRI foi convidado para apresentar um showcase no Eurosonic - Noorderslag em Groningen na Holanda,  uma das maiores conferências/festival da indústria musical da Europa. OMIRI irá actuar no palco da Doopsgezinde Kerk na sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018 pelas 24h00.

À actuação no Eurosonic  segue-se uma digressão pela Holanda e Bélgica de 9 datas.

 

Próximos Espectáculos:

25/11/2017 - Hard Club - Porto (PT)
30/11/2017 - Musicbox - Lisboa (PT)
19/01/2018 - Eurosonic Noorderslag - Groningen (NL)
21/01/2018 - Dranouter MuziekCentrum - Dranouter (BEL)
26/01/2018 - Huis Verloren - Hoorn (NL)
28/01/2018 - Q- Factory - Amsterdam (NL)
08/06/2018 - New Jersey Performing Arts Center - Newark, NJ (USA)
mais datas a anunciar brevemente...

 

omiri.eu
facebook.com/omirisound
instagram.com/omiri_official

youtube.com



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

charraz.jpg

 

 
SÁB 25 NOV 22H00

MÚSICA

ROGÉRIO CHARRAZ

OUTONALIDADES
 

 

 

CAFÉ-CONCERTO 3€ | ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL


 80 MIN| M/6


Ao terceiro disco, o músico continua a pôr de lado o GPS preferindo aventurar-se por sonoridades diversas em que o amor é mesmo o único fio condutor. Não Tenhas Medo do Escuro em versão revista e aumentada, para incluir os dois temas mais recentes e que fazem parte da banda sonora da novela O Sábio, em exibição na RTP, é o disco mais recente de Rogério Charraz. Um álbum de melodias simples mas bem conseguidas e com muito humor à mistura, particularmente nos temas escritos por José Fialho Gouveia.


 


Rogério Charraz voz e guitarra, Paulo Loureiro piano e clarinete baixo, Carlos Lopes acordeão e cajon


[espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

duarte.jpg

 

DUARTE | Novo disco "Só a Cantar"

 

Fevereiro 2018

 

O fadista está a gravar o seu novo disco no estúdio Pé de Vento. O álbum tem  11 temas e  conta com  fados tradicionais e outras composições entre as quais um inédito de José Mário Branco.

“Só a Cantar" é um disco de histórias que venceram a solidão. Um elogio à capacidde de estar só, de partir sozinho.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Oi, uai uai
Ui, uai uai
Oi, uai uai
 
Dipos di tantu tempu sen bo
Dja txiga kel momentu kin spera txeu
Tantu n pidi pa seu, tantu n roga pa Deus
Momentu ki bus odjus ti inkontra ku di meu
 
Djam krebu txeu
Kolá na mi
Bem, ka bu xinti medu
Bem ser filis
 
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
 
Oi, uai uai
Oi, uai uai
Oi, uai uai
 
Na ora di bo sonu, sonha ku mi
Mi é bo Rainha Nzinga, bo é nha Xakazulu
Ligria na nha petu é festa na nha korason
É mi ké bu Dalila, bo é nha Sansão
 
Djam krebu txeu
Kolá na mi
Bem, ka bu xinti medu
Bem ser filis
 
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
 
Dje sabi sabi sabi sabi sabi ê
No subi la, no subi pa...
Disam na bera, silor di alta
Disam na bera, kamion di sokrotan
Disam na bera, kamion di alma ze
Giguiridia, disam na bera
Karu di boton suinus, disam na tera
Karu di no pubis o, disam na bera
Alei na karmusa na strada di no tera
Alei na karmusa na strada di no tera
 
Ala i mama, asin ki sedu
Ala i na bai suor di no pubis oh
Disam na bera, silor di alta
Ale i na karmusa na strada di no tera
Ale i na karmusa na strada di no tera
 
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
Nina na mi, gingá
Nina na mi, gingá oi
 
Não encontrei os créditos desta música


publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

união das tribos.png

 

"Sozinho" Junta Tim à União das Tribos 

 

"Sozinho" é a canção de abertura do álbum "Amanhã" da União das Tribos. Tim, a voz dos Xutos&Pontapés, participa com o grupo naquele que é o segundo single extraído do disco editado em Fevereiro passado.

 

Na tradição dos grandes grupos históricos do rock Português, “Sozinho” é uma canção balanceada pela secção rítmica, guitarras potentes e interpretação das vozes de Mauro Carmo e Tim, captadas pela câmara do génio Zé Pinheiro:

 

 

 

Depois de terem percorrido o país entre Fevereiro e Setembro com o álbum “Amanhã” na bagagem, a União das Tribos apresenta a “Tour de Inverno” com oito datas de Norte a Sul do país.

Sozinhos ou acompanhados por Tim (Xutos&Pontapés), Miguel Angelo (Delfins), Anjos, Mafalda Arnauth ou António Manuel Ribeiro (UHF), o grupo impressiona pela qualidade do repertório e entrega dos músicos em palco.

No dia 24 de Novembro a União das Tribos apresenta-se pela primeira vez ao vivo no Porto, na mítica sala do Hardclub. Nessa noite, estarão acompanhados por António Manuel Ribeiro (UHF) e os estreantes com a União, João Grande (Táxi) e Kalú (Xutos&Pontapés). Este é o primeiro concerto da “Tour de Inverno” que terminará a 8 de Dezembro em Cascais, passando por Azeitão, Portimão, Olhão, Guia, Faro e Oeiras.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra, composição musical, programação, produção: Sérgio Deuchande

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.11.17

mocho.jpg

 

 

No próximo dia 16 de Dezembro, Lisboa assiste a um concerto único. O Rock chega à cidade.

 

De Espanha os FÔNAL: banda electro-rock, indie electronic y dream pop, formada por Inma González, Rubio Salas e Alfonso Búrdalo.

Galardoados em Espanha com o prémio Pop Eye, os FÔNAL fazem a sua estreia em território nacional num concerto exclusivo no PARAÍSO : PARADISE GARAGE.

 

Aliam-se à festa os MOCHO, o sexteto Português que voa num ambiente único envolvido com a língua de Camões. Ricardo Britan, Pedro Faria, Elisabete Silva, André Alves, João Pessoa e André Alves de Sousa são os elementos que dão vida ao MOCHO e trazem a Lisboa o seu novo álbum “II”.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

“Este Corpo” Letra e Música/Lyrics and Music: Filipe Sambado

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

banho maria.jpg

 

 

Banho Maria

Apresentação do álbum “Casa do Castelo”

Concertos em Dezembro

 

"Casa do Castelo" é o trabalho estreia dos Banho Maria, banda que cruza estilos que vão do pop-rock ao tradicional e ao fado numa base acústica onde as canções são reflexo das vivências protagonizadas pelos seus seis elementos: Tomané (António Lopes), João Alexandre e Moleiro (Paulo Reis), Cláudia Ferreira, Tiago Silva e Miguel Marcelino.

A produção esteve a cargo de Nuno Roque (produziu álbuns de Tiago Bettencourt, Capitão Fausto, Mercado Negro, Hands on Approach, Golpes, Clark entre outros).

 

Os temas da álbum “Casa do Castelo” são originais de base acústica e cantados em português. Falam de amores naif e envergonhados sob melodias criadas por violas acústicas, violino, autoharpa, xilofone, teclados analógicos e a percussão.

 

 

 

01 de Dezebro – Fórum Almada às 17h | entrada gratuita

02 de Dezembro – FNAC Leiria Shopping às 21h | entrada gratuita

16 de Dezembro – Centro Cultura Malaposta (Olival Basto, Odivelas)  às 22h | preço do bilhete: 5€



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

When my time will come
And i will not look back
I will never feel ashamed
i learned so much
Done so much more
My past i won't ignore

Every lesson i had
In the calm of the storm
The message was clear
One day i'll be gone
Carry the torch Keep it alive
The future, the love, the fight.

When The Time Comes
I’ll go my way
But until then i’m here for the

Losers, outcasts
renegades, survivors
Our actions will always prevail
I’d rather do something
Then living for nothing
Do not be afraid if you fail

When The Time Comes
I’ll go my way
But until then i’m here to stay

When The Time Comes
I’ll go my way
Don’t be afraid if you fail

When The Time Comes
I’ll go my way
But until then i’m here to stay
I’ve learn so much
Done so much more
I got a past i won't ignore

Know who you are
and what you stand for
Carry the torch
Keep it alive

 

Não encontrei os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

cristina branco.png

 

Cristina Branco

“Este Corpo” apresenta o novo trabalho previsto para 2018

Este Corpo é o primeiro avanço para o novo disco de Cristina Branco. O disco intitulado “Branco” é editado em fevereiro e tem apresentações marcadas para Lisboa (Teatro Tivoli) e Porto (Casa da Música), a 15 23 de Maio, respetivamente.

Cristina Branco assume-se cada vez mais como sinónimo de sofisticação, inovação e tradição. O reconhecimento notório refletiu-se no prémio atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores, em 2017, para “Melhor Disco”, referente ao álbum “Menina”, bem como a nomeação para Globo de Ouro na categoria de Melhor Intérprete Individual.

Os espetáculos de Lisboa e Porto ficam marcados como ponto fundamental da apresentação de “Branco”, título do próximo passo da artista, que tem na música da autoria de Filipe Sambado a sua primeira amostra. O vídeo para “Este Corpo” é da autoria de Joana Linda, que se juntou a Cristina Branco para um exercício estético do qual vão ser conhecidos mais 2 vídeos e fotografiasda autoria de Linda.

O disco (editado pela Universal Music Portugal) conta com colaborações de nomes consagrados da música, como é o caso de Mário Laginha Sérgio Godinho, a par de nomes como Jorge Cruz(Diabo na Cruz), André Henriques (Linda Martini) e Filho da MãeKalaf (Buraka Som Sistema), Beatriz PessoaNuno PrataPeixe, entre outros.

 

Este novo trabalho da cantora, com arranjos do trio composto por Bernardo Couto (guitarra portuguesa), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Luís Figueiredo (piano) é um disco pessoal e uma nova página na carreira de Cristina. Segundo a própria, "é o disco em que prometo livrar-me de qualquer preconceito, juntando realidades que se transformam gradualmente num novo-normal em que tudo é possível e as alternativas se revelam claras, nítidas”. 

AGENDA DE CONCERTOS  2018

19 de Janeiro, Theaterstübchen, Kassel (DE)

20 de Janeiro, Sindelfingen (DE)

21 de Janeiro,  Darmsstadt Centralstation, Darmsstadt (DE)

7 de Fevereiro, Théâtre de la Ville-Espace Cardin, Paris (FR)

22 de Fevereiro,  ciclo Noites frias vozes quentes, Teatro Municipal de Bragança (PT)

23 de Fevereiro, Casa da Cultura de Ílhavo (PT)

24 de Fevereiro, Theatro Circo, Braga (PT)

01 de Março, Teatro Bergidum, Ponferrada (ES)

02 de Março, Teatro Auditorio Ciudad de Alcobendas (ES)

03 de Março, Teatro Liceo, Salamanca (ES)

5 de Abril, Schouwburg Orpheus, Apeldoorn (NL)

6 de Abril, Koepeltheater, Leeuwarden (NL)

7 de Abril, Muziekgebouw Frits Philips, Eindhoven (NL)

10 de Abril, TivoliVredenburg, Utrecht (NL)

11 de Abril, Theater aan de Parade, Den Bosch (NL)

12 de Abril, Theater de Maaspoort, Venlo (NL)

14 de Abril, De Roma, Antwerp (BE)

17 de Abril, Stadsschouwburg, Nijmegen (NL)

19 de Abril, DE KOM, Nieuwegein (NL)

20 de Abril, Chassé Theater, Breda (NL)

21 de Abril, Agora theater, Lelystad (NL)

22 de Abril, Theater aan het Vrijthof, Maastricht (NL)

3 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

4 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

5 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

8 de Maio, Musikhuset, Arhus (DK)

9 de Maio, Fasching, Stockholm (SE)

12 de Maio, Vilnius (LT)

15 de Maio, Teatro Tivoli BBVA, Lisboa (PT)

23 de Maio, Sala Suggia, Casa da Música, Porto (PT)



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Vou voltar!
Sei que ainda vou voltar
Para o meu lugar
Foi lá e é ainda lá
Que eu hei de ouvir
Cantar uma Sabiá...

Vou voltar!
Sei que ainda vou voltar
Vou deitar à sombra
De uma palmeira que já não há
Colher a flor que já não dá
E algum amor
Talvez possa espantar
As noites que eu não queria
E anunciar o dia...

Vou voltar!
Sei que ainda vou voltar
Não vai ser em vão
Que fiz tantos planos
De me enganar
Como fiz enganos
De me encontrar
Como fiz estradas
De me perder
Fiz de tudo e nada
De te esquecer...

 

(Tom Jobim/ Chico Buarque)

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

cante.png

 

 

Celebração dos 3 anos da classificação do Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade em Beja

 

Câmara Municipal de Beja e Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja celebram os 3 anos da classificação do Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade com um debate, atuações e a exibição do filme “Os Cantadores de Paris”

 

No dia 27 de novembro celebram-se 3 anos da inscrição do Cante Alentejano na lista do património mundial da humanidade. As vozes que já chegavam ao céu a partir do nosso Alentejo foram reconhecidas como bem universal. É um tempo curto que ainda dista deste dia memorável em Paris mas não será cedo para começar a perceber o impacto que este reconhecimento estará a ter.

Janita Salomé, um dos Homens do Cante, Ana Paula Amendoeira, Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Salwa Castelo-Branco, uma das coordenadoras da candidatura, e José Orta, Professor no IPBeja que há muito participa deste mundo do Cante, são os convidados com os quais vamos pensar este processo e traçar ideias para o futuro. 

O Centro UNESCO em Beja, no que toca ao Cante, assume o seu papel de preservação deste património numa base contínua, em estreita relação com os grupos corais, os verdadeiros agentes e guardiães deste património e em diálogo aberto com a comunidade. Esta sessão é mais um passo nesse sentido. Convidamos todos a participar no debate e a escutar os Mineiros de Aljustrel e o Grupo de Cantadores de Beringel. 

Recorde-se ainda que, no dia 26, pelas 18h00, terá lugar no Pax Julia a exibição do filme “Os Cantadores de Paris”, seguido de uma conversa com o realizador Tiago Pereira e uma atuação dos Cantadores do Desassossego. A entrada é livre. 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Why should i fake a smile on my face
got to laugh when i really dont feel like
How can i please when i really want to get away
Can’t live the lie that everything is ok

Bad choices are so easy to make
Lost the passion i had.
Time to move on again
My mind is playing tricks on me
Why do you see what i can’t see

Fate you believe everything has a reason
Like a slap in the face in everything that i do
Some call it karma, i call it destiny
No one’s there for me to hold on

Bad choices are so easy to make
Lost the passion i had.
Time to move on again
My mind is playing tricks on me
Why do you see what i can’t fucking see

Trust – the very little i had
I could finally see through you
Ego – you’re your own worst enemy
The world was only you and only you
Fuck You

Why should i fake a smile on my face
i got to laugh when i really dont feel like
Why should i fake a smile on my face .
How can i please when i really want to get away
Can’t live the lie that everything and everyone is ok

 

Não encontrei os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 21.11.17

abstract.jpg

 

NOVO ÁLBUM | YARNATI MACHINE

 

Os AbztraQt Sir Q estão de de regresso com um novo álbum. Yarnati Machine é o terceiro longa duração da banda e sucede o EP Warmony editado em 2012.

Gravado no Porto em 2016, o álbum foi produzido por Hugo Correia (Fadomorse, O Lendário Homem do Trigo) e é composto por 12 temas escritos ao longo de três anos. Esta edição tem o selo NAU - criado por Bernardo Devlin - e contou com o apoio da Fundação GDA no âmbito do concurso para Edição Fonográfica de Intérprete.

 

 

Yarnati Machine está à venda através do Bamdcamp em formato CD e mp3. O álbum será apresentado ao vivo no Sabotage Club, em Lisboa, esta sexta-feira, dia 24 de Novembro. A primeira parte estará a cargo do prog rock sem cheiro a naftalina dos Conjunto!Evite.

 

O vídeo do tema The lake in the middle of the lake, realizado por Gonçalo Castelo Soares, foi o primeiro avanço deste álbum.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

nadanada.jpg

 

Nada-Nada lança primeiro single
do álbum Horário de Verão 

Nada-Nada é Claudio Fernandes (PISTA, Cangarra, DEBUT!) a lançar cartas em nome próprio, numa espécie de paciência onde existem os naipes que assim quisermos. É um exercício pessoal de busca e questionamento da identidade, ao abrigo de uma sonoridade fresca e com raízes díspares, bebendo desde a pop mais naïve e orelhuda até ao mais pujante acorde perpetuado pelas correntes certas do rock, sem nunca dispensar passagem pelas melhores paisagens sonoras dos PALOP. A canção é agora a única regra vigente, onde as guitarras e a voz se juntam aos synths e drum machines. A dança é, naturalmente, elemento obrigatório — afinal de contas, estamos a falar de um dos cérebros por detrás de uma das bandas que sempre apelou ao abanão de anca. Dancemos ao som de Nada-Nada e espantemos os nossos males, por tudo mas principalmente por nada.

 




Horário de Verão
Horário de Verão é o primeiro single do longa-duração, com o mesmo nome, que verá a luz do dia em 2018. Canção simples com contornos pop, é uma homenagem encorpada às melodias mais solares do imaginário pastilha elástica, em jeito de saudosismo e desejo de um Verão interminável.


Executado, gravado e misturado pelo próprio, conta ainda com a colaboração vocal de Diana Meira (Frente Popular) e dos companheiros de PISTA, Bruno Afonso e Ernesto Vitali.

Salón Fuzz, 22 de Novembro (quarta), no Lounge
Esta semana, o tema será apresentado ao vivo, no concerto de Nada-Nada, na festa Salón Fuzz, no Lounge,  esta quarta, a partir das 21:30. Na mesma noite, há concerto de Sun Blossoms e dj set de Mário Valente.

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Music by João Bettencourt Pedroso & André Pires

Lyrics by João Bettencourt Pedroso

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

gobi bear.png

 

 

Os acordes soltam-se por caminhos simples ou volteando por labirintos de distorções e, a guiá-los, segue uma voz meiga. Nascido há 26 anos em Guimarães como Diogo Alves Pinto, Gobi Bear é um alter-ego, mais do que uma banda de um homem só.

 

Já estava no fim da adolescência quando sozinho, começou a dominar a guitarra. Pouco tempo depois, com um punhado de músicas na mão, estava debaixo de todos os radares de quem se interessa pela nova música portuguesa.

 

"Our Homes & Our Hearts" é editado pela Planalto Records em Novembro de 2017. "Sealion", em parceria com a cantora e compositora Surma, acabou por ser escolhido como primeiro single deste disco produzido pelo próprio. O oitavo trabalho de originais inclui ainda colaborações com emmy Curl no tema "Unloved" e com Helena Silva (Indignu) em "Fall". À semelhança do que acontecera nos discos anteriores, o Urso continua a explorar um universo muito singular, onde quebra as barreiras entre o live-looping e o indie folk, qual cantautor de guitarra em punho.

 

Gobi Bear lançou "Demo" (2011), "LP" (2012), "Mais Grande" (2012), "Inorganic Heartbeats & Bad Decisions" (2013), "Dare" (2014), "Bare" (2014) e "Gobi Bear" (2016). Os sete mereceram aplauso da imprensa e o reconhecimento em publicações nacionais e internacionais, na rádio e na televisão. O artista integra a colectânea "Bons Sons" (2012), ao lado de nomes como António Zambujo, Linda Martini e Vitorino, entre outros. Nos últimos anos, integrou também outras colectâneas, como "Novos Talentos FNAC", "PLA : 007" e "Um ao Molhe".

 

Gobi Bear deixa as cordas soar como querem e faz canções. Ao vivo, camufla-se no ambiente ou provoca-o com barulho. Sozinho, desliga-se do mundo para o recriar.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

the quartet.jpg

 

 

The Quartet of Woah! Na primeira parte do concerto dos Graveyard em Lisboa

 

Os portugueses The Quartet of Woah! vão assegurar a primeira parte do espetáculo dos suecos Graveyard no concerto do próximo dia 25, na sala Lisboa ao Vivo.

Formado em 2010, The Quartet of Woah!, foi muito elogiado pela crítica aquando do lançamento do seu álbum de estreia,Ultrabomb.

O grupo encontra-se a trabalhar no seu terceiro álbum, preparando simultaneamente o espetáculo que acompanha o lançamento de The Quartet of Woah!, o seu segundo disco de originais.

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Music by João Bettencourt Pedroso & André Pires

Lyrics by João Bettencourt Pedroso

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20.11.17

primeiro ato.jpg

 

PRIMEIRO ATO”, é o titulo do primeiro trabalho em nome individual de Pedro Teixeira Silva.

Este é sem duvida um trabalho aguardado com expectativa, do músico oriundo da Clássica, apostando numa forma diferente de ver, ouvir e sentir a música.

Da sua carreira como compositor, constam sete álbuns editados com os “Corvos” e “Secret Lie”, várias bandas sonoras para cinema, inúmeros temas que fazem parte do universo das telenovelas e obras eruditas estreadas por diversas orquestras e solistas.

Cruzando os mundos entre a música clássica e o “Pop Rock” como lhe é peculiar, Pedro Teixeira Silva reúne neste projeto amigos músicos cantores e letristas nacionais, a darem vida às suas composições de forma versátil e adaptando o seu estilo musical aos diferentes intérpretes.

Jorge Palma, José Cid, Pedro Chagas Freitas, Mundo Segundo, elementos da orquestra sinfónica portuguesa entre muitos outros são alguns dos seus convidados.

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

João Granola estreia vide...

LAST NIGHT - TT SYNDICATE

LUIS ALBERTO BETTENCOURT ...

João Granola - A todos (o...

Riding Pânico - Dance Hal...

Omiri encera 2017 com con...

Nuno & The End feat. Moun...

CTE - MÚSICA COM ROGÉRIO ...

Riding Pânico - Rosa Mota

DUARTE - Novo disco "Só a...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Música sempre atual
Muito obrigado pela informação, já actualizei o po...
Os créditos da Praia dos Lilases são do próprio Si...
Fico muito contente pela Carolina, há muito que me...
Amei😍💝
Muito bonita a música 😍
Essa letra me faz viajar, sonhar me encanta e a mu...
Grandas rappers
ObrigadoTodos oos músicos deveriam acompanhar os v...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds